Brasil lidera ranking de transferências internacionais em 2016

O Relatório Global do Mercado de Transferências da FIFA de 2016 aponta o Brasil como o país que possui a maior atividade no mercado internacional. Somente no ano passado, 806 jogadores deixaram o Brasil rumo ao exterior, enquanto outros 678 chegaram ao país do futebol, totalizando 1.484 atletas. No mundo inteiro, o órgão afirma que 14.591 mil futebolistas se transferiram internacionalmente, somando quase R$15 bilhões.

Entretanto, o relatório da FIFA também mostra que, mesmo sendo o maior em quantidade, o Brasil está longe dos líderes no quesito de dinheiro investido. A Inglaterra é a primeira, desembolsando aproximadamente R$4.36 bilhões em 659 transferências internacionais. O Brasil apresenta números mais modestos, com cerca de R$270 milhões gastos ao todo.

Seguindo os britânicos na lista, encontra-se a Alemanha (R$1.832 bilhões), Espanha e Itália (R$1.615 bilhões), China (R$1.434 bilhões) e França (R$658 milhões), respectivamente. O país asiático alavancou seus números em relação a 2015, registrando um aumento de 168%, pulando da vigésima colocação para a quarta.

Guilherme Papa

Sobre Guilherme Papa

Guilherme Papa já escreveu 268 posts nesse site..

Guilherme Papa é estudante, de 21 anos, da turma do 5º semestre de Jornalismo da Universidade Metodista de São Paulo. Completamente louco por futebol, tem como objetivo transmitir informações do mundo da bola da melhor maneira possível.

BetWarrior


Poliesportiva


Guilherme Papa
Guilherme Papa
Guilherme Papa é estudante, de 21 anos, da turma do 5º semestre de Jornalismo da Universidade Metodista de São Paulo. Completamente louco por futebol, tem como objetivo transmitir informações do mundo da bola da melhor maneira possível.

Artigos Relacionados

Topo