Colômbia x Equador

Nessa quinta-feira (14), Colômbia x Equador ficaram no 0 x 0 em confronto válido pela 12ª rodada das Eliminatórias Sul-Americana para a Copa do Mundo 2022. No Estádio Metropolitano de Roberto Meléndez, o duelo foi movimentado com boas oportunidades para ambos os lados. Apesar do empate, ambas as seleções permanecem dentro do grupo de classificação para o mundial.

Assista aos melhores momentos de Colômbia x Equador

1º tempo: Ospina faz defesa importante e salva no início

Primeiramente, a Colômbia ficou com mais controle da posse de bola, porém viu o Equador chegar com maiores finalizações. Assim, ao total, foram três para os mandantes e cinco para os visitantes. Logo aos 3’, os equatorianos tiveram a grande chance do jogo, após escanteio cobrado de Estupiñán e cabeçada de Hincaipe, que forçou Ospina a fazer importante defesa. Portanto, terminou o 1º tempo sem gols no placar e com algumas poucas chegadas que forçaram grandes trabalhos dos goleiros.

2º tempo: gol anulado no fim

Na volta do intervalo as equipes mantiveram as propostas de jogos, mas os donos da casa passaram a finalizar mais. Dessa forma, aos 23’, depois de bate-rebate na área, a bola sobrou sozinha, quando Zapata girou o corpo e bateu forte em direção ao chão. Mas, Domínguez fez a defesa espalmando para fora. Apesar da pressão da Colômbia, a bola não entrava, enquanto o Equador se defendia esperando o adversário.

Mas, aos 53’, Yerry Mina chegou a fazer o único gol do jogo. Após cobrança de lateral, o zagueiro dominou e ganhou dos adversários, batendo firme para o fundo das redes. Porém, a bola tocou na mão do mesmo, sendo que o gol foi anulado. Enfim, o jogo terminou 0 x 0.

COLÔMBIA X EQUADOR – E AGORA?

Antes de tudo, Colômbia e Equador permanecem na zona de classificação para Copa do Mundo, sendo que são 4º e 3º colocados, respectivamente. Assim, com 16 pontos, os colombianos voltam a jogar no dia 11 de novembro contra o Brasil. Por outro lado, com 17 tentos, os equatorianos irão enfrentar a Venezuela na mesma data

Foto destaque: Divulgação/CONMEBOL

Victor Castro