Chivas vence o América no Clássico Nacional

- Com gol no final, equipe de Guadalajara sai em vantagem nas quartas da Liguilla
Chivas x América (Foto destaque: Divulgação/Chivas)

Nesta quarta-feira (25), pelas quartas de final do Apertura Mexicano 2020, Chivas e América se encontraram no Estádio Akron. O Clássico Nacional da última noite pode ser resumido em chances perdidas pelo lado dos visitantes, pênaltis não marcados a favor do time da casa, e um jogador iluminado vindo do banco. Dessa forma, a vitória por 1 x 0 colocou o Rebãno Sagrado na frente por uma das vagas na semi-final do torneio.

1º TEMPO

No começo, Jesús Sánchez cortou o zagueiro pela direita e cruzou para Angulo. O ponta recebeu e, em seguida, foi segurado pelo defensor do América. Os jogadores pediram pênalti, mas o juiz não deu nada. Logo na sequência,  Córdova e Gio dos Santos fizeram boa jogada, mas o ex-LA Galaxy chutou forte demais. Mais tarde, Escoboza cruzou na área para Henry Martín, que cabeceou e só não foi comemorar por conta de Gudiño.

Isso porque o goleiro do Chivas conseguiu realizar a defesa, mesmo com a bola em seu contrapé. Depois, o time da casa pediu novamente uma penalidade, dessa vez por conta de um toque na mão de Cáceres. No entanto, o árbitro decidiu seguir a partida. Então, após roubar a bola, Cáceres lançou Martín, que saiu cara a cara com o goleiro, mas desperdiçou outra oportunidade.

2º TEMPO

Pouco após o intervalo, Córdova dominou bonito e finalizou no canto de Gudiño, que fez outra boa defesa. Em seguida, as Águilas trocaram alguns passes, resultando em um chute de Gio dos Santos. Porém, o tiro foi no meio do gol. Então, na bola parada, Miguel Ponce cabeceou de bate-pronto e, por pouco, não marcou. A partir daí, Calderón, vindo do banco, começou a dar pesadelos à defesa azulcrema.

Em contrapartida, os visitantes tentaram surpreender quando Richard Sánchez finalizou no canto de Gudiño. Porém, a noite estava destinada a Chicote Calderón. Aos 36′, o lateral, que entrou como meia, pegou a sobra e mandou um petardo na direção do gol. Não havia nada que Ochoa pudesse fazer. Nos acréscimos, Benedetti tentou empatar, mas estava impedido no lance. Assim, a vitória ficou com os Rojiblancos.

CHIVAS X AMÉRICA – E AGORA?

Com a vitória, o Rebaño Sagrado leva uma pequena vantagem para o jogo da volta no Estádio Azteca. A partida ocorre no domingo (29), à 00h06 (horário de Brasília).

MELHORES MOMENTOS – CHIVAS X AMÉRICA

Foto destaque: Divulgação/Chivas

BetWarrior


Poliesportiva


Rafael Sant'Ana
Rafael Sant'Ana
Escolhi o jornalismo porque sou apaixonado por informação e esportes desde sempre. Enquanto estudante, já escrevi textos sobre esportes americanos para alguns sites. Tenho o sonho de exercer a profissão no exterior. Dedicação e interesse por estudar são algumas de minhas marcas.

    Artigos Relacionados

    Topo