Com data definida para início, LPF apresenta novidades no novo modelo do Campeonato Argentino

Nessa terça-feira (29), a LPF (Liga Profesional de Fútbol), entidade organizadora do Campeonato Argentino, divulgou a tabela da próxima edição da competição. Assim, os 26 clubes da primeira divisão já sabem quais adversários vão enfrentar na primeira rodada do torneio.

Na semana passada, a instituição já tinha apresentado o novo modelo do campeonato. Ao contrário da Copa LPF, torneio disputado recentemente, o atual certame será por pontos corridos do início ao fim. Nesse sentido, todas as equipes se enfrentarão uma vez ao longo de 25 rodadas. Logo, quem somar mais pontos será o campeão da competição.

LIGA LPF E SUAS NOVIDADES

A saber, o campeonato receberá o nome de Liga LPF e voltará a usar o sistema de promédios, esquema de rebaixamento que soma os pontos das três últimas edições. Dessa forma, não haverá descenso ou promoção ao fim das 25 jornadas. Somente o campeão do torneio tem vaga garantida para Copa Libertadores de 2022.

A princípio, a 1ª rodada está prevista para acontecer no dia 16/07, na terceira sexta-feira do mês, enquanto a data para o término do certame está marcada para o dia 12 de dezembro.

No entanto, a principal novidade do campeonato é a introdução do árbitro de vídeo. Apesar de não estar presente na rodada de abertura, a tecnologia está confirmada para auxiliar os juízes em campo até o final da temporada. Deste modo, a central de operação do VAR estará localizada em um prédio na cidade de Ezeiza, e contará com oito salas para monitoração das partidas.

TROFÉU DOS CAMPEÕES

Outra novidade é o Troféu dos Campeões que colocará frente a frente o campeão da Liga e o Colón, vencedor da Copa LPF. Assim, a decisão está prevista para acontecer no dia 17 de dezembro. Contudo, caso os Sabaleros também vençam este Campeonato Argentino, eles enfrentariam o ganhador de Racing x o 2º colocado da Liga.

Foto Destaque: Reprodução/LPF

 

 

Enzo Gabriel
Sou o Enzo, sou de Brasília e tenho 20 anos. Completamente apaixonado por futebol e totalmente focado em virar um grande jornalista esportivo. Por enquanto faço sociologia na Universidade de Brasília