Arminia Bielefeld campeão da segunda divisão alemã (Foto destaque: Reprodução/Instagram)

A segunda divisão da Bundesliga 2019/2020 começou com as atenções voltadas para dois clubes tradicionais na Alemanha. Apesar do equilíbrio da competição, Stuttgart e Hamburgo apareciam como favoritos. Entretanto, não foi assim que a história aconteceu. Assim, com duas rodadas de antecipação, o Arminia Bielefeld garantiu o título da Segundona e seu retorno à Bundesliga após 11 anos. Essa será sua 18ª aparição na competição alemã.

Campanha

Vários aspectos podem ser levados em consideração ao tentar entender o motivo do sucesso na temporada. Um deles é o técnico Uwe Neuhaus. O treinador foi assistente de Matthias Sammer no Borussia Dortmund, onde foi campeão em 2001/2002. Além disso, é bastante identificado com o Union Berlim por uma longa passagem na capital. Entretanto, ele assumiu os Azuis em dezembro de 2018, quando o time corria riscos de rebaixamento, e o levou ao sétimo lugar. Dessa forma, ele mostrou que tinha poder sobre o elenco já em sua primeira temporada completa, conseguindo o acesso.

Outro personagem importante é Fabian Klos. O atacante de 32 anos e capitão da equipe, chegou a Bielefeld em 2011, quando o clube estava na terceira divisão. Então, em oito temporadas, Klos foi artilheiro em sete delas e, na atual, já marcou 19 vezes. Assim, conta com a parceria de jogadores importantes para o elenco como Andreas Volglsammer, que atua como ponta e Marcel Hartel, principal armador.

O elenco do Arminia Bielefeld não é tão jovem. Quase todos os titulares possuem mais de 25 anos. Entretanto, o aproveitamento da equipe é muito animador. Em 32 rodadas, os azuis sofreram apenas duas derrotas com 17 vitórias. Além disso, O rendimento como visitante costuma ser até melhor do que em casa e há um bom equilíbrio. A equipe possui a melhor defesa e o segundo melhor ataque da competição. A regularidade fez com que a equipe conseguisse um acesso interessante.

Embora os muitos empates nas primeiras rodadas tenham contido o time à terceira colocação, atrás de Hamburgo e Stuttgart, o time disparou ainda no primeiro turno. O bom início no segundo turno permitiu que os Azuis abrissem diferença na liderança e, mesmo com os empates sendo mais comuns nesta volta da Bundesliga, o clube se valeu da péssima fase dos perseguidores para sobrar no topo.

https://twitter.com/arminia/status/1274342360411971584?s=20

História

O Arminia Bielefeld foi fundado em 1905. Durante a década de 1920, o clube disputou a fase final do Campeonato Alemão, após boas campanhas na liga regionalizada da Vestfália. Depois da Segunda Guerra Mundial, a equipe zanzou pelas divisões de acesso até participar pela primeira vez da Bundesliga em 1970. Porém, não foi uma passagem honrosa, já que o clube foi rebaixado por manipular resultados na tentativa de permanecer na elite.

Depois de seis temporadas na segundona, o Arminia Bielefeld retornou à primeira divisão em 1978. Até a primeira metade dos anos 1980, foi uma equipe de meio de tabela, mas uma forte crise financeira fez com que a equipe perdesse forças e acabar na terceira divisão em 1988.

A reconstrução na terceirona, mais lenta, culminaria em dois acessos consecutivos até a reaparição na elite em 1996. Então, os Azuis atravessariam uma fase relativamente relevante, variando entre figurantes na Bundesliga e candidatos ao acesso imediato na segundona.

Entre 2004 e 2009, o Arminia Bielefeld emendou cinco temporadas consecutivas na Bundesliga. Repetiu sua maior sequência na primeira divisão, mas sem passar do 12° lugar. A partir de então, com a má gestão atrapalhando o time, os Azuis voltaram a entrar em declínio e precisaram conquistar duas vezes o acesso na terceirona. A tranquilidade só seria recuperada após 2015, com o restabelecimento na segunda divisão.

O bom desempenho na segundona desta temporada, com a manutenção do elenco e reforços pontuais, podem ajudar os Azuis a ganharem um pouco mais de destaque em busca da permanência na elite. Resta saber qual será o Arminia Bielefeld que iremos encontrar na próxima temporada e quais serão suas próximas conquistas.

Foto destaque: Reprodução/Instagram

Celso Junior
Sou Celso Junior, carioca e moro em Rio das Ostras - RJ. Sou pai da Maria Sofia e amante do futebol, esporte o qual vivo desde criança. Sou professor, treinador, e estudo intensamente o futebol em suas diversas áreas.

Artigos Relacionados