Carlos Kiese (Foto: Wikipédia)

Nesta segunda-feira (1), a coluna Parabéns ao Craque homenageia Carlos Kiese. O jogador nasceu no Paraguai e marcou uma geração vitoriosa entre os anos 75 e 83, com inúmeras conquistas e com uma qualidade técnica que encantou todo o seu país. Contudo, sua passagem pelo Brasil não foi bem vista pelos gremistas.

O Olímpia era um dos principais times na América do Sul no final dos anos 70. Assim, com uma geração vitoriosa e cheia de qualidade, crescia o talento de Carlos Kiese. Como resultado, o atleta era meio-campista e sua genialidade atuante como volante impressionava os gramados latinos.

Kiese tinha elegância, muitos falam de Xabi Alonso e Sérgio Busquets, mas o volante já mostrava o que era uma saída de bola com qualidade. Assim, conduziu o Olímpia a uma hegemonia no Paraguai, com seis títulos em um curto intervalo de tempo, mas não parou por aí.

Além disso, o jogador esteve presente (e bem presente), no título do Olímpia na Libertadores da América e Mundial de clubes de 79. Em suma, jorrava seu charme e elegância com os pés no mesmo ano, mas em nível de seleção. Como resultado, levou a Seleção Paraguaia ao título da Copa América daquele mesmo ano.

CARLOS KIESE E AS PASSAGENS NO BRASIL E ARGENTINA

Seus talentos eram observados por todos os lados da América Latina. Assim, o atleta foi atuar no meio-campo do Grêmio, mas pouco ficou. Contudo, chegou com polpa de popstar, com uma transferência por cerca de Cr$ 30.000.000,00. Como resultado, deu entrevistas alegando saudades de casa, que não conseguia se adaptar e preferiu sair. De lá, foi para o Indepediente-ARG uma das maiores potencias do futebol mundial, mas novamente não se garantiu.

Mas, voltou para Olímpia e continuou a brilhar nos campos paraguaios, de cabeça erguida, passes longos e uma qualidade técnica invejável. Carlos Kiese foi um dos jogadores mais técnicos que o futebol já forneceu, uma pena que essa genialidade parava nas fronteiras de Assunção.

Foto Destaque: Reprodução/Wikipédia

Alexsander Vieira
https://bit.ly/3nAiB4l

Artigos Relacionados