Confira como foi a terceira rodada da série B do Campeonato Brasileiro

- Se a competição acabasse hoje, Fortaleza, Figueirense, Vila Nova e Paysandu garantiriam vaga na série A de 2019
Confira como foi a terceira rodada da série B do Campeonato Brasileiro

Com rodada iniciada na última terça, Atlético-GO e CSA surpreendem e garantem 3 pontos com o apoio da torcida; o Fortaleza de Rogério Ceni continua na liderança da competição, após mais uma vitória. Já na briga embaixo da tabela Boa Esporte e CRB engatam três jogos sem vitória.

Atlético-GO 3 x 2 Guarani

Gols – Atlético-GO: João Paulo (2 X) e Fernandes. Guarani: Anselmo Ramon e Bruno Nazário.

Partida: Em um jogo agitado no estádio Olímpico em Goiás, o dragão chegou a abrir três gols de vantagem, mas cedeu dois gols no para o Bugre no segundo tempo. O atlético abriu a contagem aos 23 minutos da primeira etapa, depois da cobrança de escanteio do lado direito, o atacante João Paulo recebe a bola e manda para o fundo das redes. O Dragão aumentou a vantagem ainda no 1ºT, aos 45, o meia Fernandes aparece sozinho para receber o lançamento e fazer 2 a 0.

No segundo tempo, o time goiano não descansou e aos 13 minutos chegou ao terceiro gol, o segundo de João Paulo, que recebe a bola depois de seu companheiro errar o chute. Aos 17, o Guarani reagiu e Bruno Nazário diminui o placar, após um cruzamento e a falha da defesa, onde o meia do Bugre se deu bem, fazendo 2 a 1. O gol que selou o placar saiu aos 20 do 2ºT: cobrança de falta do time verde, o goleiro Klever sai mal mais uma vez e Anselmo Ramon só empurra a bola.

Os dois clubes ainda tiveram chance ao logo do jogo, mas este foi o placar final: 3 a 2. Na próxima rodada, os dois terão pela frente seus maiores rivais: Vila Nova e Ponte Preta, pela quarta rodada.

Fortaleza 3 x 1 CRB

Gols – Fortaleza: Osvaldo, Bruno Melo e Jean Patrick. CRB: Neto Baiano.

Partida: O time comandado por Rogério Ceni ainda não sabe o que é perder nesse campeonato. O Galo, reclamou muito da arbitragem na partida disputada na última terça feira. O primeiro gol saiu no início da partida, aos 6 do primeiro tempo, graças ao ataque bem construído ter deixado Osvaldo na cara do gol.

A torcida do Fortaleza fez um show em sua casa (Reprodução / Internet)
A torcida do Fortaleza fez um show em sua casa (Reprodução / Internet)

Na segunda etapa, o Leão mostrou sua fome de bola e aos 3 minutos aumentou a vantagem com o lateral Bruno Melo, que cabeceou a bola depois de um belo cruzamento. Aos 5, Neto Baiano diminui o placar, depois de uma jogada em que a defesa do tricolor estava desarrumada, colocando o Galo de volta ao jogo, mas aos 10, o meia Jean Patrick acerta um chute forte, indefensável para o goleiro João Carlos, fechando o placar em 3 a 1.

Depois dos gols, os dois clubes ainda tiveram mais algumas chances para mudar o placar, inclusive, os jogadores do CRB reclamaram de um pênalti em um lance onde acusam o zagueiro Jussani do Fortaleza de ter colocado a mão na bola. O Leão abre novamente a rodada na terça-feira, feriado, ás 16h30 contra o Londrina.

Figueirense 2 x 0 Boa Esporte

Gols – Figueirense: Hernan (2X).

Partida: O encontro dos dois clubes foi marcado por um atleta que nos últimos jogos tinha sido mantido como reserva pela equipe do Figueira: Hernan fez os dois gols do jogo: o primeiro saiu no 1ºT aos 11 minutos, ele recebeu um belo lançamento, domina e ganha o lance em cima do goleiro Fabrício.

Na etapa final, o atacante Hernan que estava em ótima noite faz o segundo, aos 15 minutos, com um golaço de cobertura, para alegria da torcida. 2 a 0

O time mineiro vive situação complicada no campeonato, onde ainda não pontuou e tem pela frente o Juventude na terça-feira às 16h.

