O Brasileirão chega ao fim de mais uma rodada nesta segunda-feira com um confronto marcado por uma briga direta na parte de baixo da tabela de classificação. Ambas as equipes ainda não conseguiram manter uma boa sequência, apesar das últimas vitórias, e alguns desfalques podem contribuir para que esse jogo seja mais complicado. Chapecoense e Fluminense se encontram na Arena Condá, às 20h.

Chapecoense

O time da casa, hoje, se encontra na 16ª colocação – na boca da zona de rebaixamento – e precisa vencer para espantar de vez o fantasma do Z4. O time vem de duas vitórias importantes na competição, o que ajudou a tirar o time da zona da degola, mas não definitivamente. Perseguido diretamente pelo Vasco, que tem um jogo a menos, o Verdão do Oeste precisa vencer para abrir uma vantagem maior.

O Tricolor das Laranjeiras nunca venceu o Alviverde do Oeste na Arena Condá, e esse é mais um dos motivos pelos quais a Chape vai brigar pela vitória. Para o lateral da equipe, Eduardo, será o reencontro com o clube que o lançou para o futebol, mas o atleta exalta o trabalho da equipe de Guto Ferreira.

Para essa partida, os jogadores Rafael Thyere e Doffo estão suspensos, pelo terceiro amarelo, e não poderão jogar. Já Barreto, o goleiro Jandrei, Márcio Araújo, Douglas, Canteros e Elicarlos estão pendurados.

Liamara Polli/PhotoPremium

Provável escalação:
Jandrei, Eduardo, Douglas (Fabrício Bruno), Nery Bareiro e Bruno Pacheco. Elicarlos, Márcio Araújo e Diego Torres; Victor Andrade, Vinicius e Leandro Pereira.
Técnico: Guto Ferreira

Fluminense

Do outro lado da disputa, o Fluminense, que está na 13ª colocação, uma posição mais confortável que o adversário, também precisa vencer para ficar mais longe da zona de rebaixamento, já que os times da parte de baixo vem em uma constante ascensão. Somando 31 pontos, o Flu vive uma situação de “vida ou morte”, já que se vencer pode se aproximar da parte de cima da tabela, porém, se perder – combinado à uma vitória do Vasco diante do Santos, no jogo retroativo durante o meio da semana – pode chegar perto do Z4.

O Tricolor vem de uma vitória na Sul-americana, diante do Deportivo Conca, no Equador por 1 x 0. Essa partida encerra a sequência de jogos fora de casa. Apesar da vitória e da colocação, o clube carioca ainda está sofrendo com a ausência do atacante Pedro, que em 2018 se revelou como a estrela do time, com seu futebol de camisa 9 raiz. Além de Pedro, o Tricolor das Laranjeiras não poderá contar com Gilberto, Marcos Calazans, Dodi e De Amores. Pendurados estão: Léo, Jadson, Ibañez, Junior Dutra e Airton.

Reginaldo Pimenta / Raw Image

Provável Escalação:

Júlio César; Léo, Gum, Digão, Ayrton Lucas; Richard, Airton, Jadson, Sornoza; Everaldo, Luciano.
Técnico: Marcelo Oliveira

Retrospecto
O domínio deste duelo é amplamente catarinense, já que, dos nove confrontos, a Chape venceu seis vezes. O Flu ainda não conseguiu vencer o adversário na Arena Condá.

Valéria Contado
Eu sou a Val Contado, finalmente jornalista (uhul!), apaixonada por futebol há 24 anos, desde quando meu pai colocou em mim o uniforme do nosso time do coração. Adepta da arte da resenha, falar e respirar futebol é o que eu mais gosto de fazer.

Artigos Relacionados