Com um a menos, Vasco arranca empate contra o Racing em São Januário

- Vasco luta muito, mas para em boa atuação do time argentino; resultado mantém chances de classificação na Libertadores

O Vasco recebeu o Racing, da Argentina, em São Januário, na noite desta quinta-fera (26). O time comandado por Zé Ricardo precisava da vitória, saiu atrás, ficou com um a menos quase o segundo tempo inteiro, mas conseguiu o empate por 1×1 no fim. O resultado não foi o melhor para o Vasco, mas mantém vivo o sonho de ir às oitavas de final da Libertadores.

Vasco lutou muito no jogo contra o time argentino. ( Foto: Marcio Alves)

O JOGO

1º TEMPO

A partida começou muito truncada, com os dois times se estudando muito. Nos primeiros minutos de jogo, nenhum dos dois times criou chances reais de gols. Depois dos 10 minutos, embalado nos gritos que vinham da arquibancada, o Gigante da Colina melhorou e começou a ser mais insinuante. Quando o time carioca ensaiava uma pressão, o a equipe argentina aproveitou um contra-ataque perfeito aos 31 minutos e abriu o placar com um gol da joia e craque do time, Lautaro Martínez. A partir daí, o time de Zé Ricardo, que já vinha muito pressionado, começou a errar demais e os “hermanos” passaram a comandar a partida. Nota triste do primeiro tempo foi uma confusão entre a torcida visitante e a PM nas arquibancadas. O jogo ficou paralisado por cinco minutos até que as coisas se acalmassem.

Martínez abre o placar contra o Vasco. (Foto: Globo Esporte)

2º TEMPO

Perdendo por 1×0, o Vasco foi para cima desde o início do segundo tempo. Mas o que já estava complicado, piorou. Aos 10 minutos, o volante Desábato foi expulso e atrapalhou a retomada de jogo do time carioca. Com um a mais, o Racing criou boas chances com Donatti e Lisandro López, mas não conseguiu matar o confronto. Na base da vontade, os donos da casa foram em busca do empate. Lutaram muito e aos poucos começaram a criar chances de gol. O tempo foi passando e com isso a pressão foi aumentando. Aos 35 minutos, a pressão do time Cruz-Maltino surtiu efeito, e Wagner aproveitou a bola mal rebatida pelo goleiro argentino e deixou tudo igual em São Januário. Com o 1×1 e faltando 10 minutos, além dos acréscimos, o time e a torcida foram para cima em busca de mais uma virada para a história do Vasco. E ela quase veio. Aos 42 minutos, Musso fez um milagre em finalização de Pikachu e salvou o que seria a virada vascaína. Apesar de toda raça e luta do time da casa, o jogo terminou em 1×1 e complicou ainda mais a vida dos cariocas na competição. No fim, aplausos da torcida como reconhecimento pela determinação dos jogadores na partida.

Vagner fez o gol de empate em São Januário.

Ainda dá! A situação é complicada, a lanterna do Grupo 5 ainda é a realidade, mas o Vasco ainda tem esperanças de conquistar a vaga.  O time carioca agora precisa ganhar as duas próximas partidas: contra o Cruzeiro em casa (2 de maio) e Universidad de Chile fora de casa (22 de maio), e ainda torcer para o que o Racing não seja derrotado pelos mesmos adversários.

CLASSIFICAÇÃO E SITUAÇÃO DO GRUPO

Racing –  8 pontos
Cruzeiro – 5 pontos (saldo 5)
Universidad de Chile – 5 pontos (saldo -6)
Vasco – 2 pontos

MELHORES MOMENTOS

BetWarrior


Poliesportiva


Ronnaldo Cordeiro
Ronnaldo Cordeiro
, 24 anos, carioca e apaixonado por futebol.

Artigos Relacionados

Topo