O Grupo A da Copa Libertadores da América 2020 teve início nesta quarta-feira (04). Os campeões da Sul Americana e da Libertadores de 2019 levaram a melhor em seus jogos e ocupam as duas primeiras colocações do grupo A. Primeiramente, o Independiente del Valle venceu, fora de casa, por 3 x 0 o Barcelona de Guayaquil no confronto equatoriano da competição. Posteriormente, no final da noite, o Flamengo conseguiu se sair vitorioso no duelo contra o Junior Barranquilla na Colômbia. Em grande noite de Everton Ribeiro, o rubro-negro venceu o jogo por 2 x 1.

Como resultado, Independiente Del Valle ocupa a primeira colocação do grupo, enquanto que o Flamengo está na segunda posição devido ao critério de desempate do torneio. Consequentemente, Junior e Barcelona preenchem a terceira e quarta vaga do grupo A, respectivamente. A segunda rodada do grupo terá os campeões dos títulos continentais de 2019 jogando em casa. O Flamengo encontra o Barcelona no Maracanã, enquanto que o Independiente del Valle recebe o Junior no Estádio Olímpico Atahualpa. As partidas acontecem simultaneamente as 21h30 (horário de Brasília) na próxima quarta-feira (11).

COPA LIBERTADORES DA AMÉRICA – FASE DE GRUPOS – GRUPO A

BARCELONA DE GUAYAQUIL 0 X 3 INDEPENDIENTE DEL VALLE

Pela primeira vez desde 2010, dois clubes equatorianos se enfrentaram em uma partida de Libertadores da América. O Barcelona de Guayaquil que vinha embalado após ótimos jogos nas três fases da pré-libertadores encontrou o atual campeão da Sul Americana, Independiente Del Valle. Apesar de jogar em casa e da animação, o torcedor do Barcelona viu uma aula de futebol dos visitantes no segundo tempo.

O primeiro tempo começou com as duas equipes no ataque. Logo após falha da defesa do Del Valle, aos dois minutos, o Barcelona quase abriu o placar com Emmanuel Martinez. No entanto, o camisa 8 depois de passar pelo o marcador chutou cruzado para fora. A resposta veio aos 7 minutos, quando Efrén Mera recebeu na área mas chutou em cima do goleiro. No minuto 17′, após cruzamento de Ángelo Preciado, Gabriel Torres venceu a defesa e tocou na bola que foi no travessão na melhor chance do primeiro tempo. Os times conseguiram um bom equilíbrio e a primeira parte do jogo foi aberta com boas chances.

O Independiente Del Valle mostrou porque é o atual campeão da Sul Americana na segunda etapa. Aos 55 minutos, na primeira grande chance da parte final de jogo, Torres abriu o placar. O camisa 7, recebeu bom passe em profundidade de Mera e tocou na saída do goleiro para fazer 1 x 0. Minutos depois, Torres marcou mais um mas o gol foi anulado por impedimento. Depois disso, o Barcelona até começou a atacar mais, no entanto, teve Mario Pineda expulso aos 81 minutos. Com um a mais, o jogo ficou nas mãos do Del Valle que fez o segundo com Christian Ortiz. O jogador recebeu a bola de Murillo e chutou para fazer 2 x 0. Cristian Pellerano finalizou o placar de pênalti nos acréscimos.

JUNIOR BARRANQUILLA 1 X 2 FLAMENGO

No segundo jogo do grupo, os jogadores rubro-negros mostraram o porque são os atuais campeões brasileiros e da Libertadores. Apesar do controle maior do jogo por parte do Junior Barranquilla, o Flamengo demostrou calma e frieza para saber se defender e matar o jogo no momento certo. Mesmo com os desfalques e estando fora de casa, o favorito para o bicampeonato conquistou a sua primeira vitória na nova caminhada pela América. O destaque da partida foi Everton Ribeiro, autor dos gols do clube brasileiro.

O primeiro aconteceu logo na primeira boa chance do Flamengo na primeira etapa. Depois de duas finalizações de fora da área, a oportunidade surgiu quando Giorgian de Arrascaeta recebeu na esquerda e fez cruzamento rasteiro para a área, Gabriel Barbosa deixou a bola passar e Everton concluiu de primeira no contra-pé do goleiro para fazer 1 x 0. Após o gol, o jogo começou a ficar mais pesado com lances fortes por parte das duas equipes, por exemplo, o lateral João Lucas recebeu cartão amarelo por falta feia no meio de campo. Nos acréscimos, Diego Alves fez grande defesa em chute cara a cara de Miguel Borja para garantir a vantagem.

Na segunda etapa, o Junior partiu para cima na busca do empate, no entanto, as duas primeiras oportunidades foram de Gabigol. Apesar disso, o camisa 9 não teve sucesso em ambas. Aos 59 minutos, Téo Gutiérrez de voleio acertou lindo chute mas Diego Alves, mais uma vez, fez ótima defesa para salvar o Flamengo. Poucos minutos depois, foi a vez de Edwuin Cetré levar perigo, todavia, o chute foi para fora.

Aos 76 minutos, em contra ataque, o rubro-negro conseguiu o seu segundo gol. Gabriel fez ótimo lançamento para Michael que acelerou o jogo e tocou para Everton Ribeiro livre tocar na saída do goleiro e ampliar a vantagem do time da Gávea. Nos acréscimos, o Junior conseguiu descontar com Téo Gutiérrez. O camisa 29 aproveitou toque de cabeça de Daniel Rosero e se esticou para marcar e finalizar o placar em 2 x 1 para o Flamengo

 

Foto Destaque: REUTERS/Luisa Gonzalez

Avatar
Yuri Murta
Estudante de jornalismo e geografia, apaixonado por futebol e por tudo que o cerca. Isso define quem é Yuri Lima Murta. O amor pelo esporte vem desde pequeno e o gosto por relacionar ele com outros temas vem desde o colégio, não atoa a minha monografia na faculdade de Geografia tem como tema a “Chapecoense e a cidade de Chapecó: Como o clube reflete a cidade”

Artigos Relacionados