Bundesliga

A Bundesliga nasceu em 1962, na cidade Dortmund pela Deutscher Fußball-Bund (Associação Alemã de Futebol). Hoje em dia é controlada pela Deutsche Fußball Liga (Liga Alemã de Futebol), sendo uma das ligas mais lucrativas da Europa. Nesta semana, na coluna Quebrando Muros, iremos contar a história da maior competição da Alemanha e do mundo. E entender como sua grandiosidade se construiu ao longo dos anos.

São quase dois séculos de futebol na Alemanha, mesmo que a principal liga do país tenha apenas 58 anos de história. O que por natureza já faz com que seja um dos países mais tradicionais no esporte. A terra da cerveja já carrega inúmeras glórias e momentos inesquecíveis, marcados na memória de vários amantes da bola mundo afora.

No entanto, o futebol profissional em áreas germânicas somente foi semi profissionalizado após a Segunda Guerra Mundial, que teve como figura maior o fuhrer Adolf Hitler.  O motivo tem a ver com o fato de que o maior líder alemão realmente não se importava muito com o esporte em questão. O que não impediu de que a prática fosse usada como forma de distração durante os anos sombrios de guerra.

Desse modo, os alemães apenas puderam iniciar esse processo a partir de 1949, primeiro na parte Oriental e mais tarde na Ocidental. Nesse interim, foi um desses times semi profissionais do país que levou a Alemanha a conquistar seu primeiro título de Copa do Mundo em 1954, frente a Hungria. Desta forma, a seleção alemã é a única a ser campeã do mundo com um futebol amador até hoje.

E NASCE A BUNDESLIGA

Tal situação somente proporcionou um maior conforto aos alemães, que não viram uma grande necessidade de tornar profissional o esporte no país. Mas como nem tudo são rosas, quase 20 anos depois, a campanha na Copa do Mundo de 1962 foi decepcionante. A equipe caiu nas quartas de finais para a Iugoslávia por 1 x 0. A Bundesliga surgiu apenas um mês e meio após a eliminação.

Então, selecionaram os times que iriam compor a mais nova competição profissional do país a partir das cinco ligas já existentes. Eram cerca de 44 times, mas apenas 16 entraram na lista inicial. As classificações das equipes nos últimos anos foram critérios para esta seleção. A primeira temporada foi realizada em 1963, tendo como primeiro campeão o Colônia e o primeiro artilheiro famoso, Uwe Seeler, do Hamburgo. Desde então, apenas a cidade de Munique teve a honra de ter dois times como campeões da Bundesliga, o hoje mundialmente conhecido Bayern e o München 1860.

Assim como as demais ligas de futebol do país, sua estrutura e organização sofreram mudanças frequentes até os dias atuais. Hoje, a Bundesliga, ou Campeonato Alemão, é formado por 18 equipes e todos os seus times estão automaticamente classificados para DFB-Pokal (Copa da Alemanha). Além disso, o campeão disputa a DFL-Supercup (Supercopa da Alemanha).

E DEU CERTO!

A profissionalização do futebol alemão trouxe ainda mais vitórias e resultados relevantes, tanto para a seleção do país quanto para os clubes. A seleção alemã venceu a Copa do Mundo novamente em 1974, cerca de 10 anos após a fundação da Bundesliga. Assim também, os alemães conquistaram a Eurocopa em 1972 e 1980. O Bayern de Munique (1974, 1975 e 1976) e Hamburgo (1983) foram campeões da Liga dos Campeões, o maior torneio da Europa. O Borussia Mönchengladbach também foi campeão da Copa UEFA, atual Liga Europa em 1975 e 1979.

https://www.instagram.com/p/CEKXJRLgMhW/

Cerca de 55 clubes já disputaram a Bundesliga, sendo o Bayern de Munique o que mais a venceu, com 30 títulos. Além dos bávaros, outras 12 equipes já foram campeãs: Borussia Dortmund e Borussia Mönchengladbach (5 títulos), Werder Bremen (4), Hamburgo e Stuttgart (3), Colônia e Kaiserslautern (2), além de Eintracht BraunschweigMünchen 1860FC Nürnberg e Wolfsburg, com um título cada.

A MAIOR LIGA DO MUNDO?

Mas como essa competição tardiamente criada conseguiu tamanho poderio no meio futebolístico? É de se espantar mesmo. A liga inglesa correspondente à Bundesliga, a Premier League, foi fundada em 1888, 75 anos antes. No entanto, hoje os números do Campeonato Alemão batem de frente com o do Campeonato Inglês.

