Lecce e agora

Nesta segunda-feira (25), Lecce e Cagliari se enfrentaram, após o adiamento no último domingo (24), em jogo válido pela 13ª rodada da Série A TIM. Assim, em partida movimentada, o Rossoblu saiu na frente com dois gols através de João Pedro e Nainggolan. No entanto, na etapa final, Giallorossi reagiu e foi buscar o empate nos minutos finais por intermédio de Lapadula e Calderoni. Sendo assim, pelas circunstâncias do duelo, o resultado foi pior para os visitantes que desperdiçaram chance de se consolidar no G4. Enquanto que os mandantes seguem com chances de entrar na zona do descenso.

1º TEMPO

A partida começou com o Lecce melhores em campo e buscando o gol. Assim, após escanteio, Jacopo Petriccione pegou a sobra na área e da intermediária testou o goleiro Olsen. Em seguida, em jogada semelhante, Panagiotis arriscou de fora da área, mas mandou para fora. Aos 18′, o Cagliari levou perigo. João Pedro deu passe para Radja Nainggolan que arrematou de longe. Na sequência, Petriccione alçou bola na área e Lapadula cabeceou em direção ao gol, mas não encontrou as redes.

No minuto seguinte, La Mantia colocou a mão na bola e cometeu pênalti para o Cagliari. Após revisão do VAR, o brasileiro João Pedro bateu no canto direito de Gabriel para abrir o placar. Mesmo com a desvantagem, o Lecce não se abateu e se mandou ao ataque. Assim, aos 33′, Giallorossi fez uma blitz na defesa visitante. La Mantia encontrou Calderoni que finalizou, do lado esquerdo, para fora. Em seguida, foi a vez do camisa 19 receber passe de Lapadula e, de fora da área, experimentar o chute, Olsen defendeu. Já nos acréscimos, os visitantes buscaram ampliar com Simeone, de cabeça, mas sem êxito.

2º TEMPO

A partida recomeçou no mesmo ritmo com o Lecce melhor e mais atuante no campo de ataque. Assim, de cabeça e da pequena área, Lapadula levou perigo ao gol visitante. Sendo assim, a resposta veio em dois chutes do Cagliari. Lykogiannis arriscou de fora da área, na sobra, Nández arrematou para fora. Os mandantes voltaram ao ataque através de Tachtsidis e Tabanelli, que mandaram de longe. No entanto, a rede voltou a balançar aos 21′. Logo, o belga Nainggolan experimentou da intermediária e ampliou o placar para os visitantes. Dessa forma, seguiram buscando o terceiro, mas Marko Rog desperdiçou arremate.

Com a derrota, o Lecce foi para frente. Assim, em dois minutos, finalizou quatro vezes por intermédio de La Mantia, duas vezes e Tabanelli. Aos 35′, Cacciatore colocou mão na bola para evitar o gol de Diego Farias e foi expulso. Sendo assim, Lapadula converteu no canto esquerdo e diminuiu. Na sequência, o autor do gol e Olsen se desentenderam e foram expulsos. Na reta final, só deu Lecce. Precisando da vitória, Tabanelli, da pequena área, quase empatou. Aos 45′, Tachtsidis encontrou Calderoni na área e bateu para decretar o empate em Via del Mare. Nos acréscimos, Lecce buscou o gol da vitória, mas o placar não mudou.

E AGORA?

Sendo assim, com o empate, o Cagliari deixou escapar uma boa chance de se firmar no G4 da Champions League. Agora, o Rossoblu segue na 4ª posição com 25 pontos. Enquanto que o Lecce caiu para a 17ª colocação com 11 pontos e pode entrar no Z3, caso o Genoa vença no complemento da rodada. Na próxima rodada, Giallorossi visita a Fiorentina, no sábado (30), às 16h45 (horário de Brasília). Já Casteddu recebe a Sampdoria, na segunda-feira (2/12), às 16h45 (horário de Brasília).

MELHORES MOMENTOS

Foto Destaque: Reprodução / Getty Images / Sport Virgilio

Ricardo do Amaral
"Alvíssaras! Sou Ricardo Accioly Filho, pernambucano de 29 anos, advogado e estudante de jornalismo pela Uninassau. Tenho como mote que “no futebol, nunca serão apenas 11 contra 11”; é arte, é espetáculo, humanismo, tem poder de mover multidões e permitir ascensões sociais. Como paixão nacional do brasileiro, o futebol me acompanha desde cedo, entretanto como nunca tive habilidade para praticá-lo, busquei associar duas vertentes de minha vida: o prazer pela leitura e o esporte bretão. Foi nesse diapasão que encontrei no jornalismo esportivo o elo de ligação que me leva a difundir e informar o que, nas palavras de Steven Spielberg, é o “mais belo espetáculo de imagens que já vi”."

Artigos Relacionados