Na tarde desta quinta-feira (7) o Clausura Uruguaio 2019 chega com a sua 10ª rodada de 15 no total. Assim, Cerro Largo x Wanderers se enfrentam no no Estádio Ubilla de Melo, em Melo, no Uruguai. As equipes encontram-se em situações diferentes no torneio. Enquanto os Arachánes brigam pelo título, os Vagabundos querem uma vaga na Copa Sul-Americana e somente a vitória os aproxima disso.

Cerro Largo

Atualmente na 5ª posição do Clausura com 16 pontos, o time ainda sonha com o caneco. Por outro lado, o foco maior é permanecer na briga pela 1ª posição da tabela geral, que garante vaga direta na final do Campeonato Uruguaio. E esse capítulo não está longe, visto que estão na 3ª posição com 59 pontos, três a menos que o Nacional, líder isolado e do qual venceram na última rodada. Os Arachánes também estão há um ponto do vice-líder Peñarol.

A equipe enfrenta o Wanderers com baixas. Juan Acosta e Washington Aguerre suspensos, e Bruno Teliz lesionado. Rodrigo Bentancur está deve substituir Aguerre. Além do goleiro, Danielo Núñez fará mudanças obrigatórias na zaga e no meio-campo. Nesta terça-feira (5), voltou aos treinamentos Mauro Luna, sendo a última boa notícia do plantel. A incrível média dos Blanquiazules em casa assusta qualquer adversário. São 16 jogos, sendo 12 vitórias, três empates e apenas uma derrota. Além disso, 30 gols marcados (média de 1,88) e apenas nove sofridos (média de 0,56).

Montevideo Wanderers

Ocupando a 11ª posição do Clausura, os visitantes tem a difícil missão de superar os Arachánes em sua fortaleza. Tendo apenas duas vitórias no atual torneio, a equipe também conta com saldo zero, tendo feito e sofrido 12 gols. Nos 16 jogos que fizeram fora de casa, venceram apenas três no ano, além de seis empates e sete derrotas. Marcaram 25 gols (média de 1,56), mas sofreram 33 (média de 2,06).

Na tabela anual lutam pela vaga na Copa Sul-Americana, tendo 36 pontos e estando a cinco do primeiro time dentro da zona de classificação, que é o Defensor Sporting. A equipe vem de empate com o Liverpool fora de casa, o que pode ser considerado um bom resultado. Damián Macaluso, com cortes e sangramentos no rosto no jogo contra o Liverpool, estará em campo na quinta-feira. Federico Andueza é a única ausência devido a lesão. O técnico Alfredo Arias não pensa em mudanças. Diego Riolfo está à disposição.

https://twitter.com/mwfc_oficial/status/1191476317172187136?s=20

Retrospecto

De acordo com o site ogol, Cerro Largo x Wanderers já se enfrentaram 12 vezes, sendo duas vitórias arachánes, sete bohemias e outros três empates. Porém, os mandantes desta quinta ficaram quatro anos na 2ª divisão. Dessa forma, voltaram a se enfrentar em 2019, quando empataram sem gols no Apertura e o Cerro Largo venceu fora de casa por 2 x 1 no Intermedio.

Aposta indicada

Analisando a fase dos dois times, é óbvio um favoritismo do Cerro Largo no duelo. Além de jogar em casa, tem um time que raramente perde em seus domínios e não se expõe aos riscos. Assim, a aposta indicada é uma vitória local com Handicap (0:1). Portanto, o time visitante começa vencendo – de forma fictícia – por 1 x 0 e os mandantes tem de virar, pagando 2,90 nessa aposta.

Odds: 1 (1.72) | x (3.60) | 2 (4.50)

Eric Filardi
Quando pequeno quis ser jogador. O sonho de criança passou. Uma vida nova se anseia. Bem-vindo ao melhor site de futebol. Bem-vindo ao Futebol na Veia. Sou Eric Filardi, paulistano de 27 anos, criado em Taboão da Serra, jornalista pós-graduado em Jornalismo Esportivo e apaixonado por futebol. Como todo jornalista amo escrever. Como todo brasileiro amo futebol. Tenho meu clube e minhas preferências, mas viso o profissionalismo e a imparcialidade, sem deixar de lado a criatividade. Sou Tricolor, Peixe, Palestra e Timão. Sou da Colina, Glorioso, Flu e Mengão. Sou brasileiro, hermano, francês e italiano. Sou Ghiggia, Paolo Rossi, Caniggia e Zidane. Sou Alemanha dos 7 x 1, mas que o povo não se engane. Também sou Ronaldo, Romário, Zico, Garrincha e Pelé. Sou Bundesliga, MLS, Eredivisie e Premier. Sou das várzeas e dos terrões. Sou Clássico das Multidões. Sou Sul, Nordeste, Amazônia e Pantanal. Sou Galo, Raposa, Bavi e Grenal. Sou Ásia e África. Sou Barça e Real. Sou as Américas, a Europa, sou o mundo em geral. Sou a festa nas arquibancadas que o estádio incendeia: sou Futebol na Veia.
https://bit.ly/EricFilardi

Artigos Relacionados