Borja marca e Palmeiras bate o Atlético-GO

Palmeiras e Atlético Goianiense fizeram um dos dez jogos que fazem parte da 9ª rodada do Campeonato Brasileiro da primeira divisão. Os dois times vêm sofrendo com constantes irregularidades, principalmente o Dragão, pois se encontra na zona do rebaixamento do tornei até então.

O primeiro tempo do confronto foi bastante equilibrado, com a equipe de goiana tentando ao máximo se fechar em seu campo de defesa, apostando em um possível contra-ataque que eventualmente poderia surgir. A melhor jogada do primeiro tempo por parte dos visitantes aconteceu aos 36 minutos, quando Everaldo acabou perdendo uma chance, sozinho, cara a cara com Fernando Prass, chutando a bola para fora. Porém, como diria o filósofo, “a bola pune”, e castigou o time de Doriva aos 45 minutos de jogo, após boa jogada pela esquerda Borja recebeu a redonda dos pés de Roger Guedes e o colombiano não desperdiçou, 1 a 0 e fim de papo no primeiro tempo.

A segunda etapa foi um jogo mais aberto, com o técnico Doriva precisando lançar-se ao ataque se quisesse sair de São Paulo com um bom resultado, mas era o Palmeiras quem se aproveitava dos espaços dados pelos adversários. Aos 16 minutos a grande chance da etapa surgiu dos pés de Borja que cara a cara com o goleiro, chutou em cima de Felipe. Na metade do tempo regulamentar Cuca promoveu o retorno de Dudu, que pouco tempo depois acabou perdendo grande oportunidade, Guerra também tentou, mas parou no goleiro Felipe. Os visitantes, tentaram no chute perigoso de Júnior Viçosa, para a boa defesa de Fernando Prass, mas o resultado ficou mesmo no 1 a 0.

Com a vitória o time verde e branco ocupa agora a 7ª posição na tabela com 13 pontos, somente 1 a menos que Fluminense, último time a se classificar nesse momento para a Libertadores. Já o Atlético amarga a vice lanterna da competição com 6 pontos conquistados. Na próxima rodada o Palmeiras joga no domingo, ás 16:00, contra a Ponte Preta em Campinas e o Dragão joga em casa contra o Vasco, no mesmo dia, mas às 11:00 da manhã.

Ruan Silva

Sobre Ruan Silva

Ruan Silva já escreveu 915 posts nesse site..

Meu nome é Ruan Silva da Silva, tenho 24 anos, moro na cidade de Altamira no Pará. Sou graduado na área de Letras, com habilitação em Língua Portuguesa e no momento pós-graduando na área de Linguagem e Ensino, ambos pela Universidade Federal do Pará (UFPA). Sou deficiente físico, tenho dificuldades na questão da locomoção, que dificulta um pouquinho as coisas, mas nada que impeça de exercer diversas atividades. Sou apaixonado por todos os esportes, principalmente pelo futebol, corintiano e simpatizante de diversos clubes na Europa que não cabem todos aqui e apaixonado também pelo jornalismo esportivo tendo como ídolos, ícones como Galvão Bueno, Luciano do Valle, André Henning, Vitor Sérgio Rodrigues e outros mais. Uma curiosidade minha é que consegui na graduação em um ambiente voltado aos estudos de ensino e aprendizagem, incluir o futebol no principal trabalho dos quatro anos de curso, o TCC. Escrevi sobre Nelson Rodrigues e a Copa de 1950, temas raramente trabalhados numa graduação como essa. Enfim! Sonho em um dia trabalhar efetivamente na área que tanto amo e acredito que posso fazer um bom papel no meio.

BetWarrior


Ruan Silva
Ruan Silva
Meu nome é Ruan Silva da Silva, tenho 24 anos, moro na cidade de Altamira no Pará. Sou graduado na área de Letras, com habilitação em Língua Portuguesa e no momento pós-graduando na área de Linguagem e Ensino, ambos pela Universidade Federal do Pará (UFPA). Sou deficiente físico, tenho dificuldades na questão da locomoção, que dificulta um pouquinho as coisas, mas nada que impeça de exercer diversas atividades. Sou apaixonado por todos os esportes, principalmente pelo futebol, corintiano e simpatizante de diversos clubes na Europa que não cabem todos aqui e apaixonado também pelo jornalismo esportivo tendo como ídolos, ícones como Galvão Bueno, Luciano do Valle, André Henning, Vitor Sérgio Rodrigues e outros mais. Uma curiosidade minha é que consegui na graduação em um ambiente voltado aos estudos de ensino e aprendizagem, incluir o futebol no principal trabalho dos quatro anos de curso, o TCC. Escrevi sobre Nelson Rodrigues e a Copa de 1950, temas raramente trabalhados numa graduação como essa. Enfim! Sonho em um dia trabalhar efetivamente na área que tanto amo e acredito que posso fazer um bom papel no meio.

    Artigos Relacionados

    Topo