Campeonatos ingleses poderão ter jogos com duração mais curta

A fim de tentar terminar a temporada do futebol na Terra da Rainha ainda em 2020, os campeonatos ingleses deverão ter uma duração mais curta. O diretor executivo da PFA (Professional Footballers' Association), Gordon Taylor, admitiu que existe a possibilidade de cada tempo das partidas serem realizadas em menos de 45 minutos. O dirigente deu entrevista à rádio “BBC Radio 4″ contando um pouco sobre algumas resoluções pouco usuais para tentar prosseguir com o futebol em meio a pandemia do novo Coronavírus (Covid-19).

Além disso, o dirigente ainda afirmou que outras soluções estão sendo estudadas. Como por exemplo, o aumento no número de substituições e a realização de partidas em campos neutros. Tudo isso para tentar retornar o futebol na Inglaterra ainda este ano. Entretanto, Taylor ainda afirma que mais importante do que retomar a temporada é manter a saúde e a integridade física dos atletas.

FA deseja manter a integridade dos campeonatos ingleses

Segundo a entidade máxima do futebol inglês, a ideia inicial era manter a integridade dos campeonatos. Ou seja, manter os jogos dentro e fora de casa entre os clubes e ter o mesmo elenco de jogadores que antes da paralisação. Entretanto, a manutenção da integridade dos atletas e comissões técnicas é o principal mote para o retorno da temporada futebolística na Inglaterra.

Atualmente o Liverpool é o líder da Premier League com 82 pontos ganhos, 25 a frente do segundo colocado, que é o Manchester City. O Campeonato Inglês da primeira divisão está paralisado desde o dia 9 de março. Regularmente, os dirigentes da FA (Football Association), entidade máxima do futebol na Inglaterra,  e dos clubes vêm se reunindo para discutir as condições de um possível retorno.

Outra solução estudada, foi a de não haver rebaixamento na primeira divisão. Entretanto o presidente da Liga Inglesa de Futebol (EFL), Rick Parry, já se posicionou contra a medida. Segundo o mandatário, haveria um certo grau de indignação por parte da maioria dos clubes, violando o acordo tripartido entre as agremiações e as entidades que defendem os interesses dos campeonatos ingleses.

Foto Destaque: Getty Images

Avatar
Lucas Vinícius Souza
Meu nome é Lucas Vinicius de Souza. Tenho 24 anos sou formado em jornalismo pela Universidade São Judas Tadeu, apaixonado por esportes, encaro o jogo como a vida, muitas coisas que acontecem no mundo das competições podemos fazer um paralelo com nossa vivência. No ramo da comunicação tenho experiência como Assessor de Imprensa do Sindicato da Construção Civil de São Paulo, Assessor de Imprensa na Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo e como redator freelancer na Agência 3xceler. Acredito que a escrita é uma arte, a arte de trazer informação, conselho e direcionamento aqueles que buscam conhecimento.

Artigos Relacionados