Titular, o goleiro brasileiro Raphael Aflalo ajudou na vitória do Portimonense Sub-23, por 2 x 1, sobre o Vitória de Guimarães, fora de casa. Assim, a partida foi válida pela nona rodada da 2ª fase da Liga Revelação de Portugal. Dessa forma, o confronto aconteceu nesta terça-feira (16) no Estádio Gêmeos Castro. Logo, os gols dos visitantes tiveram a marca do português Chico e de outro brasileiro, Rômulo, enquanto Guedes descontou para os mandantes, já no fim da partida.

Dessa forma, com o resultado, o time do brasileiro chegou aos 19 pontos e ocupa a terceira posição da 2ª Fase da Liga Revelação de Portugal. Assim, oito clubes disputam a competição nacional, em sistema de pontos corridos, em turno e returno. De acordo com o regulamento, os dois primeiros colocados avançam à fase final de outro torneio: a Taça Revelação.

Conseguimos aproveitar as oportunidades criadas. Foi um jogo bom do nosso time. Agora, o foco encontra-se na próxima partida para tentar ganhar novamente para ficarmos perto da classificação à Taça Revelação“, disse Aflalo.

Assim, três pontos atrás do vice-líder da 2ª Fase, que hoje é o Sporting, o Portimonense possui um jogo a menos do que o concorrente direto por uma das vagas à Taça Revelação. Agora, na próxima rodada, a equipe de Aflalo recebe o Acadêmico de Coimbra, no Estádio Dois Irmãos, no sábado (20), às 8h (horário de Brasília). Logo, sobre a próxima partida, o jogador finalizou dizendo: “Precisamos dos três pontos para nos mantermos na briga“.

Foto Destaque: Divulgação / Portimonense

Ricardo do Amaral
Ricardo do Amaral
"Alvíssaras! Sou Ricardo Accioly Filho, pernambucano de 27 anos, advogado e estudante de jornalismo pela Uninassau. Tenho como mote que “no futebol, nunca serão apenas 11 contra 11”; é arte, é espetáculo, humanismo, tem poder de mover multidões e permitir ascensões sociais. Como paixão nacional do brasileiro, o futebol me acompanha desde cedo, entretanto como nunca tive habilidade para praticá-lo, busquei associar duas vertentes de minha vida: o prazer pela leitura e o esporte bretão. Foi nesse diapasão que encontrei no jornalismo esportivo o elo de ligação que me leva a difundir e informar o que, nas palavras de Steven Spielberg, é o “mais belo espetáculo de imagens que já vi”."