Neste sábado (25) se inicia a terceira rodada da Taça Guanabara. No estádio Correão, em Cabo Frio, a Cabofriense recebe o Madureira para buscar seus primeiros pontos no Estadual. Por outro lado, o clube da zona norte do Rio de Janeiro tentar manter os 100% de aproveitamento que fez nas primeiras duas rodadas. Vale ressaltar uma curiosidade no confronto, o tricolor praiano ainda não marcou gols no torneio, enquanto que o Madura ainda não foi vazado. Isto é o exemplo dos momentos distintos que os clubes vivem no ano de 2020.

Na classificação a situação do time da casa ainda é mais preocupante. O clube ocupa a última colocação do grupo A e é um dos únicos três times que possuem zero pontos em todo o torneio. Já o Madureira possui 6 pontos, no entanto, ocupa apenas a terceira colocação no grupo B e está fora da zona de classificação para a próxima fase. Isso ocorre, porque Volta Redonda e Fluminense possuem a mesma pontuação e tem saldo de gols maior que o tricolor suburbano.

CABOFRIENSE

A Cabofriense, apesar de ter feito uma boa estreia contra o Fluminense, perdendo apenas nos minutos finais, sucumbiu diante do Volta Redonda e foi goleado por 4 x 0. Curiosamente, a Cabofriense nesta rodada enfrenta o time que junto aos dois já citados são os únicos com 100% de aproveitamento. Isso acaba por mostrar também a diferença de força dos times presentes no Grupo A e no B. Pela Taça Guanabara ser um torneio de tiro curto com apenas 6 rodadas, ter perdido os dois primeiros confrontos faz com que a chance de recuperação da Cabofriense seja baixa visando uma possível semifinal de turno. No entanto, a Cabofriense necessita se recuperar se quiser não ter que disputar a fase preliminar do Campeonato Carioca de 2021, correndo assim risco de cair para o Estadual de 2022.

O confronto contra o Madureira tende a ser tão difícil quanto o contra o Volta Redonda, entretanto, o Tricolor Praiano terá a torcida a favor desta vez. Este será o primeiro jogo do clube na sua cidade, uma vez que, na estreia quando teve o mando de campo, o clube levou o jogo para Bacaxá que fica há uma hora de Cabo Frio. O clube após duas derrotas demitiu seu técnico Alfredo Sampaio e terá o auxiliar técnico Têti como comandante nesta rodada. Além disso a Cabofriense não contará com o meia titular Gama que foi expulso no primeiro tempo abrindo espaços para a goleada do Voltaço. O volante Victor Feitosa e o meia Nick são os cotados para substituir o jogador suspenso. Com isso, a provável escalação é:

George; Watson, Igor, Anderson Penna e Guilherme; Magno, Rafael Pernão, Nick (Victor Feitosa); Marcus Índio, Abner e Max.

MADUREIRA

Após vencer duas partidas jogando em Conselheiro Galvão, o Madureira fará seu primeiro jogo fora de casa. As vitórias sobre Portuguesa-RJ e Botafogo foram comandadas pelo atacante Ygor Catatau que fez um gol em cada jogo. Outro destaque positivo do clube é a defesa que não tomou gols em nenhum dos dois jogos. O ritmo constante e ofensivo do clube do subúrbio do Rio mostra a boa preparação que foi feita antes do torneio.

O Madureira busca voltar aos seus melhores momentos e tendo em vista a preparação dos times grandes neste ano, almeja a conquista de um turno, feito que só o fez duas vezes em sua história, ambos da Taça Rio nos anos de 2006 e 2015. O time não tem vaga em nenhum torneio nacional neste ano, por isso, necessita um bom desempenho no Carioca para conquista um espaço na Copa do Brasil 2021 ou na Série D do mesmo ano. Apesar do inicio perfeito, o clube necessita vencer para se manter entre os líderes e sonhar com a vaga na fase final do turno.

Provável escalação: Douglas; Rhuan Rodrigues, Marcelo Alves, Edmário e Marlon; André Luiz, Humberto, Luciano Naninho; Emerson Carioca, Ygor Catatau e Wander.

https://twitter.com/MadureiraEC_BR/status/1219784915031601157

RETROSPECTO

Mais uma vez a Cabofriense não possui um bom retrospecto contra o seu adversário. Em toda história são 19 confrontos entre as duas equipes, dentro disso, o Madureira possui 10 vitórias contra apenas três derrotas. Com mando da Cabofriense o retrospecto não é muito diferente. Em seis confrontos, o time da casa venceu apenas um e perdeu três. Apesar disso, desde a volta a elite em 2018, no duelo de tricolores, o praiano ainda não perdeu. Soma-se uma vitória e um empate nos dois jogos disputados.

APOSTA INDICADA

Os times vivem momentos muito distintos e esse tende a ser um jogo com poucos gols e vitória dos visitantes. Pode se então se dizer que, o favoritismo é todo do Madureira no duelo. Como resultado disso, a aposta indicada pelo Futebol na Veia é de vitória do Madureira na odd 2,55 na . Outra boa aposta seria o menos 2,5 gols, que está na odd de 1,60.

Odds: 1 (2,55)

Foto em destaque: Reprodução/FNV

Yuri Murta
Estudante de jornalismo e geografia, apaixonado por futebol e por tudo que o cerca. Isso define quem é Yuri Lima Murta. O amor pelo esporte vem desde pequeno e o gosto por relacionar ele com outros temas vem desde o colégio, não atoa a minha monografia na faculdade de Geografia tem como tema a “Chapecoense e a cidade de Chapecó: Como o clube reflete a cidade”

Artigos Relacionados