Copa Segredo dos Jogadores rende frutos e mais de 40 atletas são convidados por clubes

Em dezembro, o projeto Segredo dos Jogadores realizou a primeira edição do campeonato. A saber, organizado para atletas das categorias Sub-11 e Sub-13 serem observados e avaliados por grandes clubes brasileiros.  Além disso, ao final do evento, 46 convites foram feitos para os garotos que disputaram a Copa Segredo dos Jogadores.

Veja os gigantes que participaram da Copa Segredo dos jogadores

Os clubes participantes foram Atlético-MG, Athletico, Brasilis, Desportivo Brasil, Flamengo, Grêmio, Jundiaí EC, Palmeiras, Ponte Preta, RB Bragantino e São Paulo. Assim, analisaram o desempenho de meninos de 19 estados espalhados pelo Brasil. Porém, para Luciano Brunetti, um dos membros e organizadores da Copa Segredo dos Jogadores, o resultado foi acima das expectativas.

Ficamos muito contentes com a realização da Copa. Porque foi ainda melhor do que imaginávamos. A ideia inicial era dar a experiência da rotina de um atleta para os garotos. Como ficar em um alojamento, conhecer meninos de outros lugares do país e foi muito mais que isso. Vimos familiares se ajudando na realização do sonho de seus filhos. Isso é muito bom. O que também nos surpreendeu foi o tanto de convite de clubes para os garotos serem avaliados. Então foi acima das nossas expectativas. Ficamos muito felizes” disse Luciano.

Quem também está à frente do projeto é Tiago Cruz. A saber, filho de Milton Cruz. Sobre a primeira edição do evento, ele destaca os feedbacks positivos que receberam de quem acompanhou. Tanto de forma presencial quanto através das redes sociais. Ainda mais, no total, mais de 400 famílias acompanharam os jogos das duas categorias. Tiago também afirma que os olheiros dos clubes elogiaram a organização. Bem como o nível técnico do torneio.

Nossa satisfação se mede pelos feedbacks dos familiares e atletas que participaram do evento. Ou até mesmo daqueles que acompanharam nas redes sociais. Os comentários dos observadores dos clubes que estiveram lá também foram muito positivos, sobre a organização da Copa e nível técnico dos garotos. Oportunizar 150 atletas de 19 estados diferentes e fazê-los vivenciar a rotina de um atleta, mesmo que apenas por alguns dias, foi uma experiência sensacional para todos” comentou Tiago.

Foto destaque: Divulgação/Fernando Roberto

Caio Vieira