CSA 5 x 1 Oeste

Gols – CSA: Walter, Leandro Amaro (contra), Daniel Borges (contra), Leandro Souza e Daniel Costa. Oeste: Bruno Lopes.

Partida: Em noite de glamour no Rei Pelé, o time da casa deu uma aula de futebol para o time paulista na última sexta-feira. Não perca a contagem! O primeiro saiu aos 16 do 1T de pênalti, o meia Daniel Costa colocou a bola para descansar nas redes do Oeste. O zagueiro Leandro Souza, marcou o segundo aos 31, subindo, de cabeça na área. 2 a 0.

Aos 41, o lateral Daniel Borges, marca contra ao tentar desviar a bola da sua área de defesa. Festa no Rei Pelé. Aos 45, o Oeste faz seu único gol da partida (do lado certo) com o atacante Bruno Lopes, que chuta forte na entrada da área. 3 a 1, fim do primeiro tempo.

No início do segundo, a equipe paulista perde duas chances nos primeiros minutos de jogo. Aos 15 do 2ºT, mais um gol contra a favor do CSA, dessa vez Leandro Amaro desvia contra o próprio patrimônio marcando 4 a 1 para o time da casa. O gol que selou a goleada, saiu dos pés de Walter, que estreava com a camiseta da equipe do Azulão. Mais um pênalti, o atacante estreante chuta no canto direito, fechando a tampa do caixão do Oeste. 5 a 1.

Coritiba 2 x 1 Criciúma

Gols – Coritiba: Kady e Yan Sasse. Criciúma: João Paulo.

Partida: O verdão venceu em casa, na estreia do técnico Eduardo Baptista no clube e engata a segunda no campeonato. O Criciúma deu um susto no início da partida abrindo o placar aos 17 minutos. O meia João Paulo aproveitou o passe ganho, e trabalhou na área do Coxa e faz 1 a 0. A reação do time da casa veio aos 32 ainda da primeira parte. Kady aparece aproveitando o rebote dentro da área adversária e põe o Coritiba no jogo.

No segundo tempo, o gol da virada saiu do pé do meia Yan Sasse que tinha acabado de entrar no jogo, chutando rasteiro para o gol de Luiz. 2 a 1. Um detalhe a ressaltar nesta partida, é a quantidade de cartões amarelos: 10 ao todo, sendo 7 para o Criciúma.

Juventude 1 x 3 Avaí

Gols –Avaí: Romulo e Renato (2X). Juventude: Guilherme Queiroz.

Partida: O encontro entre as duas equipes começou quente e com gol já no início. Aos 7 do 1ºT, o time de Caxias do Sul abriu o placar depois de uma jogada na grande área e da furada do meia Fellipe Mateus, sobrando para o atacante Guilherme Queiroz acertar no canto esquerdo do goleiro Aranha. Mas o Avaí, que perdeu seu técnico (Claudinei Oliveira) há poucos dias antes da partida, empatou com Romulo, completando a jogada que começou na lateral esquerda.

No segundo tempo, o time Azul e Branco continuou na pressão e aos 12, como diria Marcelo do Ó “vira a mesa” e aumentou a vantagem com Renato após um cruzamento não muito bem-sucedido, onde ele só desviou e fazer 2 a 1. O dia era do Leão: aos 27 veio um contra-ataque e Renato viu a chance de marcar o segundo na partida depois de perceber o goleiro Cavichioli deslocado. Não desperdiçou e celebrou o placar: 3 a 1.

Mas o jogo ainda não acabou, pois tivemos o momento “Por que faz isso? ” O goleiro do Juventude ainda ia viver um péssimo momento, após ser expulso por tocar na bola fora da área. Isso no finalzinho, aos 37 minutos.

Coube ao zagueiro César Martins (que protagonizou um lance bizarro em 2016 quando jogava pelo Flamengo: ele se esticou todo para defender um lance em que o goleiro estava vencido no lance, só não lembrou que ele não é arqueiro) segurar as pontas até o apito final, já que foram feitas as três substituições da equipe no jogo.

Vila Nova 3 x 1 Sampaio Corrêa

Gols  Vila Nova: Diego Giaretta, Elias e Mateus Anderson. Sampaio Corrêa: Bruno Moura.

