O Colônia recebe o Mainz neste domingo (17) no estádio Rhein Energie, em Colônia, às 10h30 (horário de Brasília), pela 26ª rodada da Bundesliga. O Alemão foi o primeiro das grandes ligas da Europa à retomar suas atividades, portanto, para evitar a disseminação do coronavírus, realizará os jogos de portões fechados.

COLÔNIA

O clube têm tido um desempenho mediano na temporada. Apesar de faltar apenas nove rodadas para a conclusão do campeonato, o clube conta com um aproveitamento de 42,70%, possuindo 10 vitórias, 13 derrotas e dois empates.  Desta forma, sua performance resulta em 32 pontos, o que faz com que os goats permaneçam na 10ª posição da tabela.

https://twitter.com/fckoeln/status/1258449064640819201?s=19

MAINZ

Diferente do Colônia, o Mainz possui estatísticas nada boas nessa temporada até a presente rodada. Deste modo, o clube está próximo à zona de rebaixamento, se encontrando na 15ª posição da tabela. Entretanto, sua posição é resultado do baixo aproveitamento que teve até então, que compreende à míseros 34,70%. Dessa forma, o time conta com 15 derrotas, dois empates e apenas oito vitórias, totalizando 26 pontos.

https://www.instagram.com/p/B_9lwLAKMOp/?igshid=vci98oywa749

RETROSPECTO

O último encontro dos clubes rendeu uma vitória de 3 x 1 para o clube mandante, o Mainz, na 9ª rodada da Bundesliga. No entanto, o combate é bem equilibrado, uma vez que das 29 partidas disputadas pelos times – contando com os jogos da DFB Pokal – , houveram 11 vitórias para ambos, e apenas sete empates. Dessa forma, o confronto conta com 38% de vitórias do Colônia e do Mainz e apenas 24% de empates.

APOSTA INDICADA

Apesar do Mainz poder sofrer uma reviravolta em seu desempenho com a retomada dos jogos, o palpite para esta rodada é uma vitória de 2 x 1 para o Colônia. O BetWarrior está pagando 2.02 para a vitória do mandante.

ODDS: 1 (2.02) | x (3.65) | 2 (3.40)

Foto destaque: Divulgação/FNV

Giulia Cavalheiro
Meu nome é Giulia Cavalheiro, tenho 18 anos e sou estudante de Jornalismo - 3° semestre da UFSM. No meio de uma confusão para decidir qual carreira seguiria na vida, juntei a minha paixão por escrever e pelo futebol para escolher qual caminho seguiria. De São Paulo, deixei tudo para trás e me mudei para o Rio Grande do Sul afim de seguir meu sonho no jornalismo.

Artigos Relacionados