Segundo a Gazzetta dello Sport, o Chelsea está preparando uma oferta de 90 milhões de libras por Milinkovic-Savic. O meio-campista da Lazio tem contrato até 2024. No entanto, a mesma fonte indica que as próximas semanas serão decisivas para a negociação entre o clube inglês e o jogador sérvio. Este último deve esperar o fim da Premier League e a confirmação da classificação do Blues para próxima Champions League.

Na ultima semana, o site “Le 10 Sport”, afirmou que o ex-jogador Makelele está ajudando Lampard na negociação com os representantes do atleta. Do mesmo modo, o portal ainda colocou que deve haver um reunião entre os dirigentes do Chelsea e Mateo Kezman, que é a pessoa que cuida dos negócios de Milinkovic-Savic. Ainda assim, o clube de Londres ainda não entrou em contato com a Lazio, o que pode dificultar o processo.

Por outro lado, Savic ainda é sondado por PSG, Real Madrid e Manchester United. Este último chegou muito perto de fechar a contratação do sérvio, contudo, dependia da concretização da suposta negociação entre o clube de Madrid e Pogba, o que não aconteceu. Já para o Chelsea, Milinkovic traria uma forma de jogar diferente de Kai Havertz, que também é colocado como um dos planos do time de Londres

CHELSEA BUSCA MONTAR UM ELENCO PARA SER CAMPEÃO

Nessa mesma janela de transferência, o Chelsea já fechou contrato com Hakim Ziyech, do Ajax, por 33,4 milhões de libras. Além do meio-campista, os Blues concretizaram as negociações com Timo Werner, do Leipzig, por 53 milhões de libras. Por outro lado, o clube de Londres está muito perto de contar com o lateral Ben Chilwell, do Leicester. Mas não descarta as opções de Tagliafico, Alex Telles ou Alaba pela esquerda.

Foto destaque: Divulgação / S.S Lazio

Luiz Felipe Santos
Luiz Felipe Santos
Olá, meu nome é Luiz Felipe, tenho 19 anos de idade, que foram de total amor a tudo que era relacionado a esportes, principalmente o futebol. Atualmente sou estudante de jornalismo pela UFAL. Como todo (ou quase todo) brasileiro, sonhava em ser jogador de futebol, ao ver que isso não seria mais possível, escolhi algo que me colocasse o mais perto possível desse esporte. Hoje meu dever é tratar com ética e responsabilidade as informações que permeiam o mundo dos esportes.

Artigos Relacionados