Clausura Rojinegro! Melgar empata e é Campeão!

- Mesmo empatando sua partida diante do San Martin, el dominó consegue o título com o tropeço do Alianza Lima

Neste domingo (25) ocorreram sete jogos, fechando a última rodada do Clausura Peruano. Destaque para o título do Melgar, que mesmo empatando fora de casa diante do San Martin, se sagrou campeão com o tropeço do Alianza Lima, que perdeu para a Binacional jogando fora, nas outras partidas a Cantolao venceu a UTC, o Unión venceu o Sport Boys, o Ayacucho empatou com o Garcilaso, e o Universitário e o Huancayo triunfaram diante do Comerciantes e do Municipal, respectivamente. Confira o que de melhor aconteceu na última rodada:

CLAUSURA PERUANO – 15ª RODADA

Academia Cantolao 2 x 1 UTC

Jogando em casa e com o apoio de sua torcida a Cantolao precisava da vitória, pois ainda sonhava com uma vaga na Copa Sul-Americana 2019, mas quem começou o jogo se impondo e frequentando mais o campo de ataque, foi a UTC, que só não abriu o placar por conta do goleiro e da má pontaria, e como “quem não faz toma”, a Cantolao foi quem abriu o placar, aos 40 minutos, o meia argentino Leandro Martin recebeu dentro da área, ajeitou e chutou para tirar o zero do marcador.

Na segunda etapa, logo aos 11 minutos, o zagueiro colombiano Felipe Cardoza, de cabeça empatou a partida, após cruzamento da esquerda. Mas aos 24 minutos o juiz assinalou penalidade máxima a favor da Cantolao, o centroavante peruano Gianfranco Labarthe foi para a cobrança e não desperdiçou, fazendo o segundo gol dos donos da casa, gol esse que deu números finais ao jogo, dando a vitória para a equipe da casa.

Unión Comercio 4 x 2 Sport Boys

O jogo foi bastante intenso e logo aos três minutos de partida o jovem atacante peruano Matias Succar abriu o placar para o Unión Comercio após pegar rebote do goleiro, que “bateu roupa”. O jovem atacante estava impossível, e aos 22 minutos fez o segundo, após receber passe dentro da área finalizou sem chances para o goleiro. O Sport Boys foi em busca da reação, e aos 34 minutos o meia peruano Josuee Herrera fez bela jogada individual na ponta direita e cortou pro meio pra finalizar e diminuir o placar.

Na segunda etapa a reação do Sport Boys continuou, e aos sete minutos Ray Contreras recebeu lançamento e de cobertura empatou a partida. Más o Unión Comercio, empurrado pela sua torcida, voltou a pressionar o Sport Boys e aos 19 minutos o defensor peruano Eduardo Uribe recolocou o time da casa em vantagem, marcando de cabeça. Já no final da partida, aos 45 minutos, escanteio cobrado da direita e o defensor peruano Jesús Rabanal cabeceou para garantir a vitória e fechar o placar.

Univ. San Martin 1 x 1 Melgar

Foram dois tempos distintos na partida, na primeira etapa o San Martin pressionou e atacou mais, e logo aos 13 minutos o defensor marfinense Koffi Dakoi abriu o placar com um golaço em chute de fora da área que acertou o ângulo do gol adversário. O Time da casa continuou pressionando mas esbarrou no goleiro e na má pontaria.

Na segunda etapa, precisando da vitória para se sagrar campeão sem depender de outros resultados, o Melgar acordou e passou a atacar mais e dominar a partida, mas aos 15 minutos o defensor peruano Paolo Fuentes foi expulso, deixando os Rojinegros com um a menos. O Melgar, mesmo jogando com um a menos, mostrou algo que não lhe faltou em todo o Clausura Peruano, garra e espírito de equipe, e aos 42 minutos, o atacante peruano Joao Villamarín completa cruzamento da direita e deixa tudo igual.

Universitario 2 x 0 Comerciantes Unidos

Primeiro tempo truncado sem muitas chances de gol, em que ficou claro que o Universitário iria se impor mais no jogo, e o Comerciantes iria se defender e tentar explorar os contra-ataques. Os gols da partida só saíram na segunda etapa, aos cinco minutos, pênalti a favor dos donos da casa, o centroavante argentino Germán Denis converteu para abrir o placar. Oito minutos depois, aos 13 minutos, bola alçada na área e o defensor peruano Jersson Vásquez fez o segundo, garantindo a vitória do Universitário e dando números finais ao jogo.

