Botafogo-PB vence CSA em Maceió; Vitória empata em Salvador

Válidos pela 4ª rodada da Copa do Nordeste 2020, dois jogos movimentaram o domingo (16). Em Maceió, o Botafogo-PB visitou o CSA e venceu por 1 x 0. Em Salvador, Vitória e Freipaulistano se enfrentaram e não sairam do 0 x 0. Para o Belo e o Rubro-Negro, os resultados não foram tão ruins, visto que ambos estão na zona de classificação para a próxima fase. Em contrapartida, o Azulão e o Frei ostentam as lanternas de seus grupos.

COPA DO NORDESTE 2020 – 4ª rodada

CSA 0 x 1 Botafogo-PB

O Botafogo-PB não foi um visitante legal e venceu o CSA, em Maceió, por 1 x 0, no Estádio Rei Pelé. No primeiro tempo, o Azulão teve mais a bola, mas tinha dificuldades na criação. Chegou com perigo numa jogada individual de Diego Maurício e em outra de Allano, que criou a melhor chance do primeiro tempo. Aos 32′, ele passou pode dois marcadores e bateu de canhota, acertando a trave do Botafogo. O Belo se posicionou atrás e teve o primeiro objetivo de destruir as jogadas do adversário. Não conseguiu encaixar os contra-ataques com Pimentinha e deixou o técnico Evaristo Piza na bronca.

Na etapa final, o Botafogo saiu um pouco mais. O CSA continuava com dificuldades para armar. Aos 19′, Diego Maurício arriscou um chute de longe, mas errou o alvo. O Belo quase abriu o placar aos 30. Cássio Gabriel cobrou escanteio e Luís Gustavo cabeceou: Thiago Rodrigues salvou o CSA. Posteriormente, saiu o gol. os 48, quando o jogo estava se encaminhando para o empate, Everton Heleno cruzou na área e Dico se antecipou a Diego Renan para marcar o gol da vitória.

Vitória 0 x 0 Freipaulistano

A primeira metade do jogo foi bastante burocrática. A primeira oportunidade mais efetiva saiu apenas aos 27 minutos, e foi do Vitória, quando Fernando Neto aproveitou uma sobra e arriscou de fora da área.  Nem foi um lance de tanto perigo. Danilo fez a defesa tranquila. Logo na sequência, os anfitriões começaram a criar as melhores chances, mas foram poucas. A melhor delas foi aos 41′, quando o goleiro do Frei bateu roupa e Rodrigo Andrade não aproveitou o rebote. Logo depois, aos 43′, o único ataque dos sergipanos foi em uma bomba de Tiquinho, que não atingiu o alvo.

Na volta do intervalo, o jogo ganhou um pouco mais de intensidade. Logo aos dois minutos, Tiquinho por pouco não abre o placar para o Freipaulistano. O Vitória respondeu rápido com Rodrigo Andrade, que finalizou de letra, mas para fora. O Leão pressionou mais. Rafael Carioca e Léo Ceará levaram perigo para a meta sergipana. Nos minutos finais, o time da casa insistiu bastante em busca do gol, mas os visitantes suportaram bem o resultado e evitaram a derrota.

Foto destaque: Reprodução/Globo Esporte

Alexandre Vieira
Sou Alexandre Vieira, 31 anos, estudante de Jornalismo pela Universidade Federal de Alagoas (UFAL) e apaixonado por esporte, principalmente futebol. Quando moleque, sonhava em ser jogador, porém não tive oportunidade. Daí nasceu a paixão pelo jornalismo e a esperança de assim poder ficar famoso, realizar o sonho de me aproximar de ídolos, estádios e cobrir competições históricas. Tenho um senso de humor gigante e sou legal até quando meu time perde.

Artigos Relacionados