Brasil bate a Argentina e já se aproxima da classificação para o Copa do Mundo na França

- Com gols de Cristiane, Thaísa e Debinha, a seleção feminina vence por 3 a 0 e já sonha com vaga ao mundial feminino
Seleção Brasileira Feminina

Seleção feminina comemorando triunfo diante da Argentina (Foto: Agência Estado)

Brasil está praticamente classificado para a Copa do Mundo de Futebol Feminino da França de 2019. Nesta quinta-feira, o Brasil enfrentou a Argentina pela segunda rodada do quadrangular final da Copa América e venceu por 3 a 0, com um segundo tempo avassalador. Com o resultado, a Seleção vai a seis pontos e fica na liderança isolada.

Assim, a equipe de Vadão pode ficar no máximo na terceira colocação, o que garante pelo menos vaga na repescagem do Mundial. O primeiro colocado garante vaga direta na Copa e nas Olimpíadas, enquanto o segundo fica com a vaga no Mundial e vai para a repescagem dos jogos Olímpicos.

A campanha da equipe canarinha na Copa América é ótima. O Brasil não fez menos de três gols em nenhum dos seis jogos até aqui e venceu a Argentina pela segunda vez na competição – triunfou por 3 a 1 na estreia.

O Brasil volta a campo pela última rodada do quadrangular final no próximo domingo, às 19 horas (de Brasília), quando enfrenta a Colômbia. Com a vitória, a Seleção se consagra como a grande campeã e fatura seu sétimo troféu em nove edições da competição. Mais cedo, às 16h45 (de Brasília), é a vez da Argentina encarar o Chile.

O jogo

Depois de um primeiro tempo bastante equilibrado e sem gols, o Brasil foi para cima no início da segunda etapa e a pressão surtiu efeito. Logo aos três minutos, Formiga cruzou na área, a bola passou por todo mundo, mas Cristiane chegou na segunda trave e mandou para o fundo da rede: 1 a 0. Este foi  o gol de número 30 de Cristiane na Copa América, a maior artilheira na história da competição.

Debinha comemorando o segundo gol da partida e o primeiro anotado por ela (Foto: Agência Estado)

Se os primeiros 45 minutos não teve gols, nos primeiros sete do segundo tempo teve dois. Logo depois de inaugurar o placar, a Seleção Brasileira chegou mais uma vez com Marta pela direita. A camisa 10 cruzou, as zagueiras se atrapalharam e a bola sobrou na área. E Thaísa estava no lugar certo, na hora certa e mandou para o gol, ampliando a vantagem no marcador.

As hermanas sentiram o baque dos gols e mal levavam perigo à meta da goleira Bárbara. O jogo ficou mais preso no meio campo, com o Brasil conseguindo chegar às vezes na área adversária. E aos 33 minutos, estufou a rede mais uma vez.

O Brasil saiu tabelando com Marta, a zaga argentina afastou da área, mas a bola chegou nos pés de Formiga. A veterana achou Debinha, deu passe preciso e a camisa 9 mandou uma bomba de fora da área no canto esquerdo da goleira, que nada pôde fazer: 3 a 0.

Diego Monteiro

Sobre Diego Monteiro

Diego Monteiro já escreveu 66 posts nesse site..

Jovem jornalista apaixonado por futebol, música e resenha boa. Sou paranaense na terra da garoa. Alguns dizem que sou doido, mas doido é quem me chama. De loucura e razão, todos nós temos um pouco.

BetWarrior


Poliesportiva


Diego Monteiro
Diego Monteiro
Jovem jornalista apaixonado por futebol, música e resenha boa. Sou paranaense na terra da garoa. Alguns dizem que sou doido, mas doido é quem me chama. De loucura e razão, todos nós temos um pouco.

    Artigos Relacionados

    Comments are closed.

    Topo