O Bahia enfrentou o Fluminense neste domingo (26) pela rodada do Campeonato Brasileiro da Série A às 19h (horário de Brasília) na Arena Fonte Nova, em Salvador. O jogo foi extremamente movimentado e marcado por polêmicas, erros individuais e intervenção do VAR. Roger Machado completou a 6ª vitória em seis jogos disputados como mandante no comando do Tricolor de Aço. O jogo teve pênalti marcado pelo árbitro de vídeo. O goleiro do Flu recebeu o 2º amarelo e foi expulso.

1º TEMPO

Muitos erros individuais marcaram a construção do placar na etapa inicial. Aos cinco minutos o volante do Fluminense Yuri Lima já recebeu cartão amarelo por falta dura em Artur, que também levou cartão após reclamação. O Bahia abriu o marcador aos 15′, após uma falha na cabeçada do lateral Caio Henrique: a bola sobrou nos pés do atacante Gilberto que disparou em velocidade e encontrou o atacante Artur na entrada da área, que chutou rasteiro na saída do goleiro Agenor colocando o time de Salvador na frente. O Fluminense empatou praticamente no lance seguinte: o atacante Pedro bateu com muita categoria e converteu o pênalti sofrido por Yony González.

O time mandante fazia pressão, o que deu resultado: aos 29′ o goleiro Agenor saindo em jogada com os pés, acabou sendo desarmado pelo atacante Gilberto que só teve o trabalho de empurrar para o gol e colocar o Bahia novamente na frente. Aos 32′ o Fluzão quase voltou a deixar tudo igual: o atacante Yony dominou na entrada da área, limpou a marcação e soltou a bomba. Mas a bola passou perto do travessão do goleiro Douglas Friedrich.

https://twitter.com/ECBahia/status/1132828194258804737?s=19

2º TEMPO

O lance que definiu o jogo veio com muita polêmica e ajuda do VAR. Aos 15′ teve pênalti para os donos da casa marcado pelo árbitro de vídeo: Gilberto bateu, Agenor defendeu e o árbitro mandou voltar já que o goleiro do Flu se adiantou. Ele ainda acabou sendo expulso no lance devido a reclamação. Rodolfo entrou em seu lugar, mas não conseguiu evitar que o atacante Gilberto balançasse as redes em sua 2ª tentativa aos 23′. Com um jogador a menos o time visitante ainda pressionou. Aos 24′ o meia Ganso levou cartão amarelo, e aos 33′ o lateral Moisés do Bahia também levou devido à falta em João Pedro.

Aliás, todas as atenções do torcedor do Fluminense se encontravam no jovem de 17 anos que entrou pela 1ª vez como titular na equipe de Fernando Diniz. Apesar de não repetir a mesma atuação dos últimos jogos, mais uma vez ele deixou sua marca: diminuiu o placar aos 34′. Já são oito gols em 11 jogos como profissional. O árbitro ainda distribuiu mais um cartão para o zagueiro Nino do Flu, o que não mudou muito a cara do jogo.

E AGORA?

A vitória levou o Bahia a 10 pontos e à posição no campeonato. O Tricolor de Aço volta a campo na próxima quarta-feira (29) às 21h30 (horário de Brasília) para enfrentar o São Paulo pela Copa do Brasil, novamente na Fonte Nova. No primeiro jogo os . No mesmo dia e horário o Fluminense visita o Atlético Nacional da Colômbia, em Medellín pela Sul-Americana. No jogo de ida vitória dos cariocas por 4 x 1. Com a derrota o Flu permanece com seis pontos e cai para a 15ª colocação na tabela.

MELHORES MOMENTOS

 

 

 

Rhaíssa Oliveira
Rhaíssa de Oliveira Cortes, mineira de 30 anos, jornalista em formação e apaixonada por esportes, sobretudo amante do futebol. Resolvi fazer da minha paixão pelo esporte a minha profissão. Ouço muito que arquibancada e futebol não são coisas de mulher, e é por isso que vou descer da arquibancada e cobrir os jogos de dentro do campo!

Artigos Relacionados