Brusque ataca novamente e vence Avaí na Ressacada. Marcílio faz papel de casa e Criciúma decepciona pela 3° rodada do Catarinense

- 3° rodada também e marcada pelo pouco número de gols
Brusque

A 3° rodada do Campeonato Catarinense foi encerrada ontem, quinta-feira (30), com a realização de três partidas. No sul do estado, o Criciúma não saiu do zero com o Tubarão. Em Itajaí, o Marcílio Dias venceu o Concórdia por 2 x 1. E já em Florianópolis, na reedição da final da Recopa Catarinense, o Brusque mais uma vez venceu o Avaí, dessa vez pelo placar mínimo, 1 x 0. Por fim, a rodada também ficou marcada pelo baixo número de gols, só oito em cinco partidas.

CAMPEONATO CATARINENSE – 3° RODADA

CRICIÚMA 0 X 0 TUBARÃO

No sul do estado, o Criciúma recebeu o Tubarão no Estádio Heriberto Hülse, no primeiro jogo da noite. No campo, as duas equipes deixaram a desejar, com muito pouco futebol no Majestoso. Primeiramente, foi o Tigre que assustou, em chute de João Carlos defendido por Lee. Logo depois, o Carvoeiro voltou a assustar, dessa vez com Eduardo, em chute que passou a direita do goleiro do Peixe. O Tricolor tinha mais volume e voltou a assustar novamente com Jajá e Rodrigo Milanez, porém os arremates foram para fora e na trave. A melhor chance do Tubarão no primeiro tempo foi com Zé Vitor, que parou no goleiro Gianezini.

Na etapa final, o Tricolor começou levemente melhor e logo de cara assustou com o volante Eduardo, em chute que saiu a direita do goleiro. O Tubarão conseguiu equilibrar as ações e teve uma sequência de chances, primeiro com Gileard, e depois com Zé Vitor, porém ambos foram parados pelo goleiro do Tigre. O Criciúma respondeu com Jajá em duas ocasiões e Eduardo, mas a falta de pontaria não ajudava o placar a sair do zero. Enfim, pela 4° rodada o Tricolor encara o Marcílio Dias, no domingo (2), às 16h (horário de Brasília), novamente em casa. Já o Peixe joga na segunda-feira (3), contra o Juventus no Estádio Domingos Gonzalez.

MARCÍLIO DIAS 2 X 1 CONCÓRDIA

Antecipadamente, e bom lembrar que o jogo foi marcado por uma queda de energia em uma das torres de iluminação, que atrasou em 18 minutos o encerramento da partida. Outro fato que aconteceu, porém esse bom, e que 10 mil torcedores estiveram presentes no Estádio Dr. Hercílio Luz, para acompanhar a vitória do Marinheiro. De quebra, esse foi o maior público do estadual 2020. Durante o jogo, quem assustou primeiro foi o Concórdia, com Tito, que parou no goleiro Belliato. Na primeira vez que chegou com perigo, o Marcílio abriu o placar com Medina, em chute no canto do goleiro Éder. Logo depois, Roberto Pítio aumentou para o Marinheiro, 2 x 0. O Galo do Oeste terminou a primeira etapa assustando com o rápido Moisés, que chutou para fora.

Na segunda etapa, logo de cara, o Marcílio Dias voltou melhor e assustou com Roberto Pítio e Carlinhos, o último balançou a rede, porém estava impedido. No decorrer do segundo tempo, as equipes não tiveram grandes oportunidades, o Marinheiro satisfeito com o placar construído no primeiro tempo e o Concórdia sem forças para reação. E no apagar das luzes, Léo Itaperuna descontou para os visitantes, mas já era tarde para o empate. Placar final 2 x 1 Marcílio Dias. Em suma, na próxima jornada, o Marcílio viaja até Criciúma para enfrentar o time local, isso no domingo (2). Já o Concórdia mais uma vez joga fora, dessa vez contra o Joinville, na Arena, o jogo está marcado também para domingo, só que às 19h30 (horário de Brasília).

AVAÍ 0 X 1 BRUSQUE

O Brusque é o algoz do Avaí na temporada. Depois de ser campeão da Recopa Catarinense em cima do Leão da Ilha, o Quadricolor voltou a bater o time Azurra na Ressacada, 12 dias depois de levantar a taça. Durante o primeiro tempo, quem chegou primeiro com perigo foi a equipe do Brusque, em chute que saiu a esquerda do goleiro Lucas Frigeri. O Avaí respondeu com Valdívia em cobrança de falta que foi para fora. Porém, o primeiro tempo ficou bem abaixo do esperado e as equipes foram para o intervalo no 0 x 0.

No segundo tempo, a equipe Quadricolor começou com tudo e empilhou chances de abrir o placar na Ressacada. Primeiro com Ruan Costa, João Carlos e Edu. O Avaí se mostrava uma equipe apática, sem criatividade. Aos 40´ em rápido contra-ataque, Thiago Alagoano colocou o Bruscão na frente. Aos 43´ Edu teve a chance de ampliar, de pênalti, mas parou no travessão. Em síntese, na próxima rodada, o Avaí tem o clássico contra o Figueirense, domingo (2), às 16h (horário de Brasília), no Orlando Scarpelli, casa do maior rival. O Brusque joga mais uma longe dos domínios, no domingo, às 18h30 (horário de Brasília), visita a Chapecoense na Arena Condá.

Foto destaque: Divulgação/ Globoesporte.com.globo

Pedro Henrique de Mesquita

Sobre Pedro Henrique de Mesquita

Pedro Henrique de Mesquita já escreveu 112 posts nesse site..

Meu nome e Pedro Henrique, tenho 18 anos e desde os meus 5 anos sou completamente apaixonado por futebol. Meu maior sonho e se tornar jornalista esportivo e fazer o que eu mais amo que e falar e escrever sobre o assunto. Pretendo em algum dia trabalhar em um grande meio de comunicação do país. Só de estar no futebol na veia já e motivo de honra e orgulho pra mim.

BetWarrior


Poliesportiva


Pedro Henrique de Mesquita
Pedro Henrique de Mesquita
Meu nome e Pedro Henrique, tenho 18 anos e desde os meus 5 anos sou completamente apaixonado por futebol. Meu maior sonho e se tornar jornalista esportivo e fazer o que eu mais amo que e falar e escrever sobre o assunto. Pretendo em algum dia trabalhar em um grande meio de comunicação do país. Só de estar no futebol na veia já e motivo de honra e orgulho pra mim.

    Artigos Relacionados

    Topo