Brasil x Alemanha

Antes de mais nada, ocorreu na manhã desta quinta-feira (22), a partida Brasil x Alemanha, válida pela 1ª rodada das Olímpiadas de Tóquio 2020Sendo assim, em um jogo muito intenso e com vários gols, o fim se deu com o placar de 4 x 2 para a Canarinho. Decerto, o destaque é Richarlison, que balançou as redes três vezes.

Assista aos melhores momentos de Brasil x Alemanha

1º tempo: superioridade brasileira, mas erros nas decisões

Na etapa inicial, o Brasil se impôs com certa tranquilidade e mostrou ser uma equipe melhor treinada, porém perdeu oportunidades por erros nas tomadas de decisões. Assim, abriu o placar logo aos 6′, quando Antony deu um ótimo passe para Richarlison invadir a área e bater forte. Entretanto, o goleiro Müller defendeu, mas, no rebote, Richarlison marcou. Oito minutos mais tarde, Pieper vacilou e Richarlison ficou cara a cara com Müller, mas tentou driblar o goleiro e desperdiçou boa chance de ampliar a vantagem.

Aos 21′, Bruno Guimarães lançou Guilherme Arana, que fez um cruzamento “com a mão” para Richarlison marcar pela segunda vez. Posteriormente, aos 29′, Matheus Cunha achou um bom passe para Richarlison, que bateu colocado e marcou o terceiro gol. Alguns minutos depois, o Pombo recebeu um bom passe de Dani Alves, mas demorou muito para tomar uma decisão e bateu mal. Ao fim da 1ª etapa, aos 45′, o juiz marcou pênalti após a bola bater no braço de Henrichs. Contudo, Matheus Cunha chamou a responsabilidade e bateu, mas Müller defendeu.

2º tempo: melhora da Alemanha e chances perdidas pelo Brasil

Na 2ª etapa, a seleção alemã voltou melhor e tentou voltar ao jogo. Sendo assim, aos 11′, Amiri pegou uma bola sobrada e bateu de fora da área, a bola quicou e enganou o goleiro Santos. Seis minutos depois, Arnold deixou o corpo, fez falta em Dani Alves e acabou tomando o cartão vermelho. Com um a mais, a equipe brasileira tentou ampliar a vantagem. Assim, Antony recebeu na área, puxou para a perna esquerda e bateu colocado, mas muito alta. Aos 29′, Maier tocou errado, Matheus Cunha tocou de calcanhar para Bruno Guimarães chegar batendo. Müller foi obrigado a fazer boa defesa.

Chegando ao fim da partida, a Alemanha chegou ao ataque mais uma vez e conseguiu marcar mais um gol, com Ache de cabeça. A apenas um gol de vantagem, a seleção brasileira continuou tentando ampliar a vantagem para sacramentar a vitória. Outrossim, Reinier lança Matheus Cunha, que demora muito para decidir o que fazer e acaba não conseguindo finalizar. No último lance, Paulinho, que entrou no 2º tempo, invadiu a grande área no mano a mano, cortou para o meio e soltou uma bomba no ângulo, sem chances para o goleiro.

Brasil x Alemanha – e agora?

Com o resultado, a seleção brasileira assumiu a 1ª colocação no Grupo D por conta do saldo de gols. Por outro lado, a Alemanha está na última posição do chaveamento. Na sequência, o Brasil encara a Costa do Marfim, que também tem três pontos no grupo, no próximo domingo (25) às 5h30 (horário de Brasília). Já a seleção alemã enfrenta a Arábia Saudita, que também está zerada na pontuação, também no domingo (25), às 8h30 (horário de Brasília).

Foto Destaque: Divulgação/Time Brasil

Gabriel Vicco
Oi, eu sou o Gabriel Vicco e sou apaixonado por futebol e sempre o tive o sonho de trabalhar com isso. Escolhi o jornalismo por gostar de escrever e me comunicar de várias maneiras. Tenho uma página no Instagram com alguns amigos, o Debate (@debate.fcs), onde postamos notícias, análises e coberturas do Brasileirão Feminino. Atualmente, tenho a certeza de que a profissão que mais almejo é o jornalismo esportivo, por isso busco por experiências e pela minha evolução nesse ramo.

Deixe uma resposta