Nesta semana, a Coluna Além dos Bleus contará a história da carreira do atacante Antoine Griezmann. O astro francês passou por clubes da Espanha, e atualmente joga pela equipe do Barcelona. Inegavelmente, com uma carreira de sucesso e com grandes números, o atleta foi destaque por onde passou, e estava presente na equipe da França, campeã da Copa do Mundo da FIFA de 2018, que foi disputada na Rússia.

INÍCIO DA CARREIRA

Começando muito novo no futebol, o jovem atleta Antoine Griezmann nasceu na cidade de Mâcon, na França, que fica, aproximadamente, a 70km da cidade de Lyon. Seu pai era um ex-vereador, e sua mãe, uma faxineira de hospital. Sua influência no futebol veio de seu avô, Amaro Lopes, que era português e  jogou futebol profissionalmente na década de 50. Jogando pelo Paços Ferreira, Lopes fez história e é considerado como um defensor com raça. Diferente de seu avô, Antoine se destacou pelos gols que marcava nas categorias de base, e foi no time local de sua cidade, que sua história começou.

Jogando por seu time da cidade, UF Mâcon, Antoine se destacou em amistosos realizados contra grandes clubes da França. Em um jogo dos juniores, o garoto enfrentou o time da categoria de base do Paris Saint Germain, onde acabou chamando muita atenção dos olheiros na época. Sobretudo, o olheiro que mais se interessou pela habilidade de Griezmann foi o da Real Sociedad. A partir deste momento, o francês recebeu um convite para fazer um teste no norte da Espanha, na cidade de San Sebastian.

(Foto:LifeBogger)

A ESTREIA NO PROFISSIONAL

Com destaque no teste, Griezmann foi convidado a se juntar as categorias de base da Real Sociedad. À primeira vista, os pais de Antoine relutaram, mas, acreditando no potencial de seu filho, acabaram mudando para o país basco. No juvenil, o francês continuou se destacando e melhorando suas habilidades, e assim conseguiu se profissionalizar. Fez sua estreia com a camisa azul e branca do Sociedad aos 18 anos.

Após sua chegada ao país basco, Griezmann ficou quatro anos na categoria de base até estrear pelo time principal. No dia 2 de setembro de 2009, o francês fez sua estreia como profissional, em uma partida da Liga Adelante, pela segunda divisão da Espanha, o qual acabou perdendo a partida por 2 x 0 para o Rayo Vallecano. Antoine entrou apenas na segunda etapa, e acabou não atuando muitos minutos.

Mas, após um mês de sua estreia, o atacante francês chegou ao seu primeiro gol como profissional. Na partida entre Real Sociedad e Salamarca, Griezmann entrou como titular, e nos minutos iniciais da segunda etapa, guardou seu primeiro tento após se profissionalizar. Assim, ajudou sua equipe a vencer a partida. Mais tarde, na mesma temporada, o francês se sagrou campeão da Liga Adelante de 2009/10, garantindo acesso a La Liga no próximo ano.

Real Sociedad rubbing their hands over Griezmann windfall
(Foto: ESPN)

DESTAQUE NA PRIMEIRA DIVISÃO E ASCENSÃO NA CARREIRA

Pela Real Sociedad, Antoine Griezmann tem muitas partidas de destaque, o qual fez ser bem olhado, principalmente na Espanha. Com a camisa azul e branca, o francês disputou 202 jogos entre a temporada 2009-10 até sua última temporada com o time basco, 2013-14. Em seu primeiro ano, Griezmann marcou apenas seis gols em 40 partidas. Mas o francês foi evoluindo e conseguiu ter bons números pela Sociedad, alcançando a marca de 52 tentos pelo clube.

A evolução do canhoto ficou bem aparente, chamando a atenção de um clube grande da capital espanhola. Assim, em 28 de julho de 2014, o Atlético de Madrid pagou um valor estimado em 30 milhões de euros, marcando uma nova trajetória na carreira do atacante francês. De fato, foi um grande passo para Antoine, que não conseguiu nenhum título com o clube basco. Assim, pelos colchoneros, teria mais chances reais de título.

CHEGADA AO ATLÉTICO DE MADRID

Com isso, Griezmann se juntou ao seu treinador, Diego Simeone, e fez grande história com a camisa Rojiblancas. Em eu primeiro ano, venceu a Supercopa da Espanha, derrotando o grande rival de seu clube, o Real Madrid. Fez um bom jogo, entrando de titular no jogo da volta, mas acabou não marcando gol. Assim, começou muito bem com a camisa azul, vermelha e branca, jogando 53 partidas e marcando 25 gols.

Griezmann comemora chegada ao Atlético de Madri: 'Assim que me ligaram, vim direto' - ESPN

(Foto: ESPN)

Nos anos seguintes Griezmann continuou se destacando, onde conseguiu se manter em alta juntamente com o Atleti. Mas foi na temporada 2015-16 que Antoine chegou ao seu auge. Mesmo não conquistando nenhum título, o francês teve os melhores números de sua carreira. Ao todo foram 54 partidas, com 32 gols pelo time colchonero. Com isso, ajudou sua equipe a chegar na final da UEFA Champions League 15-16.

