Ronaldo com a camisa do Real Madrid de Capello (Foto: Divulgação/Real Madrid)

Não há como negar que Ronaldo Nazário de Lima, ou melhor, Ronaldo, o Fenômeno, foi um dos maiores jogadores de futebol que o planeta já viu. Além disso, em sua passagem pelo Real Madrid conquistou alguns títulos em uma equipe marcada por serem “Os Galácticos”. Contudo, segundo Fabio Capello, um dos treinadores que passaram pelos Merengues, nem tudo foi bom.

Fabio Capello, um dos grandes treinadores na época, deu entrevista ao canal britânico “Sky Sports”, o italiano revelou algumas situações no vestiário.  Assim, revelou alguns descontentamentos de companheiros do próprio Real Madrid, e além disso, relembrou que o Fenômeno dava muitas festas nas concentrações antes das partidas.

“O maior talento que treinei foi o Ronaldo, o ‘Gordo', para que fique claro. A vez que me deu mais problema, foi no vestiário. Fazia festas, qualquer coisa. Uma vez o Van Nistelrooy me disse: ‘mister, o vestiário está cheirando a álcool”, disse Capello.

Além disso, o treinador enfatizou que Ronaldo foi o melhor talento que ele já teve em toda sua carreira como treinador. Contudo, revelou que o time do Real Madrid começou de fato, a engrenar, após a saída do campeão mundial em 2002 com a Seleção Brasileira.

“Logo quando o Ronaldo se foi (para o Milan, em janeiro de 2007), nós começamos a ganhar, mas, se falarmos de talento, foi o maior, sem dúvidas”, completou.

 

Capello comandou o Real Madrid em 50 partidas e foi vitorioso em 28 oportunidades. Logo depois, acabou sendo demitido e foi trocado pelo alemão Bernd Schuster.

Foto Destaque: Divulgação/Real Madrid

Alexsander Vieira
https://bit.ly/3nAiB4l

Artigos Relacionados