Goiás rescinde com atleta envolvido em briga na boate

Antes de mais nada, na noite de sexta-feira (10), os jogadores do Goiás, Henrique Lordelo; João Lucas e Nathan, se envolveram em uma confusão de boate. Ao saber disso, a diretoria esmeraldina ficou contrariada e decidiu punir os atletas.

O QUE O GOIÁS FEZ COM HENRIQUE E NATHAN?

A princípio, Henrique Lordelo chegou a levar dois tiros e foi parar em um hospital, sendo liberado poucas horas depois. Após isso, publicou um vídeo em suas redes sociais pedindo desculpas ao clube e a torcida pelo ocorrido, uma vez que acabou descumprindo os protocolos sanitários na prevenção contra a Covid-19. Dessa maneira, o clube decidiu por não oferecer apoio jurídico aos atletas, com a justificativa que eles desrespeitaram as orientações do departamento de futebol.

E O JOÃO LUCAS?

Em contrapartida, João Lucas, teve seu contrato rescindido de forma amigável a pedido do empresário. Uma vez que a atitude foi considerada um ato de indisciplina.

A DESPEDIDA DO GOIÁS

Por fim, confira a despedida de João Lucas do clube:

“Hoje oficialmente encerro este meu ciclo no Goiás Esporte Clube, gostaria de começar agradecendo os funcionários que cooperaram e me ajudaram a me tornar o Atleta e pessoa que sou hoje, depois, agradecer a todos os atletas e companheiros que compartilharam inúmeras sessões de treinos e jogos ao meu lado… FOI UMA HONRA JOGAR COM VOCÊS! Termino minha passagem neste clube ciente que todas as vezes que estive dentro das “4 linhas” representando está marca; dei o meu melhor! Foram 5 anos de muitas lutas, glórias e títulos e acima de tudo muito aprendizado!!! Em breve venho comunicar onde será minha nova casa e meu novo clube de trabalho !
‘ALGUNS CICLOS SE ENCERRAM PARA OUTROS MELHORES VIREM!'

Deus é fiel, Deus é justo e está no controle de tudo!”

Foto destaque: Divulgação/ Rosiron Rodrigues/ Goiás EC

André Merice
A paixão pelo esporte me fez escolher a profissão. A experiência como atleta não foi como o esperado. Então, procurei algo em que me encaixasse. E o Jornalismo foi a primeira opção! Falar já é bom, quando o assunto é futebol, se torna melhor ainda.