Infelizmente para os torcedores rojiblancos, o título inédito continental não foi conquistado. Após sair na frente diante de seu maior rival, Real Madrid, na final, o Atleti acabou tomando o empate no último minuto da partida, e o jogo acabou indo para os pênaltis. O atacante francês até fez sua parte, ao marcar o primeiro gol colchonero nas penalidades máximas, mas os Merengues, de Cristiano Ronaldo, venceram a taça.

Entre os 3 melhores do mundo, Griezmann não entra na seleção do ano; entenda por que - ESPN
(Foto: ESPN)

INDICAÇÃO AO PRÊMIO DE MELHOR DO MUNDO

Mas mesmo com a derrota, Antoine Griezmann deixou o seu nome na competição naquele ano. O francês marcou sete vezes, com uma assistência, além do gol decisivo contra o Bayern de Munique, nas semifinais, o qual levou sua equipe de volta à final. Assim também, ficou em 3º lugar na premiação individual da FIFA de melhor jogador da temporada. Portanto, fez uma grande temporada, mas não conseguiu nenhum título de expressão.

Foi apenas na temporada 2017-18, que o Atlético de Madrid chegou a um título continental. Após um começo péssimo na Champions League, o clube foi eliminado na fase de grupos e garantiu acesso a Europa League. Após um grande desempenho no mata-mata, perdendo apenas um jogo, a equipe chegou na final e venceu o Olympique de Marseille, conquistando seu terceiro título na competição. Antoine fez grande campeonato e conseguiu erguer seu primeiro título de competições continentais.

SAÍDA POLÊMICA PARA O BARCELONA

Para os torcedores colchoneros, o nome de Antoine Griezmann no time titular era incontestável, e o francês era, sem dúvidas, papel importante no esquema de Diego Simeone. Após um começo muito bom no Atleti, se poderia pensar que o camisa 7 passaria muitos anos na capital espanhola. Mas, após algumas constantes eliminações, e os principais rivais muito fortes, Griezmann optou por deixar a cidade de Madri.

Griezmann é oficialmente apresentado no Barcelona em meio à "novela" envolvendo pagamento
(Foto: Barcelona)

Após a final da Europa League de 2018, surgiram muitos rumores de que o francês poderia estar de sair do Atleti. Todavia em um vídeo em sua rede social, Griezmann anunciou que ficaria no Atlético de Madrid. Entretanto, após mais um ano sem títulos pelo time colchonero, Antoine anunciou em 14 de maio de 2019, que deixaria o clube após cinco temporadas. Definitivamente, os torcedores rojiblancos ficaram chateados. Mas ficou mais polêmico após o francês ter anunciado que ficaria sim na capital espanhola, e após a apenas uma temporada, se transferir para o Barcelona.

CHEGADA À CATALUNHA

Dessa forma, em 12 de julho de 2019, o Barcelona anunciou que pagou a multa rescisória do francês, no valor de, aproximadamente, 120 milhões de euros. Jogando com a camisa 7, o francês chegou para formar o trio de ataque com Lionel Messi e Luis Suárez. Os números do francês com a camisa azul grená é considerado de pouco destaque. Mas conseguiu conquistar o título da Copa do Rei 2021, seu primeiro troféu com o novo clube.

Pelo seu futebol apresentado no Atletico de Madrid, se esperava um pouco mais de Griezmann com a camisa do Barcelona. Em algumas partidas, durante sua trajetória, ficou apenas no banco de reservas, sem sequer entrar em campo. Mas após a saída de Luis Suarez ao Atleti, Antoine virou o principal nome para o ataque do Barça, e conseguiu se destacar, na última temporada, com gols importantes e título de copa.

CARREIRA INTERNACIONAL

Mesmo com avô lusitano, Antoine representa as cores da França, em jogos internacionais. Assim, desde muito garoto, sempre foi chamado para as categorias de base de sua seleção. Com grandes desempenhos e sendo parte de uma grande geração francesa, Griezmann possui um vice campeonato da Eurocopa de 2016. Além disso, foi muito bem na Euro, onde conseguiu o prêmio de artilheiro da competição com seis gols. Entretanto, não conseguiu levar o título internacional, após perder com um gol no último minuto da prorrogação. 

Griezmann lidera título da França na Copa com gols e futebol de maratonista - Época
(Foto: O Globo)

Por fim, recentemente conseguiu o título mais importante da sua carreira: a Copa do Mundo de 2018, disputada na Rússia. Nesta ocasião, Griezmann fez grande dupla de ataque com Kylian Mbappé. Dessa vez, foi mais discreto nos números, mas teve grande participação em todos os gols da França no mundial. Fez quatro gols e três assistências. Assim, o atacante francês marcou o segundo gol de sua seleção na final do mundial, escrevendo de vez seu nome no futebol mundial.

Foto destaque: Reprodução/Javier Soriano/AFP

Avatar
Eduardo Adante
Olá, sou o Eduardo, tenho 18 anos e sou apaixonado pelo futebol. Conheci o jornalismo através do esporte, e logo, decidi que gostaria de trabalhar nesta área. O esporte faz parte da minha vida, e busco sempre aprender mais, e entregar o meu melhor para fazer um bom trabalho no jornalismo esportivo.

Deixe uma resposta