Briga na parte de baixo marca rodada na Superliga Chinesa

- Os jogos foram marcantes para os times da parte de baixo da tabela da Superliga Chinesa, porém nenhum conseguiu se distanciar da zona da confusão

Com a chegada da 16ª rodada. A Superliga Chinesa vem mostrando uma forte briga pela liderança e na parte de baixo da tabela. Os times mostraram muito equilíbrio entre si na primeira perna da rodada. Veja todos os detalhes das partidas.

SUPERLIGA CHINESA – 16ª RODADA

Changchun Yatai 1 x 1 Shanghai Shenhua

O jogo foi bastante equilibrado. Com a posse de bola parecia e número de arremates quase igual (18 x 17). Com o mesmo número de chutes ao gol para cada time (5 x 5). E tanta igualdade, resultou em um resultado igual entre as duas equipes. O primeiro gol que conseguiu entrar na meta adversária saiu de uma virada de bola do paraguaio Oscar Romero, irmão gêmeo de Ángel Romero, jogador do Corinthians, que achou Cao Yunding que caminhou com a bola até a entrada da área, quando chutou no ângulo e conseguiu abrir o placar para o time de Shanghai.

Placar que perdurou até os 70′, quando a equipe mandante conseguiu o empate. Após batida de falta, o sérvio Nemanja Pejcinovic cabeceou para o nigeriano Ighalo, que só teve o trabalho de empurrar para o gol e empatar para os anfitriões. No final da partida, a expulsão de Sun Shilin, do Shanghai, após um pisão no jogador adversário. Fez com que a equipe mandante tentasse uma pressão mas não foi efetiva a ponto de chegarem a mais um gol. Com o empate da partida, o time mandante estaciona na 12ª colocação. E o time visitante, fica em sexto lugar.

Tianjin Quanjian 1 x 2 Henan Jianye

Em um jogo bem parelho, sem o domínio de ninguém, quem levou a melhor foi a equipe visitante, que conseguiu uma vitória muito importante para sair das últimas posições. Como destaque disso, a primeira oportunidade de gol só surgiu aos 29′. Em batida de escanteio do brasileiro Ivo, onde a bola voou para a cabeça do português Ricardo Vaz Te, que não perdoou e abriu o placar para a equipe visitante com uma cabeçada no cantinho do gol. O jogo foi marcado por uso do VAR, aos 44′. Após uma disputa de bola e uma falta no campo de ataque. O árbitro de vídeo chamou o juiz para rever o lance, e assim conseguiu ver o pisão desleal de Zheng Dalun, que resultou na expulsão do mesmo, ainda na primeira etapa.

Já na segunda etapa, aos 51′, novamente Ricardo Vaz Te marcou o gol, ou seja, o que já era difícil se tornou pior ainda. Com o resultado adverso e com um a menos no campo, o Tianjin ainda conseguiu diminuir o marcador. Com uma ótima jogada do brasileiro Alexandre Pato, que veio desde o meio-campo e, ao chegar na entrada da área, puxou para a perna direita e bateu cruzado, indefensável. Com esse resultado, o Tianjin Quanjian estacionou na oitava posição. Já o time visitante, está no 13ª lugar.

Beijing Renhe 1 x 1 Chongqing Dangdai

O time da casa comandou as iniciativas, com mais posse de bola, tentando envolver os adversários. Com mais remates para o gol e menos faltas, culminando em um jeito mais leve de jogar. Mesmo pressionando, somente aos 78′, que o senegalês Diop abriu o marcador de cabeça, colocando a bola no cantinho, após um ótimo cruzamento da esquerda de Rao. Mas mal deu tempo para comemorar. Após quatro minutos, o placar mudou novamente. Dessa vez, o time visitante marcou. Com uma roubada de bola no setor ofensivo, cruzamento para o brasileiro Alan Kardec que, de peito, ajeitou para seu compatriota Sebá que, com um chute cruzado de esquerda, deu números finais a partida. Com o resultado, o time de Beijing fica na 9ª colocação. Já o time de Kardec, está perto da zona de rebaixamento. Sendo o primeiro time fora dela.

Matheus Carvalho

Sobre Matheus Carvalho

Matheus Carvalho já escreveu 262 posts nesse site..

Sou Matheus Carvalho, carioca, tenho 20 anos e curso Jornalismo. O esporte sempre esteve na minha vida e provavelmente sempre estará. E como todo brasileiro sou apaixonado por futebol

BetWarrior


Poliesportiva


Matheus Carvalho
Matheus Carvalho
Sou Matheus Carvalho, carioca, tenho 20 anos e curso Jornalismo. O esporte sempre esteve na minha vida e provavelmente sempre estará. E como todo brasileiro sou apaixonado por futebol

    Artigos Relacionados

    Topo