Afim de melhorar o elenco do Chelsea para a temporada 2020/21, o técnico Frank Lampard fez uma grande lista de dispensa com craques, que seriam titular em muitos clubes europeus. Como se já não bastasse a chegada de Timo Werner e Ziyech, os Blues ainda almejam a chegada de Kai Havertz e Chilwell, e para isso será nescessário um bom investimento, por isso sendo o maior objetivo de dispensar alguns atletas. Então, a seguir veja quais os jogadores que não estão nos planos dos Azuis de Londres.

N'GOLO KANTÉ

Um dos maiores volantes do futebol atual, e campeão de Copa do Mundo, Kanté não faz parte dos planos de Frank Lampard para a próxima temporada. O meia fez apenas 27 jogos nesta temporada, e ocupa um grande parte do salário do clube. Por isso, deve aliviar o caixa para trazer jogadores mais decisivos.

JORGINHO

Brasileiro naturalizado italiano, Jorginho fez 44 jogos no Chelsea na temporada 2019/20, e pelo jeito não agradou muito os olhares do técnico inglês. Durantes esses jogos o meia marcou sete gols e deu duas assistências. O valor de mercado do jogador, de acordo com o Transfermarket é de 52 milhões, e que já ajudaria a trazer Kai Havertz para a equipe londrina.

KEPA

O goleiro espanhol foi bastante criticado por não ter boas atuações com frequência, além de muitas falhas corriqueiras. E por isso, os Azuis de Londres já estão na busca de um novo guarda-redes. Muito se fala de Onana, Ter Stegen e Dean Henderson, que foi destaque no Sheffield, mas ainda não há nada confirmado.

EMERSON PALMIERI

Com apenas 20 jogos na temporada e uma única assistência, o também brasileiro com cidadania italiana, Emerson Palmieri também está na lista de dispensa de Frank Lampard. Com um rendimento não muito bom, e pouco utilizado, ele abre espaço no salário e também rende uma boa grana de venda, aproximadamente 24 milhões de euros.

RUDIGER

O defensor alemão não vem sendo muito utilizado no Chelsea. O zagueiro de 28 anos tem 28 partidas pelo clube e dois gols marcados. No entanto, com a 6ª colocação de jogador mais valioso dos Blues, provavelmente não deverá continuar na equipe, para poder conseguir dinheiro e investir em jogadores mais capacitados.

VICTOR MOSES

Apesar de não ter feito parte do elenco na última temporada, Victor Moses estava emprestado para a Inter de Milão, mas também não fez muito sucessos como os italianos esperavam, e os Nerazurris não devem renovar o empréstimo ou ficar em definitivo com o jogador.

BAKAYOKO

Emprestado para o Mônaco, da França, Bakayoko também não deve continuar no elenco do Chelsea após seu retorno de empréstimo. Por isso, o jogador deve ser negociado e gerando um pouco mais de 25 milhões de euros nos cofres dos Blues.

DRINKWATER

Volante revelado pelo Manchester United e campeão da Premier League com o Leicester, Drinkwater foi muito pouco utilizado pela equipe do Aston Villa nesta temporada. Com apenas seis jogos, o jogador não contribuiu com nenhum gol ou assistência.

ZOUMA

O zagueiro retornou de empréstimo do Everton nesta temporada, e foi bastante utilizado por Frank Lampard, mas não agradou muito o setor defensivo como um todo. São 54 gols sofridos apenas na Premier League, 20 a mais que Liverpool, Manchester City e Manchester United, que terminaram na frente dos Blues na temporada 2019/20.

ANDREAS CHRISTENSEN

No Chelsea desde as categorias de base, Christensen fez 27 jogos nessa temporada e não teve nenhuma participação nos gols da equipe. Por isso, ao voltar de empréstimo na temporada 2016/17, o jogador vem sendo uma opção frequente no elenco, mas sempre pouco participativo.

MICHY BATSHUAY

Com gols em todas as competições nesta temporada, Batshuay está na lista para ser negociável. Isso porquê o atacante não costuma manter o nivel constante e oscila muito. E então, com a chegada de Timo Werner, dificilmente será utilizado na próxima temporada.

O QUE O CHELSEA ESTÁ BUSCANDO PARA PRÓXIMA TEMPORADA?

Para 2020/21, o Chelsea pretende bater de igual para igual com Liverpool e City. Visto que com um elenco mais mediano Frank Lampard conseguiu fazer ‘milagre', com um elenco melhor qualificado os Azuis londrinos tem chance de brigar por alguma competição de maior relevância no cenário nacional.

Foto destaque: reprodução/ Darren Walsh/ Chelsea

Ivan Garcia
Ivan Garcia
Me chamo Ivan Garcia. Tenho 20 anos, sou estudante do 6º semestre de jornalismo na Faculdade Paulus de Tecnologia e comunicação - FAPCOM. Fanático por todos os esportes, o futebol é algo que sempre esteve comigo, e desde criança sonhava em fazer parte do ramo esportivo. Acredito que não existe emoção maior que não seja no esporte, você fica feliz e triste em questão de minutos, e é isso que me faz gostar cada vez mais.

Artigos Relacionados