Binacional 3 x 2 Alianza Lima

Jogando fora de casa e precisando da vitória para ter chances de levar o título do Clausura Peruano, o Alianza Lima começou o jogo se impondo, e aos 24 minutos o atacante peruano Janio Posito abriu o placar para os Íntimos. Mas jogando em casa e com o apoio de  sua torcida, a Binacional não deu nem tempo para o adversário comemorar, dois minutos depois o meia peruano Carlos Caraza deixou tudo igual no marcador.

Na segunda etapa a Binacional voltou com o ímpeto renovado e logo aos 10 minutos o atacante paraguaio Víctor Ferreira virou o placar a favor dos donos da casa. Aos 35 minutos o meia peruano Andy Polar ampliou para La Bi, deixando a equipe mais confortável a frente do marcador. Dois minutos depois o defensor peruano Gianmarco Gambetta diminuiu o placar, mas era tarde demais.

Ayacucho FC 1 x 1 Real Garcilaso

Jogo muito igual, em que as equipes se estudam o tempo todo, e ficaram mais preocupados em defender do que atacar, os gols da partida aconteceram ainda na primeira etapa, aos 14 minutos, o defensor peruano Iván Santillán abriu o placar para o Garcilaso. O Ayacucho fez uma boa campanha neste Clausura, e com o apoio de seu torcedor chegou ao empate aos 27 minutos ainda da primeira etapa, com o meia peruano Éver Chávez. No restante da partida ambas as equipes pecaram nas finalizações e quando não erravam o alvo, paravam nos goleiros.

Sport Huancayo 2 x 0 Deportivo Municipal

O Huancayo vinha de uma péssima sequência de maus resultados neste Clausura, e jogando em casa buscou terminar a competição de forma positiva, com um triunfo, e com o apoio de seu torcedor, voltou a vencer. Aos 45 minutos abriu o placar com o meia peruano Waldir Calderon. As duas equipes já não tinham grandes ambições nessa última rodada de competição, e o que prevaleceu na partida foi o fator casa, e aos 30 minutos do segundo tempo o centroavante paraguaio Carlos Neumann ampliou, fechando o placar.

Gregory Anthony

Sobre Gregory Anthony

Gregory Anthony já escreveu 75 posts nesse site..

Me chamo Gregory Anthony, quando terminei o ensino médio minha vontade era de fazer educação física ou fisioterapia e após formado fazer uma pós em fisioterapia esportiva, pois sempre fui apaixonado por esportes e principalmente o futebol, quando pequeno inclusive fiz muitos anos de futsal, e natação também, sendo que na natação não fui federado por ter descolado a cartilagem do joelho. Enfim acabei me formando e Comunicação Social: Publicidade e Propaganda, uma área bastante concorrida em que não consegui ingressar no mercado de trabalho, passei em um concurso público para área da educação e atualmente sou Agente de Organização Escolar. O futebol sempre foi minha paixão, sempre sonhei em viver de futebol de alguma forma, bom dizem por aí que os sonhos são feitos para serem realizados, e enquanto o sonho viver em mim eu vou tentar viver dele!

BetWarrior


Poliesportiva


Gregory Anthony
Gregory Anthony
Me chamo Gregory Anthony, quando terminei o ensino médio minha vontade era de fazer educação física ou fisioterapia e após formado fazer uma pós em fisioterapia esportiva, pois sempre fui apaixonado por esportes e principalmente o futebol, quando pequeno inclusive fiz muitos anos de futsal, e natação também, sendo que na natação não fui federado por ter descolado a cartilagem do joelho. Enfim acabei me formando e Comunicação Social: Publicidade e Propaganda, uma área bastante concorrida em que não consegui ingressar no mercado de trabalho, passei em um concurso público para área da educação e atualmente sou Agente de Organização Escolar. O futebol sempre foi minha paixão, sempre sonhei em viver de futebol de alguma forma, bom dizem por aí que os sonhos são feitos para serem realizados, e enquanto o sonho viver em mim eu vou tentar viver dele!

    Artigos Relacionados

    Topo