Com cláusula para sair de graça, meia brasileiro quer voltar de Portugal

Em suma, desde 2018 em Portugal, o meio-campista brasileiro Jonatan Lucca, 27 anos, atualmente no Farense, quer voltar para o Brasil. Assim, apesar do encerramento da janela de transferências da Europa, o jogador pode rescindir seu contrato com o seu clube atual e ficar livre no mercado, o que possibilitaria ainda ser inscrito por qualquer time brasileiro. Aliás, é que em seu contrato, o meia tem uma cláusula que o deixaria livre caso o time de Faro fosse rebaixado da primeira divisão portuguesa. Dessa maneira, foi o que aconteceu na temporada passada.

Um destino possível em seu país natal é o Ceará. O jogador já recebeu sondagens do Vozão em outras oportunidades, mas as negociações não avançaram porque Jonatan Lucca tinha contrato vigente e as negociações não avançaram. No Vozão, o meia tem um admirador em especial. O executivo de futebol Jorge Macedo era diretor do Internacional quando o meia surgiu e acabou vendido para a Roma, em 2012.

Apesar da má campanha do Farense na temporada passada, Lucca se destacou junto com o escocês Ryan Gauld, que foi para a MLS. O brasileiro recebeu propostas de outros clubes da primeira divisão de Portugal, mas o desejo de voltar ao Brasil motivou as recusas.

Na temporada 2020/2021 foram 25 jogos, com duas assistências e um gol, esse contra o Benfica de Jorge Jesus. A nota final do meia brasileiro pelo site Sofascore foi de 7. O seu valor de mercado é de 700 mil euros. Lucca chegou a Portugal em 2018, no Belenense, também na Primeira Liga. Pela equipe de Lisboa foram 40 jogos, quatro gols e três assistências em uma temporada e meia. Além do Inter, clube que o revelou, Lucca também passou pelo Athletico-PR.

Foto Destaque: Divulgação / Farense

Redação FNV