Foto destaque: Reprodução/ Jorge Amaral/ Getty Images

O fim da temporada na Inglaterra sempre traz diversos rumores sobre o mercado interno da liga. No entanto, raramente se ligam a troca de treinadores. Dessa forma, nessa temporada notícias recentes, como a da criação da Super Liga Europeia, mexeram com a estrutura de alguns clubes. Assim, uma dessas equipes foi o Tottenham, que se viu obrigado a dispensar o renomado José Mourinho. Afinal, o treinador se mostrou contrário a criação e consequente participação dos Spurs no certame. Com isso, o Wolverhampton pode perder seu treinador e o nome de Bruno Lage já estaria circulando no clube.

Chegada na Inglaterra

O treinador português chegou à Inglaterra em 2017 para assumir o comando do Wolverhampton. Sendo assim, o objetivo era claro, colocar a equipe de volta na elite do futebol inglês. Dessa forma, sua primeira temporada no comando dos Wolves foi excelente. Afinal, o comandante não só atingiu o objetivo da promoção para a Premier League, como conquistou o título da Championship.

Na sequência, Nuno mostrou um excelente trabalho, visto que logo na primeira disputa da 1ª divisão sua equipe conseguiu mostrar um belo estilo de jogo. Dessa forma, os Wolves terminaram em 7º lugar na liga deixaram sua torcida com aquele gosto de “podemos mais”. Sendo assim, na temporada 2018-19 o treinador levou seu time a um degrau a mais. Afinal, apesar de repetir a 7ª colocação, dessa vez o Wolverhampton havia conquistado a oportunidade de disputar a Liga Europa. Por fim, em 2019-20 a equipe do português ficou repetiu mais uma vez sua posição, mas superando novamente a quantidade de pontos conquistadas.

Nuno comemora o fim da temporada 2018-19.(Reprodução/ Getty Images)
Nuno comemora o fim da temporada 2018-19.(Reprodução/ Getty Images)

Nuno Espírito Santo: um nome concretizado na Premier League

Com três campanhas muito sólidas, Nuno elevou seu patamar dentro da Inglaterra. Agora, o treinador passou a ser visto como qualificado para comandar equipes maiores. Dessa forma, após a saída de Mourinho, a falta de um comandante fixo no Tottenham levou a equipe a olhar as oportunidades no mercado. Sendo assim, o jornal The Sun colou Londres como o possível destino do português. Porém, o comandante tem vínculo com os Wolves  até 2023. No entanto, sabendo do poderio financeiro dos Spurs, além de todos os projetos tentadores que a equipe pode oferecer ao treinador, certamente a contratação de Nuno pode se efetivar ao fim da temporada.

E o Wolverhampton?

Os Wolves, por sua vez, não querem perder o crescimento da equipe. Afinal, o excelente trabalho de Nuno colocou o Wolverhampton em uma patamar de time de elite na Inglaterra. Dessa forma, a diretoria parece ter gostado da ideia de um trabalho português com seu elenco. Afinal, o próximo comandante pode vir de Portugal também.

Sendo assim, o nome de Bruno Lage ganhou muita força recentemente dentro Inglaterra após também informação publicada pelo The Sun. Com isso, o treinador de 44 anos ainda é jovem e inexperiente se comparado com Nuno. Afinal, sua carreira como técnico de fato começou apenas em 2018, quando assumiu o Benfica B. Na sequência, Bruno assumiu a equipe principal do Benfica em janeiro de 2019, reta final da temporada.

Dessa forma, conseguiu sagrar-se campeão português com o Glorioso, mas na temporada seguinte o vice-campeonato não foi o suficiente para mantê-lo no cargo. Assim, foi trocado por Jorge Jesus, que vinha de grande trabalho no Flamengo. Por fim, Bruno Lage ficou sem clube desde então e agora se tornou alvo do Wolverhampton.

Foto destaque: Reprodução/ Jorge Amaral/ Getty Images

Alec William
Alec William
Me chamo Alec William, tenho 23 anos e atualmente curso Ciências do Esporte na FCA-Unicamp. Acredito que minha paixão em contar histórias e esboçar minha opinião por meio da escrita surgiram antes mesmo do amor pelo futebol. Mas ao mergulhar nesse mundo esportivo, surgiu minha segunda paixão, o futebol, que passei a associar com minha escrita como um meio de esboçar minhas ideias e opiniões em cima daquilo que vejo e vivencio dentro do esporte, além de almejar um espaço e reconhecimento dentro desse mercado. Trabalhei durante um ano como redator de artigos esportivos e desde lá venho aprendendo e me encantando cada vez mais com a área. Costumo ser bem claro em relação as minhas opiniões acerca do futebol, pois acredito que sim, temos verdades absolutas como a de que Neymar é um craque, mas isso não significa que eu vá sempre escalar ele no meu time, o futebol é feito de situações e momentos, onde nem sempre o melhor vai ser o essencial.

Deixe uma resposta