City vence Arsenal de novo e 15 pontos separam equipe do título

- No centésimo jogo de Pep Guardiola, a equipe de Manchester repetiu o 3 a 0 da final de domingo
City vence Arsenal de novo e 15 pontos separam equipe do título

“São os últimos passos para sermos campeões”, disse Guardiola. O espanhol sabe que o quinto título da Premier League para os Citizens está muito próximo. A vitória por 3 a 0 sobre o Arsenal em um Wembley com quase 60 mil espectadores aumentam a confiança e a expectativa do torcedor e dos jogadores. Daqui cinco rodadas, Vincent Kompany já poderá erguer o troféu com os companheiros. Detalhe: isso poderá acontecer diante de seu maior rival, Manchester United, vice-líder.

Apesar do placar, os Gunners levaram perigo para a defesa adversária. O problema é que debaixo das traves do Manchester City tinha um Ederson inspiradíssimo. No jogo todo, foram cinco chutes em direção ao gol e cinco boas defesas do brasileiro. Os donos da casa já haviam chegado à área diversas vezes quando Bernardo Silva abriu o placar. Em boa jogada de Sané, o português limpou pra perna esquerda na entrada da área e bateu colocado para tirar Petr Cech do lance.

Foto: reprodução/Twitter

Bem postada, a defesa do líder do campeonato não dava muitos espaços e, por isso, o Arsenal precisava arriscar de fora da área. Granit Xhaka tentou de bem longe em cobrança de falta, mas Ederson caiu bem e cedeu escanteio. Depois, em raro espaço dentro da área, Aaron Ramsey girou bonito para bater forte de direita. Mais uma vez o goleiro adversário fez ótima defesa, encaixando a bola. Daí, tal como o ditado “quem não faz, toma”, o City foi letal.

Sané começou a jogada e encontrou Agüero na entrada da área. O argentino dominou e tocou para David Silva, que veio de traz, invadiu a área e tocou na saída de Cech para fazer o segundo. Cinco minutos depois, um ataque veloz dos visitantes sacramentou aquele que seria o placar final. De Bruyne acionou Kyle Walker na direita, que viu Sané dentro da área. O franco-alemão se antecipou e a bola foi mansa para o fundo das redes.

Foto: reprodução/Twitter

Na segunda etapa, os Gunners tiveram duas boas chances de diminuir – as duas com Aubameyang. A primeira delas foi após o árbitro Andre Marriner ver pênalti de Otamendi em Mkhitaryan, aos oito minutos. O gabonês foi para a cobrança, mas como Ederson estava intransponível, acertou o canto e espalmou a bola para longe. Cinco minutos depois, Ramsey achou o camisa 14 dentro da área em um passe que veio por cima. O atacante posicionou o corpo, esperou o tempo da bola e chutou girando, de primeira, mas mandou à direita da meta. O placar só não ficou maior porque Petr Cech evitou um gol de Agüero, e ficou por isso mesmo. Com a derrota, o Arsenal fica estagnado com 45 pontos na 6ª posição, longe de uma classificação para uma competição europeia.

Contas para o título

Falta muito pouco. São 15 pontos que podem ser conquistados nos próximos cinco jogos e definir o campeão da Premier League. Caso Manchester City e Manchester United conquistem todos os pontos até se encontrarem, na 33ª rodada, o clássico da cidade ganhará contornos de decisão de título – afinal, em caso de vitória do líder, o caneco fica garantido matematicamente, pois os comandados de Pep Guardiola chegariam a 90 pontos e o time os Red Devils alcançam, na melhor das hipóteses, 89 se vencerem todas até o final.

Os próximos desafios dos Citizens pelo campeonato inglês antes de enfrentar o arquirrival são contra o Chelsea (C),  Stoke (F), Brighton (C) e Everton (F).

Guilherme Guidetti

Sobre Guilherme Guidetti

Guilherme Guidetti já escreveu 57 posts nesse site..

Guilherme Guidetti, paulista, nascido em São Caetano do Sul no dia 17 de fevereiro de 1994, mas residente de Santo André desde os primeiros dias de vida. A paixão por futebol vem da família, enquanto o gosto por escrever foi herdado do pai, caminhoneiro. Habilidoso com a canhota – exclusivamente segura a caneta na mão –, realiza diariamente o sonho de ficar perto do esporte através do jornalismo. De apresentador de programa de rádio a assessor de imprensa, sua ainda curta carreira na profissão já foi o suficiente para saber que faz aquilo que mais ama – e o faz com a mesma paixão com que joga bola com os amigos.

BetWarrior


Poliesportiva


Guilherme Guidetti
Guilherme Guidetti
Guilherme Guidetti, paulista, nascido em São Caetano do Sul no dia 17 de fevereiro de 1994, mas residente de Santo André desde os primeiros dias de vida. A paixão por futebol vem da família, enquanto o gosto por escrever foi herdado do pai, caminhoneiro. Habilidoso com a canhota – exclusivamente segura a caneta na mão –, realiza diariamente o sonho de ficar perto do esporte através do jornalismo. De apresentador de programa de rádio a assessor de imprensa, sua ainda curta carreira na profissão já foi o suficiente para saber que faz aquilo que mais ama – e o faz com a mesma paixão com que joga bola com os amigos.

    Artigos Relacionados

    Topo