Mesmo com a paralisação no futebol brasileiro, por conta da pandemia do novo coronavírus, o Botafogo segue atrás de reforços com objetivo de encorpar o elenco para a volta após a crise sanitária. O alvo da cúpula do Glorioso tem sido medalhões de nível mundial, assim como foi com o japonês Honda. O nome dessa vez é o de  Arjen Robben.

Depois de tentativas frustradas de contratar o marfinense Yaya Touré e o nigeriano Obi Mikel, o vice presidente de marketing, Ricardo Rotenberg, revelou em entrevista ao ”canal do TF” no youtube, que fez contato para tentar trazer o craque holandês.

Procuramos o Robben. Ele ficou lisonjeado, mas disse que parou. No Bayern, ganhava o triplo de todo nosso elenco. Com certeza já estudou o clube. Lá fora, conhecem Botafogo e Santos. Não penso pequeno. Se pudesse, traria cinco como Yayá e Robben” – disse.

A sondagem aconteceu a intermédio do agente Marcos Leite, o mesmo que ajudou nas negociações com Honda e Touré. No entanto, diferentemente do japonês que tem contrato firmado com o Fogão e Yaya Touré que chegou a ter situação encaminhada com os cariocas, o holandês tem situação bem mais complicada.

Pedi ao Marcos Leite para ajudar a entrar contato com o Robben. Ele conseguiu o contato, falou com o empresário do Robben. Me ajudou nessa. Com o Obi Mikel, tratamos com outro cara. Mas o Robben foi com ele também. É muito difícil, está há muito tempo sem jogar e, se quiser, pode ganhar quatro vezes mais lá fora. Mas, ele sabe do Botafogo” – completou.

O ex-craque da seleção holandesa e do Bayern de Munique, Robben anunciou sua aposentadoria aos 35 anos, no final da temporada 2018/2019. Contudo, não descarta uma volta ao futebol.

ROBBEN E MAIS MEDALHÕES

Ainda na mesma entrevista, Rosenberg afirmou que outros nomes de nível mundial foram oferecidos. Como o caso do português Ricardo Quaresma e do marfinense Kalou. Além dos laterais gêmeos Fabio e Rafael, que se declararam botafoguenses. Apesar disso, o clube de General Severiano segue com as finanças delicadas, e diante da crise vivida no mundo perante o Covid-19, o Botafogo demitiu 40 funcionários, na tentativa de equilibrar contas.

Foto: Reprodução/AFP

Gabriel Ricardo
Gabriel Ricardo
Instagram: @gabriel_ricardo77 Meu nome é Gabriel, sou estudante de jornalismo pela UNIP. Fascinado por esportes, futebol principamente, e fã da resenha e dos debates, percebi desde cedo que jornalismo seria o caminho que eu iria trilhar. Com o amor pelo futebol e vivência na arquibancada, vi e sinto na pele que o futebol é muito mais que 11 contra 11. E é essa mensagem que tentarei transmitir a todos enquanto me for possível.

Artigos Relacionados