Comparação entre times de 2021 e 2022 é assunto dentro do Vasco

O atual Vasco 2022 vem chamando a atenção da torcida por conta de sua dedicação. Dentro de campo, o combate e correria da equipe é algo bastante elogiado por quem torce e acompanha o dia a dia vascaíno. Decerto, algo bem diferente do time de 2021, que jogou a Série B.

Em comparação entre times, na 16ª rodada atual, o Vasco 2022 está na segunda posição, com 31 pontos. Entretanto, o time de 2021 estava em nono lugar, com 25 pontos. Outra coisa que chama atenção são as derrotas. Na ocasião de 2021, o time já havia perdido cinco vezes.

Em suma, o único remanescente do time total de 2021, o lateral Léo Matos tentou explicar as diferenças de cada elenco. Para o jogador, há algumas mudanças radicais entre os dois grupos de jogadores:

“Pergunta difícil. No ano passado, de repente a nível de nome e tecnicamente, não posso dizer que é melhor, pelo menos no papel e vivência dos jogadores, parecia ser melhor. Mas nesse ano chegaram muitos jogadores com objetivo de mudar a vida deles com essa oportunidade no Vasco. É matar ou morrer. Talvez ano passado para alguns jogadores seria só mais um clube.

Não estou definindo como é o que deu errado ou certo, mas talvez para esse ano a coisa está dando liga dessa forma, porque jogadores estão querendo algo maior na carreira e isso está contaminando todo mundo. No ano passado, o trabalho vinha sendo feito muito bem, não tenho motivo para me queixar. No futebol às vezes, nem sempre a equipe que parece melhor vai subir. Então talvez seja isso, os que estão aqui hoje talvez estão dando 1% a mais para que as coisas aconteçam. Acredito muito que esse ano vai dar certo porque entendemos a linha que devemos seguir, todos já entenderam. Vamos seguir assim até o final”.

Foto destaque: Reprodução/CRVG

Robert Ferreira
Sou o Robert! Fiz jornalismo para vivenciar histórias, estar dentro dos fatos e o principal, ter acesso a verdade, sempre! O esporte sempre esteve na minha vida, e unir a escrita com o futebol seria é o ideal de vida. Escrevi para redação do jornal universitário além de atuar fortemente nas redes sociais com posicionamentos sobre cultura negra. Sujeito calmo com o objetivo de ganhar o mundo!