Maradona nunca jogou a Libertadores, mas seus irmãos sim

- Diego Maradona nunca jogou a Libertadores, mas seus irmãos representaram a família

Maradona em uma partida com seus irmãos

O torneio mais importante da América do Sul é a Libertadores. A Argentina é o país mais vitorioso na competição, mas nunca teve Diego Maradona disputando nenhuma partida. Assim, a coluna Catimbando trás a história dos irmãos do craque argentino que jogaram o campeonato e ele não. Deste modo, foi

O único jogo de Maradona em torneios de clubes da Conmebol

- Está completando 23 anos: a derrota para o Colo-Colo, por 2 x 1 pela Supercopa Libertadores

Maradona

No dia 25 de setembro de 1997, no Estádio David Arellano, o Boca Juniors foi ao Chile enfrentar o Colo-Colo, em uma partida válida pela fase de grupos da Supercopa Libertadores. O destino fez com que Maradona nunca jogasse uma Taça Libertadores da América e, por conta de suas lesões

Huracán 1973: um verdadeiro campeão argentino

- Há 47 anos, o Huracán conquistava o Metropolitano de 1973 e entrava para a história do futebol argentino

Escalação principal do Huracán campeão Metropolitano em 1973 (Foto destaque: Reprodução/Huracan).

Nesta semana, a Coluna Catimbando irá relatar a conquista do Huracán em 1973, a equipe encerrou um jejum de quase meio século. Assim, sob o comando de César Luis Menotti, os Quemeros demonstravam um estilo de jogo totalmente oposto ao utilizado pelos argentinos historicamente. Desse modo, foi inevitável o técnico

Boca Juniors, há 43 anos, escrevia o primeiro capítulo de sua história com a Libertadores

- Em 1977, os Xeneizes conquistaram a primeira das taças que, no futuro, seriam sua obsessão

Boca Juniors

Quando se fala em Libertadores, a primeira imagem que vem à cabeça de muitos é uma Bombonera pulsante, com sinalizadores e milhares de torcedores vestidos com uma certa camisa azul e amarela. Porém, como toda boa história tem um início, em 1977, a mística boquense no torneio começou a ser

Blas Giunta, 57 anos: O meia gladiador da argentina

- Conheça a história de He-Man, ídolo do San Lorenzo e Boca Juniors

Foto destaque: Reprodução/Twitter/Punto Boca Radio

A Coluna Catimbando, desta semana, será sobre Blas Armando Giunta, que completa 57 anos neste domingo (6). Certamente, foi um dos volantes marcantes, em sua posição por sua entrega dentro de campo. Ídolo da equipe do San Lorenzo e Boca Juniors, onde faturou títulos importantes. Atuou pelo futebol espanhol na

José Manuel Moreno: melhor jogador argentino da 1ª metade do seculo XX

- Atacante foi um dos melhores jogadores da história da Argentina e está entre o melhores do mundo

Moreno jogando pela Argentina

A Argentina sempre produziu jogadores talentosos como Maradona e Di Stéfano. No entanto, na década de 1930, o país tinha uma geração de ouro e um atacante chamado José Manuel Moreno, que para muitos foi melhor que El Pibe De Oro e estaria no topo junto com Pelé. Deste modo,

Tarasconi – O maior artilheiro sul-americano em uma única edição de Jogos Olímpicos

- Além do feito Olímpico, Alberto Tarasconi ao lado de Diego Maradona, são os únicos a se tornarem artilheiros em cinco edições de Campeonatos Argentinos

Tarasconi

Alberto Tarasconi marcou época no início dos anos 90. Assim, sendo capaz de gravar seu nome na história do futebol argentino, mesmo quando o amadorismo era muito presente. Um atacante mágico e multifuncional, que além de atuar muito bem como centroavante, se arriscava como ponta e até como meia armador

Leandro Romagnoli e a Libertadores do San Lorenzo

- Aniversário do título que consagrou Romagnoli como o maior campeão da equipe

No dia 13 de agosto de 2014 o San Lorenzo venceu o Nacional-PAR na final, que ocorreu no Estádio Nuevo Gasómetro, e dessa forma se consagrou campeão da Taça Libertadores. Assim, Leandro Romagnoli, meio-campista aposentado desde 2018, se tornou o jogador com mais títulos no San Lorenzo. O torneio continental

Estudiantes: 53 anos de uma conquista que mudou a história do futebol argentino

- É no longínquo ano de 1967 que se inicia a ascensão dos Pincharratas no cenário nacional

Estudiantes campeão em 1967

Nesta semana, a Coluna Catimbando conta a história do primeiro título nacional do Estudiantes de La Plata. Mais que isso, a primeira conquista, na era profissional, de uma equipe de fora das cinco consideradas grandes na Argentina. Assim, no dia 6 de agosto de 1967, o Pincha, de forma brilhante,

Há 42 anos, Boca Juniors era campeão mundial pela primeira vez

- Boca Juniors venceu seu primeiro título mundial diante do Borussia Mochengladbach, em 1978

Mastrángelo comemorando um gol do boca juniors

No dia 1º de agosto de 2020, o Boca Juniors comemora 42 anos da conquista do seu primeiro Campeonato Mundial Interclubes (atual Mundial de Clubes). Assim, o clube derrotou o Borussia Monchengladbach na decisão em dois jogos e venceu o vice-campeão da Taça de Clubes Campeões Europeus, já que o