Corinthians consegue vantagem “perigosa” contra o Cruzeiro

Corinthians vence Cruzeiro por 2×1 na primeira partida das quartas de final da Copa do Brasil, nesta quarta-feira (28), na Arena Corinthians. O placar deixa o alvinegro paulista em vantagem para o confronto de volta, mas não em tanta vantagem, já que os donos da casa chegaram a estar dois gols a frente no marcador. O estádio teve novamente o pior público de sua história, com um total de “apenas” 19.118 torcedores. Vale lembrar que o setor Norte da Arena ainda está parcialmente interditado. Membros das torcidas organizadas “Gaviões da Fiel” e “Estopim da Fiel” seguem proibidos pelo STJD (Superior Tribunal de Justiça Desportiva) de comprar ingressos.

A partida começou com muita intensidade, e com os visitantes se impondo no jogo. Em menos de 10 minutos de bola rolando, o árbitro já havia assinalado quatro faltas. O Corinthians conseguiu equilibrar o confronto aos 15, com Rodriguinho criando a primeira boa chance de inaugurar o marcador, chutando o rebote na área por cima do gol. O Cruzeiro mostrou poder de reação, com as finalizações de Willian e Rafinha parando nas mãos do goleiro Walter. Rodriguinho teve outra boa chance, aos 27, mandando novamente na área por cima da meta. Com muito equilíbrio, não houveram chances claras de gol, mesmo com as frequentes ofensivas de ambas as equipes. Giovanni Augusto chegou a assustar Rafael, com seu chute desviando na defesa e passando por cima do goleiro cruzeirense. Os donos da casa mantiveram maior posse de bola, mas sem converte-la em grandes oportunidades. Rafael Sóbis arriscou aos 39, mas Walter apenas acompanhou a bola saindo pelo canto esquerdo. Aos 41, o torcedor alvinegro presente na Arena viu a trave mandar o perigo para longe. Aliás, nem tão longe. O chute de Willian voltou nas costas de Walter, e para a sorte do goleiro corintiano, a bola saiu para escanteio. Esta foi o último grande lance dos primeiros 45 minutos (ou melhor, 46 minutos) do primeiro tempo.

Romero tentou uma bicicleta de novo!

romero

O atacante Ángel Romero buscou mais uma vez o gol de bicicleta. Contra o Fluminense, neste domingo (25), o paraguaio já havia arriscado este “malabarismo”. Nas duas tentativas, Romero não obteve sucesso.

Bola e mão na área sempre vai gerar polêmica

Ao tentar dominar a bola cruzada por Rafael Sóbis, aos 41, o volante Camacho, na área corintiana, deixa a bola subir e ela bate na mão do jogador. Os cruzeirenses reclamaram ao arbitro a penalidade máxima, mas o juiz nada assinalou. Com intenção ou não, uma coisa é fato: a bola acertou a mão de Camacho.

A segunda etapa começou feliz para o torcedor corintiano. Com apenas dois minutos, os paulistas saíram na frente. O goleiro Rafael espalma o chute de longe de Rodriguinho, Marquinhos Gabriel, ligeiramente impedido, manda o rebote na pequena área e o zagueiro Léo faz contra, “tirando” o gol de Romero. Poucos minutos depois, a defesa cruzeirense não pode impedir o gol do paraguaio. O chute de Marlone tornou-se um “cruzamento”, e Romero desviou de cabeça no canto do goleiro Rafael. A Raposa tentou diminuir a diferença no placar com zagueiro Manoel cabeceando a bola no chão, mas Walter fez uma boa defesa. A vantagem construída rapidamente pelo Corinthians deixou os visitantes “perdidos” em campo, dando espaços para as ofensivas da equipe paulista. O técnico Mano Menezes colocou Arrascaeta e Ábila no jogo para dar força ao ataque mineiro. As alterações trouxeram maior posse de bola para o Cruzeiro, forçando seu adversário a recuar para o campo de defesa. Os mineiros conseguiram reduzir a vantagem com Robinho, que recebeu de Ábila na entrada da área e chutou no canto de Walter aos 32, sem chances de defesa para o goleiro. O Corinthians conseguiu retomar o controle da partida, mas sem demonstrar poder ofensivo até o final do jogo, frustrando o torcedor alvinegro e fechando o placar em 2×1.

Romero iguala marca de Guerrero

Marcando seu 15º gol na Arena Corinthians, Ángel Romero se iguala a Paolo Guerrero, atualmente jogador do Flamengo, na artilharia do estádio.

Com o resultado, o Corinthians vai ao Mineirão, no dia 19 de outubro, com a vantagem de poder empatar a partida e obter a vaga. Por outro lado, uma vitória simples do Cruzeiro, por 1×0, garante a equipe mineira na semifinal da Copa do Brasil.

Guilherme Papa

Sobre Guilherme Papa

Guilherme Papa já escreveu 268 posts nesse site..

Guilherme Papa é estudante, de 21 anos, da turma do 5º semestre de Jornalismo da Universidade Metodista de São Paulo. Completamente louco por futebol, tem como objetivo transmitir informações do mundo da bola da melhor maneira possível.

BetWarrior


Poliesportiva


Guilherme Papa
Guilherme Papa
Guilherme Papa é estudante, de 21 anos, da turma do 5º semestre de Jornalismo da Universidade Metodista de São Paulo. Completamente louco por futebol, tem como objetivo transmitir informações do mundo da bola da melhor maneira possível.

Artigos Relacionados

Topo