O Ceará estreou nesta segunda-feira (1) no Campeonato Cearense Feminino 2020, que foi adiado por conta da pandemia de Covid-19. Assim, estreou no CT Cidade Vozão, contra o Menina Olímpica. O time alvinegro venceu o confronto válido pela 1ª rodada da competição, por uma goleada de 9 x 0.

1º TEMPO

Desde o início da partida, o domínio foi todo do Vozão que conseguiu marcar três gols de vantagem. Começou aos 28 minutos, quando Michele marcou de pênalti.

Já aos 32′, a meia Ju Moraes aproveitou uma cobrança de falta e mandou de cabeça para o fundo da rede.  Rhay aproveitou que estava sozinha na pequena área e chutou forte não deixando chances para a goleira.

2º TEMPO

Nos últimos 45 minutos restantes, as Meninas do Vozão não queriam saber de segurar o placar e aproveitaram que estavam dominando as quatro linhas. O primeiro gol da segunda etapa e 4º do jogo, foi com Ju Moraes que recebeu na pequena área e mandou de primeira. Conforme os minutos corriam e as Alvinegras só atacavam, logo saiu o 5º gol quando Rhay aproveitou um cruzamento e marcou.

No entanto, não demoraria muito para a rede voltaria balançar e aos 19′, Mari Machado, que mandou de qualquer jeito e fez a bola entrar. Em seguida, Rhay marcou de cabeça e por fim, a camisa 20, Tefa, marcou duas vezes antes de a partida encerrar.

PRÓXIMO COMPROMISSO DO CEARÁ

O próximo compromisso será válido pela 2ª rodada do estadual é contra seu principal rival, o Fortaleza,e o clima vai esquentar como em todo Clássico-Rei. Ao passo que o Alvinegro que está em 1º, busca manter rumo ao tri, o Tricolor que está em 2º fará de tudo para derrotar o rival.

O jogo, será no próximo sábado (6), no Centro de Treinamento Ribamar Bezerra, casa do adversário, às 15h30 (horário de Brasília). E, além disso, este será o primeiro clássico do ano para o feminino. A transmissão será feita pela Federação Cearense de Futebol, através do seu canal oficial.

Foto destaque: Divulgação/ Stephan Eilert/CearaSC.com

Larissa Lisboa
O esporte sempre foi muito presente na minha vida, assim como a leitura e a escrita. Ser mulher no meio esportivo não é uma tarefa fácil. Por isso, um dos meus grandes objetivos é mostrar que entendo de esporte tanto quanto eles. Com a Educação Física, ganho muito conhecimento dos esporte em si, e com o jornalismo tenho a liberdade e a oportunidade de ser porta-voz do nosso esporte e, principalmente, dos nossos atletas. Sou uma pessoa centrada, perfeccionista e que sempre doa o máximo em cada projeto. Também sou um pouco sonhadora, mas sempre com um pé no chão. Sou amante das artes, cultura geek e um bom livro acompanhado de um cafezinho. Meu objetivo é nunca deixar de evoluir. Diante disso, já fui parte da equipe dos Torcedores, onde dei meus primeiros passos no jornalismo esportivo. Atualmente faço parte do time de colunistas do Rainhas do Drible, escrevo sobre atletismo na Rádio Poliesportiva e me junto ao Futebol na Veia, com o objetivo de somar a equipe e dar maior visibilidade ao Futebol Feminino, sendo setorista do Ceará.