A Bundesliga viu crescer sua popularidade no início da década de 1990. Um pouco por conta do sucesso da seleção alemã, que conquistava seu terceiro título mundial no mesmo ano e pela simples atenção midiática. Foi neste ano também que uma das maiores rivalidades do futebol atual nasceu. O Borussia Dortmund foi destaque na temporada e passou a ser o grande adversário do Bayern de Munique desde então.

Ainda durante a década de 90, vários clubes da liga chegaram a uma semifinal europeia no mínimo uma vez por ano. O Dortmund venceu a Liga dos Campeões em 1997, o Bayern de Munique em 1996, o Schalke 04 venceu a Liga Europa e o Werder Bremen levantou o caneco da Recopa Europeia em 1992. A partir de 2000, o Bayern de Munique venceu incríveis 14 títulos. Nascia então o amplo domínio bávaro na Bundesliga, observado até hoje, visto que conquistaram seu 30º título na temporada 2019-20.

CADA VEZ MELHOR

Os olhares voltavam cada vez mais para a Alemanha ao passo que os times do país se destacavam. Na temporada 2012-13 da Liga dos Campeões, haviam sete equipes alemãs competindo na fase de grupos, um recorde histórico. Somando a isso também o fato que, nesta mesma temporada, a final da competição mais famosa da Europa teve um duelo alemão. Borussia Dortmund e Bayern de Munique protagonizaram este grande feito, o que atraiu cada vez mais atenção para o futebol alemão e suas demais ligas.

A média de 45.134 torcedores por jogo durante a temporada de 2011-12 foi a segunda maior de qualquer liga esportiva do mundo, atrás apenas da NFL (National Football League), para se ter uma noção do alcance da liga mundialmente. Atualmente, mais de 200 países ao redor do mundo transmitem o Campeonato Alemão. A qualidade do futebol apresentado é outro destaque da liga alemã. Isto porque, o nível e requinte tanto técnico com tático é visível através de números. A quantidade de gols no torneio tem uma  ótima média de 2.89 por jogo.

FÓRMULA DE SUCESSO DA BUNDESLIGA

Em 2009-10, a Bundesliga faturou 1,7 bilhões de euros! Ademais, a liga alemã tem os menores preços de ingressos e a maior média de presença nas cinco principais ligas da Europa. Bem como, os clubes da Bundesliga devem ser de propriedade majoritária de sócios alemães, a fim de desencorajar o controle de uma única entidade. Ao contrário das outras ligas do continente, onde várias equipes de alto nível passaram a ser propriedades de estrangeiros e um número significativo de clubes tem grandes dívidas.

A DFB, juntamente com a Bundesliga, também determinam que todos os clubes tenham uma academia de jovens. Como resultado, há um aumento da quantidade de talentos locais, tanto para as equipes em si quanto para a seleção nacional. Desde 2010, a Bundesliga gastou 75 milhões de euros por ano nessas academias, que treinam cinco mil jogadores com idade entre 12 e 18 anos.

Na primeira década de 2000, a Bundesliga ficou mais competitiva, uma vez que cinco equipes conquistaram o título da competição. Em outras palavras, isto ia contra às demais ligas europeias. Barcelona e Real Madrid dominavam a La Liga. Igualmente, na Premier League, dominavam o “Big Four” (Manchester united, Chelsea, Liverpool e Arsenal). E a Ligue 1, pelo Lyon, que havia vencido sete vezes consecutivas.

A Bundesliga tem um potencial enorme que vem sendo cada vez mais explorado e aproveitado. Ainda que não seja um consenso geral, como nada neste meio jamais será. Sua fama crescente é, portanto, uma consequência deste cenário, assim como o número crescente de espectadores e amantes do estilo alemão de se jogar e encantar.

Foto Destaque: Reprodução/Site/DFL

Avatar
Stella Vicente
Meu nome é Stella, tenho 19 anos e estudo Jornalismo na Universidade do Estado de Minas Gerais (UEMG) – mas sou paulista do interior. Gosto de ler e escrever desde que me entendo por gente e o esporte sempre foi uma das minhas grandes paixões, grande parte devido à influência do meu pai. Foi por conta desse sentimento que surgiu a vontade de fazer jornalismo. Hoje eu percebo que me encontrei nessa profissão emocionante e espero conquistar grandes coisas na área esportiva, principalmente no que diz respeito ao meu amor maior: o futebol.

Artigos Relacionados