Partida: O jogo começou interessante para os dois clubes, com chances iguais. O gol que mudaria a história do confronto saiu aos 36 do 1ºT, após uma cobrança de falta com uma jogada ensaiada, o zagueiro Diego Giaretta, encontra um vazio na barreira e mandar para o fundo das redes. O empate veio 10 minutos depois, também de falta, Danielzinho manda uma bomba, o arqueiro do time goiano defende, mas larga a bola e sobra para Bruno Moura, que é lateral, deixar o dele de cabeça, 1 a 1.

Na segunda parte, os times voltaram mais calmos. O gol da virada do Vila só saiu aos 31 minutos, depois de cobrança de escanteio, o meio campista Elias desviar com a cabeça e marcar. Mas cabia mais um e aos 34, o atacante Mateus Anderson acerta um belo chute de fora da área no lado esquerdo de Andrey, decretando mais uma importante marca para o Tigrão que continua 100% no campeonato, que e tem seus olhos voltados na próxima rodada, quando pega o Goiás.

Paysandu 2 x 1 Brasil de Pelotas

Gols – Paysandu: Renato Augusto e Cassiano. Brasil de Pelotas: Lourency.

Partida: 100% na competição, o Papão da Curuzu manteve o favoritismo após abrir vantagem de dois gols na primeira etapa. O meia Renato Augusto foi quem inaugurou o placar aos 20 minutos, em um lançamento para a área e subir mais alto que a zaga do Brasil e desviar a bola para o canto esquerdo de Marcelo Pitol. 1 a 0.

O Paysandu não deu dois minutos de descanso para o Xavante: ataque em velocidade, o lateral direito Mateus Silva é derrubado na área e o juiz assinala pênalti. Coube ao atacante Cassiano aos 24 do 1ºT chutar rasteiro para o canto direito do gol e aumentar a vantagem.

Quando pensaram que a equipe paraense iria administrar a folga, o time de Pelotas reagiu e aos 27 ainda da primeira parte, Lourency que é atacante, aproveita a falha da defesa e diminui a vantagem em 2 a 1.

Depois desse momento de fúria dos dois times, o jogo ainda proporcionou chance para os dois lados. No final da partida, aos 47, o Lateral do Brasil, Artur recebe o segundo amarelo e é expulso de campo. Com a vitória, se o campeonato acabasse hoje, o Paysandu subiria para a elite do futebol brasileiro, já que está em 4 lugar com 9 pontos.

Ponte Preta 0 x 1 Londrina

Gols – Ponte Preta: Patrick Vieira.

Partida: Em noite complicada em Campinas, o time paranaense consegue três pontos em cima da macaca, que ainda não venceu na série B. O gol que deu o resultado ao Londrina, saiu aos 31 do 2ºT, após cobrança de escanteio, Patrick aproveita a sobra e manda para o gol, garantindo a vitória.

O próximo jogo da Ponte é contra o Guarani, confronto que não se repetia há alguns anos e será realizado no próximo sábado.

São Bento 1 x 1 Goiás

Gols – São Bento: Waterson. Goiás: Rafinha

Partida: A última partida da terceira rodada da série B teve um gosto diferente das outras partidas. Cada um saiu de Sorocaba com um ponto apenas na tabela. O primeiro gol do jogo foi do Goiás. Rafinha, aos 15 minutos aproveita sobra depois de disputa de bola que nasceu em cobrança de falta, abrindo a contagem no Estádio Walter Ribeiro.

O gol de empate saiu de muita insistência no segundo tempo: aos 20 minutos Waterson ganha a bola depois do ataque e do cruzamento dentro da área. Estava na hora certa e no lugar certo para deixar tudo igual.

Confira como ficou a classificação após a 3ª rodada:

[soccer-info id='117′ type='table' /]

Luciano da Silva

Sobre Luciano da Silva

Luciano da Silva já escreveu 45 posts nesse site..

Luciano Santos da Silva, 20 anos, apaixonado por rádio, esportes (em especial o futebol) sou estudante de jornalismo.

BetWarrior


Poliesportiva


Luciano da Silva
Luciano da Silva
Luciano Santos da Silva, 20 anos, apaixonado por rádio, esportes (em especial o futebol) sou estudante de jornalismo.

    Artigos Relacionados

    Topo