Em jogo de cinco gols, Calvert-Lewin brilha e Everton vence o Fulham fora de casa

- The Toffees precisaram de apenas 42 segundos para abrir o marcador
Calvert-Lewin brilha e Everton vence o Fulham fora de casa

Neste domingo (22), Fulham e Everton se enfrentaram pela 9ª rodada da Premier League 2020/21. A partida aconteceu no Estádio Craven Cottage e contou com grandes emoções. Os visitantes precisaram de apenas 42 segundos para abrir o marcador com Dominic Calvert-Lewin. Ainda na primeira etapa, Bobby Reid empatou, Lewin colocou novamente os visitantes na vantagem e Abdoulaye Doucouré ampliou. Por fim, na segunda etapa, Ruben Loftus-Cheek diminuiu e a partida se encerrou em 3 x 2 em favor do The Toffees.

1° TEMPO

De volta à titularidade, Richarlison, que estava a serviço da Seleção Brasileira nas Eliminatórias da Copa de 2022, assumiu a vaga de Bernard. Por outro lado, Coleman não foi escalado por lesão muscular. Todavia, a partida começou pegada e logo aos 42 segundos de jogo, Dominic Calvert-Lewin finalizou de pé direito e abriu o placar em favor dos visitantes. Em choque e precisando se recuperar, os donos da casa pressionaram e aos 13′, Bobby De Cordova-Reid recebeu assistência de Antonee Robinson, mas Jordan Pickford defendeu. Entretanto, a insistência do Fulham foi recompensada e aos 15′ Reid empatou a partida com um belo chute do meio da área.

Os visitantes não se deixaram abalar e pressionaram constantemente e aos 29′, Calvert-Lewin colocou novamente o Everton na frente com finalização de pé direito. A afobação pareceu tomar conta do Fulham e aos 30′, Reid recebeu o primeiro cartão amarelo do jogo. Apesar da vantagem, os Toffees queriam mais e aos 35′, Lucas Digne cruzou na pequena área e Abdoulaye Doucouré cabeceou próximo ao ângulo superior direito e fechou o placar na primeira etapa. Ademais, o Everton soube aproveitar seus 59% de posse de bola, onde finalizou a gol cinco vezes, contra duas em favor do Fulham.

2° TEMPO

Sem nenhuma modificação no intervalo, as equipes voltaram a campo com a mesma postura. Aos 2′, Richarlison recebeu de Digne e finalizou com o pé esquerdo, mas Areola defendeu. Por conseguinte, Calvert-Lewin, aos 9′, assustou o arqueiro adversário em bom chute. Precisando buscar o empate, The Cottagers se atrapalharam na distribuição de bola e aos 11′, Antonee Robinson recebeu cartão amarelo por entrada perigosa. Sem sucesso nas jogadas, o técnico Scott Parker fez substituição dupla aos 13′. Ruben Loftus-Cheek e Aleksandar Mitrovic entraram nos lugares de Bobby De Cordova-Reid e Tom Cairney, respectivamente. Aos 22′, Ben Godfrey derrubou Ivan Cavaleiro dentro da área e o juiz marcou a penalidade. Contudo, Ivan falhou bizarramente e chutou para fora.

Apesar da cobrança desperdiçada, os mandantes se redimiram no minuto seguinte. Ruben recebeu assistência de Ademola Lookman e acertou o centro do gol, diminuindo a diferença no placar para um. Em continuidade, sentindo seu time pressionado, Carlo Ancelotti, aos 29′, substituiu James Rodríguez por Tom Davies e Richarlison por Gylfi Sigurdsson. A fim de segurar o placar, os visitantes diminuíram o ritmo, enquanto os mandantes tentaram aproveitar a roubada de bola no contra-ataque. Aos 39′, Ivan finalizou, mas Pickford defendeu o chute no lado inferior direito. Ademais, apesar de possuir 56% de posse de bola, o Fulham não conseguiu aproveitar as infiltrações e erros de passes do Everton. Por fim, foram distribuídos seis chutes a gol (quatro em favor dos The Cottagers e dois para The Toffees).

E AGORA? FULHAM E EVERTON

Com a derrota, o Fulham assume a 17ª colocação com quatro pontos, enquanto o Everton aparece ocupando a 6ª posição com 16. Por conseguinte, pela 10ª rodada da Premier League, The Cottagers enfrentará o Leicester City, 3° colocado com 18 pontos, na próxima segunda-feira (30). A partida ocorrerá no King Power Stadium, às 14h30 (Horário de Brasília). Por outro lado, The Toffes duelará contra o Leeds United, 15° colocado com dez pontos, no próximo sábado (28). O confronto será no Estádio Goodison Park, às 14h30.

Foto destaque: Reprodução/Getty Images

BetWarrior


Poliesportiva


Iara Alencar
Iara Alencar
Estudante de Jornalismo na Universidade Federal de Alagoas, apaixonada por esportes e com pretensão de alavancar na carreira de assessoria de comunicação ou imprensa, precisamente no âmbito esportivo (futebol de preferência). O objetivo é aperfeiçoar a construção dos textos, a fim de sair da zona de conforto dos gêneros que estou habituada a escrever (reportagens e artigos opinativos), além de abranger meus conhecimentos pessoais e profissionais. Tenho 23 anos, sou bastante comunicativa, perfeccionista em suas limitações e persistente em tudo o que faço.

    Artigos Relacionados

    Deixe uma resposta

    Topo