Yanko Daucik

A coluna Desbravando o Tio Sam desta semana, abordará a trajetória do Yanko Daucik Ciboch, atacante da Checoslováquia, que fez um espetáculo quando jogou na NASL. Bem como, sendo o artilheiro do time Toronto Falcons, na liga americana. Além disso, ficou marcado por sua passagem em grandes equipes do Campeonato Espanhol Real Madrid e Real Betis.

TRAJETÓRIA DO YANKO DAUCIK

Yanko nasceu em Praga, no dia 22 de março de 1941. Por conta de seu pai, o técnico Ferdinand Daučík, mudou-se com a família para a Espanha em 1950. Desta forma, o futebol sempre esteve na vida do jogador, tendo iniciado sua carreira aos 17 anos, em time da Espanha chamado Indauchu. Entretanto um ano depois, acabou indo para o Atlético de Madrid.

Sua passagem pelo Colchoneros, foi bem curta também, logo se transferiu para o Salamanca e depois foi para o Real Betis. Fazendo sua estreia em 11 de setembro de 1960, em um jogo contra o RCD Mallorca. Ademais, na época, seu pai era o gerente do Betis.

No time ele chegou a fazer 14 gols em 38 jogos, atraindo o interesse do Real Madrid, que o contratou em 1962. No entanto, enfrentou forte competição pela titularidade. Já que ali havia Alfredo Di Stéfano, Francisco Gento, Ferenc Puskás e Amancio Amaro. Durante duas temporadas no Real, ganhou dois títulos, jogando apenas 20 jogos e marcando 8 gols.

SUA TRANFERÊNCIA PARA O NASL

Posteriormente, retornou ao Atlético Madrid, onde foi campeão da Copa Del, Rey além de jogar pelo Melilla e o Spain Mallorca. Depois destas passagens, viajou para o continente norte-americano, onde se tornou um dos primeiros futebolistas espanhóis a jogar nos Estados Unidos, após fechar contrato com o Toronto Falcons, na National Professional Soccer League.

Neste clube, o jogador tinha familiares que faziam parte dele como seu pai Ferdinand, o cunhado Ladislao Kubala e o sobrinho Branko Kubala. Durante a temporada de 1967, Yanko jogou 17 jogos, marcou 20 gols e deu 8 assistências para o Falcons. Terminando sua primeira temporada como o artilheiro do campeonato, fato este inédito para o campeonato. Já que foi o primeiro jogador internacional, conquistar este título.

Logo depois, no ano de 1968 teve uma breve passagem pelo futebol chileno, jogando pelo Club Universidad de Chile. Contudo, fez somente seis partidas e um gol, transferindo-se novamente para o futebol espanhol. Passando pelos times Rayo Vallecano, San Andrés, Espanhol e Xerez. Aposentando-se no final do ano de 1972.

MORTE DO YANKO DAUCIK

Yanko Daucik faleceu no dia 13 de maio de 2017, em Madrid aos 76 anos de idade.

Foto destaque: Reprodução/Real Madrid 

Avatar
Fernando Polacchini
Escolhi o jornalismo pois sempre fui apaixonado pela área, só de pensar que poderei contar as histórias das pessoas e informar as pessoas, isso me enche os olhos, e o jornalismo me trouxe essa oportunidade. Já trabalhei na área algumas vezes. Fui repórter em alguns sites, fui produtor e assessor de imprensa. Tenho como foco trabalhar mais com jornalismo, contar ainda mais histórias, sonho em um dia fazer documentários e podcast jornalísticos.

Artigos Relacionados