UEFA

Nesta quinta-feira (1), a UEFA fez seu evento anual de premiação dos melhores da temporada. Conforme esperado, o grande destaque ficou para o Bayern de Munique, do atacante Lewandowski. Campeão da Champions League 2019-20, o clube alemão garantiu cinco prêmios. Logo atrás ficou o Lyon, que conquistou a Liga dos Campeões Feminina, com quatro premiações. O Wolfsburg, vice-campeão da Liga dos Campeões feminina, venceu duas categorias, enquanto o Manchester City, com um atleta, fechou a lista de premiações.

Melhor jogador da temporada – Robert Lewandowski

O atacante polonês foi eleito o melhor jogador do ano. Um dos principais nomes do título do Bayern de Munique, Lewandowski venceu a premiação com sobras. Afinal, com 477 pontos, ele levou grande vantagem em relação a De Bruyne e Neuer, 2º e 3º colocados.  Inegavelmente, o atacante foi um dos destaques do time, mas a campanha do clube inclusive fez com o que a equipe dominasse a categoria. Afinal, além dos dois jogadores já citados, a equipe teve mais três jogadores entre os 10 melhores:

  • Robert Lewandowski (Bayern) – 477 pontos
  • Kevin de Bruyne (Manchester City) – 90 pontos
  • Manuel Neuer (Bayern) – 66 pontos
  • Lionel Messi (Barcelona) e Neymar (PSG) – 53 pontos
  • Thomas Müller (Bayern) – 41 pontos
  • Kylian Mbappé (PSG) – 39 pontos
  • Thiago Alcântara (Bayern) – 27 pontos
  • Joshua Kimmich (Bayern) – 26 pontos
  • Cristiano Ronaldo (Juventus) – 25 pontos

https://twitter.com/ChampionsLeague/status/1311705789116153857

Melhor jogadora da temporada – Pernille Harder

A atacante de 27 anos, vice-campeã da Champions League Feminina pelo Wolfsburg, Harder superou duas jogadoras do campeão Lyon. Wendie Renard ficou no 2º lugar, enquanto Lucy Bronze foi eleita a 3ª melhor. E, dessa forma, ela conseguiu um feito inédito, sendo a primeira atleta a conquistar o prêmio pela segunda vez.  Apesar de não garantir o títuloa melhor jogadora da competição, o Les Gones tiveram um domínio entre as 10 melhores do ano, com sete atletas no total:

  • Pernille Harder (Wolfsburg) – 92 pontos
  • Wendie Renard (Lyon) – 81 pontos
  • Lucy Bronze (Lyon) – 28 pontos
  • Vivianne Miedema (Arsenal) – 26 pontos
  • Delphine Cascarino (Lyon) – 24 pontos
  • Eugénie Le Sommer (Lyon) – 13 pontos
  • Ada Hegerberg e Amel Majri (Lyon) – 11 pontos
  • Marie-Antoinette Katoto (PSG) – 8 pontos
  • Dzsenifer Marozsán (Lyon) – 7 pontos

https://twitter.com/PernilleMHarder/status/1311766612123545601

Confira os demais vencedores por categoria:

MASCULINO

  • Treinador  – Hansi Flick (Bayern de Munique)
  • Goleiro – Manuel Neuer (Bayern de Munique)
  • Defensor – Joshua Kimmich (Bayern de Munique)
  • Meio-campo – Kevin De Bruyne (Manchester City)
  • Atacante – Robert Lewandowski (Bayern de Munique)

FEMININO

  • Treinador – Jean-Luc Vasseur (Lyon)
  • Goleira – Sarah Bouhaddi (Lyon)
  • Defensora – Wendie Renard (Lyon)
  • Meio-campo – Dzsenifer Marozsán (Lyon)
  • Atacante – Pernille Harder (Wolfsburg)

PREMIAÇÕES ESPECIAIS

  • Prêmio “presidente da UEFA” – Didier Drogba

Mais informações dos melhores da UEFA

Conforme já citado, o Bayern teve um amplo domínio nas categorias masculinas. Isso não foi mero acaso, já que a campanha foi impressionante. Da mesma forma que mostrou força para vencer suas partidas, a equipe teve um ataque arrasador. Ainda mais por conta das goleadas surpreendentes, como o 8 x 2 contra o Barcelona. Da mesma forma que o lado coletivo, as premiações deixam clara a qualidade individual do clube. Dentre os melhores da temporada, como mencionado anteriormente, já foi possível notar esse domínio. Mas também houve destaques por setores.

No meio de campo, apesar de De Bruyne ter sido o melhor do setor, Os Bávaros tiveram cinco jogadores no Top-10, ou seja, 50% dos atletas. Na defesa, o domínio também se manteve, afinal, além de Kimmich ter sido eleito o melhor defensor, a equipe teve ainda Davies e Alaba, que ficaram, respectivamente, na 2ª e 3ª posição.

Da mesma forma que no masculino, também houve um grande destaque do Lyon. Mas ao contrário do Bayern, na categoria feminina ocorreu um equilíbrio maior. No meio de campo as jogadoras francesas tiveram vantagem, com cinco atletas na lista das melhores da UEFA. Mas na defesa, a equipe teve três jogadores, mesmo número do Wolfsburg. Da mesma forma, aconteceu um empate no ataque, com três jogadoras de cada equipe.

Resta saber se as duas equipes irão se manter no topo na próxima temporada. No caso da categoria feminina, os torcedores esperam pela 6ª conquista seguida. Mas na categoria masculina fica a dúvida se o Bayern continuará sobrando entre as demais equipes.

Foto destaque: Reprodução/Twitter

Flavio Rodrigues
Sempre admirei a capacidade dos jornalistas em poder informar o público e despertar a reflexão e o senso crítico nas pessoas. Adoro falar e debater sobre esportes e acredito que como formadores de opinião, temos a obrigação de passar fatos aos leitores. Apesar disso, gosto muito de fazer textos opinativos, como análises táticas ou mesmo temas polêmicos, como o retorno do futebol na pandemia. Ao longo da minha carreira já tive experiências com matérias abordando outros esportes além do futebol, entrevistas com atletas, dirigentes e pessoas envolvidas com o esporte (como especialistas em marketing) e cobertura de eventos presencialmente.

Artigos Relacionados