Com reação heróica e nos pênaltis, deu Mengão

A final da Copa São Paulo de Futebol Júnior de 2016 teve tudo o que se espera de uma grande final. Foi um jogo acirrado até os minutos finais.

O jogo do aniversário da cidade de São Paulo, foi, como de costume, no Estádio Paulo Machado de Carvalho, o Pacaembu, na manhã desta segunda-feira. A final foi entre as duas maiores torcidas do Brasil, a do Flamengo e a do Corinthians.

O JOGO

O primeiro tempo deu Corinthians. Com ritmo forte e muito calor, a equipe corintiana conseguiu imprimir seu jogo na primeira etapa e aos 19 minutos Gabriel Vasconcelos abriu o placar. O atacante recebeu na área, girou e bateu. 1 a 0 “timãozinho”. Aos 25, Matheus Pereira recebeu belo passe de Tocantins e chutou cruzado, forte para ampliar, 2 a 0 Corinthians. O Flamengo também tinha chances mas não aproveitava.

A história do jogo mudou no segundo tempo. Logo aos 3 minutos, Trindade diminuiu para os cariocas de cabeça, após cobrança de escanteio. 2 a 1, Corinthians ainda na frente, mas por pouco tempo. Aos 8, Trindade roubou a bola no campo de defesa e tocou para Cafu, que puxou contra-ataque em velocidade, atravessou o campo todo e deu um passe de camisa 10, de maestro para Matheus Sávio, que invadiu a área pela direita e emendou um chute cruzado para empatar a partida. 2 a 2.

Insatisfeitos com o empate e querendo evitar as penalidades, os técnicos Osmar Loss e Zé Ricardo começaram a mexer na equipe, sem resultado. O jogo terminou no empate. PÊNALTIS.

O Timão começou cobrando. Maycon e Guilherme fizeram para os paulista e Thiago e Ronaldo para os cariocas. Duas cobranças convertidas pra cada lado. Dawhan fez, colocando os corintianos na frente e em seguida, Filipe pegou o terceiro pênalti flamenguista, de Kleber. 3×2 para os paulistas. Matheus Pereira poderia abrir 4 a 2, e colocar a mão na taça. Mas, o camisa 10 ousou demais e deu uma cavadinha mal executada e mandou por cima do travessão do goleiro Thiago. Paquetá converteu igualando o placar de 3 a 3. Aí então começou a brilhar a estrela de Thiago. O goleiro flamenguista pegou a cobrança de Gabriel Vasconcelos. E ele mesmo bateria o último pênalti, podendo se consagrar herói, mas bateu no lado direito onde pulou o arqueiro corintiano, mantendo o “timãozinho” na disputa.

Então começou a série das alternadas.

Thiago pegou a cobrança de Claudinho, trazendo a vantagem para os cariocas.
Patrick bateu no lado oposto de onde pulou Filipe e marcou, 4 a 3 mengão. FLAMENGO CAMPEÃO. TRICAMPEÃO.

FICHA TÉCNICA

CORINTHIANS 2 (3) X (4) 2 FLAMENGO
Torneio: Copa São Paulo de Futebol Juniores
Local: estádio Pacaembu, São Paulo-SP
Dia: 25 de janeiro de 2016, às 10h
Árbitro: Rafael Gomes Felix da Silva
Assistentes: Daniel Ziolli e Danilo Ricardo Simon
Gols: Gabriel Vasconcelos, aos 19min da 1ª etapa, Matheus Pereira, 26min da 1ª etapa; Trindade, 3 min do 2º tempo, Matheus Sávio, aos 8min da 2ª etapa

ESCALAÇÕES

CORINTHIANS

Filipe; Léo Príncipe, Del´Amore, Dawhan e Guilherme Romao; Warian (Matheus Vargas), Maycon, Matheus Pereira; Léo Jabá (Claudinho), Gustavo Tocantins (Pedrinho) e Gabriel Vasconcelos

Técnico: Osmar Loss

FLAMENGO

Thiago; Thiago Ennes, Dener (Michael), Léo Duarte e Arthur Bonaldo; Ronaldo, Trindade, Matheus Sávio (Kleber), Paquetá e Cafu (Patrick); Felipe Vizeu

Técnico: Zé Ricardo

Eric Filardi

Sobre Eric Filardi

Eric Filardi já escreveu 1233 posts nesse site..

Quando pequeno quis ser jogador. O sonho de criança passou. Uma vida nova se anseia. Bem-vindo ao melhor site de futebol. Bem-vindo ao Futebol na Veia. Sou Eric Filardi, paulistano de 27 anos, jornalista pós-graduado em Jornalismo Esportivo e apaixonado por futebol. Como todo jornalista amo escrever. Como todo brasileiro amo futebol. Tenho meu clube e minhas preferências, mas viso o profissionalismo e a imparcialidade, sem deixar de lado a criatividade. Sou Tricolor, Peixe, Palestra e Timão. Sou da Colina, Glorioso, Flu e Mengão. Sou brasileiro, hermano, francês e italiano. Sou Ghiggia, Paolo Rossi, Caniggia e Zidane. Sou Alemanha dos 7 x 1, mas que o povo não se engane. Também sou Ronaldo, Romário, Zico, Garrincha e Pelé. Sou Bundesliga, MLS, Eredivisie e Premier. Sou das várzeas e dos terrões. Sou Clássico das Multidões. Sou Sul, Nordeste, Amazônia e Pantanal. Sou Galo, Raposa, Bavi e Grenal. Sou Ásia e África. Sou Barça e Real. Sou as Américas, a Europa, sou o mundo em geral. Sou a festa nas arquibancadas, que o estádio incendeia: sou Futebol na Veia.

BetWarrior


Poliesportiva


Eric Filardi
Eric Filardi
Quando pequeno quis ser jogador. O sonho de criança passou. Uma vida nova se anseia. Bem-vindo ao melhor site de futebol. Bem-vindo ao Futebol na Veia. Sou Eric Filardi, paulistano de 27 anos, jornalista pós-graduado em Jornalismo Esportivo e apaixonado por futebol. Como todo jornalista amo escrever. Como todo brasileiro amo futebol. Tenho meu clube e minhas preferências, mas viso o profissionalismo e a imparcialidade, sem deixar de lado a criatividade. Sou Tricolor, Peixe, Palestra e Timão. Sou da Colina, Glorioso, Flu e Mengão. Sou brasileiro, hermano, francês e italiano. Sou Ghiggia, Paolo Rossi, Caniggia e Zidane. Sou Alemanha dos 7 x 1, mas que o povo não se engane. Também sou Ronaldo, Romário, Zico, Garrincha e Pelé. Sou Bundesliga, MLS, Eredivisie e Premier. Sou das várzeas e dos terrões. Sou Clássico das Multidões. Sou Sul, Nordeste, Amazônia e Pantanal. Sou Galo, Raposa, Bavi e Grenal. Sou Ásia e África. Sou Barça e Real. Sou as Américas, a Europa, sou o mundo em geral. Sou a festa nas arquibancadas, que o estádio incendeia: sou Futebol na Veia.
http://www.ericfilardi.com.br

Artigos Relacionados

Topo