Manchester City quis se adiantar nas contratações e fechou acordo com o arqueiro do Columbus Crew – equipe americana que disputa a MLS (Major League Soccer), a liga de futebol dos Estados Unidos – , em dezembro do ano passado. Eleito o melhor goleiro da temporada 2018 e mantendo bons níveis no clube atual e na seleção americana, o arqueiro tem chances de ser emprestado para Fortuna Dusseldorf, da Alemanha, por não ter visto de trabalho inglês e também para ganhar experiência.

INÍCIO DA CARREIRA

Zackary Thomas Steffen, mais conhecido como Zack Steffen, começou a jogar futebol aos 5 anos como zagueiro, mas foi aos 10 anos de idade que passou a ser goleiro quando o goleiro do seu time não pôde comparecer a partida e ele teve que substituí-lo. Desde então, passou a fazer parte dos times da escola e da faculdade, ganhando grandes destaques pelas suas atuações.

No final de 2014, assinou com Freiburg II, da Alemanha, mas não chegou a atuar pela equipe principal. Voltou para os Estados Unidos depois de assinar com Columbus Crew SC. Foi emprestado em agosto de 2016 para o Pittsburgh Riverhounds SC e voltou para o Columbus em 2017, tornando-se goleiro titular da equipe. Com ótimas atuações pelo clube, foi chamado para integrar a seleção americana. Terminou a temporada de 2018 como o melhor goleiro da MLS.

https://twitter.com/MLS/status/1134792882869690368

NOVO CAMINHO

Steffen se despediu do Columbus Crew no dia 1/06 no empate de 2 x 2 contra New York City FC. Agora ele está junto com a seleção americana participando da Copa Ouro. Na partida do último domingo (30), nas quartas de final contra o Curação, o goleiro teve outra ótima atuação ao defender o chute de Leandro Bacuna, que daria o gol de empate para os adversários, aos 84 minutos. Ontem (3), a seleção contou mais uma vez com Steffen na vitória por 3 x 1 contra a Jamaica e se garantiram na final diante o México, no próximo domingo (7), às 22h (horário de Brasília).

O arqueiro se apresenta ao Manchester City no dia 9 de julho, e lá deverá saber qual será o seu caminho: se fica como reserva do goleiro brasileiro Ederson ou se vai ser emprestado para o clube da Alemanha. De todo modo, a sua contratação rendeu 7,5 milhões de dólares(R$ 28,9 milhões) para a franquia americana, e que pode chegar até 10 milhões (R$38.5 milhões) com benefícios e metas atingidas. Esse foi o valor mais alto pago por jogadores que jogam nos Estados Unidos, superando Tim Howard, comprado pelo Manchester United por aproximadamente 12 milhões de reais.

Juliana Gandard
Juliana Gandard é estudante de jornalismo e escritora. Descobriu no futebol uma nova paixão. Ama um desafio e quer conhecer o mundo. Através das palavras tenta ajudar as pessoas e mostrar que mesmo quando as coisas não estão fáceis, sempre há esperança.

Artigos Relacionados