Bonamigo exalta desempenho do Remo e mantém cautela: “Não tem nada decidido”

Em entrevista concedida neste domingo (3), após vitória por 3 x 0 do Remo sobre o arquirrival, o técnico Paulo Bonamigo falou sobre o desempenho da equipe Azulina no 1° jogo da final do PARAZÃO. Ao passo que exaltou o poder de definição do Remo diante do arquirrival e pontuou a qualidade do adversário.

Nós tivemos qualidade de definição, capacidade para decidir. Isso realmente foi o diferencial, pois todo clássico tem uma enorme dificuldade. Sabemos a boa equipe que tem o Paysandu. Pelo contexto geral, pelo que apresentamos nos 90 minutos, disposição da equipe e a personalidade, acho que o placar foi justo”.

Respeito ao adversário

Segundo Bonamigo, mesmo com a vantagem construída no Baenão, não existe nada decidido. Assim sendo, o treinador pregou respeito ao adversário no estádio do Curuzu e afirmou que é preciso ter os pés no chão.

Não tem nada decidido, temos total respeito ao adversário e temos que ir para a Curuzu jogar mais o que jogamos hoje. Sabemos que é uma primeira parte, que temos uma boa vantagem, mas temos um grande adversário do outro lado. Temos que ter os pés no chão e saber que temos que trabalhar muito nos 90 minutos que teremos na Curuzu“.

Bonamigo e Motivação

Contudo, mesmo com os possíveis desfalques para o jogo de volta da final do Campeonato Paraense, Bonamigo ressaltou a importância de trabalhar com o psicológico dos atletas. Dessa forma, sempre os motivando e contando com o comprometimento de cada um em campo.

É o último jogo da competição. Dificilmente vão me ver lamentando os jogadores ausentes, porque eu procuro motivar os que estão presentes, os que vão jogar, mas tivemos uma série de lesões nessa reta final. São desfalques dentro do grupo, mas a unidade que tem no clube e o comprometimento da equipe, fez crescer no momento certo da competição”.

Foto: Samara Miranda/Ascom Remo

 

 

Tata Marx
Na verdade, não fui eu que escolhi o jornalismo e sim ele que me escolheu. Sem dúvidas, a profissão é como um oceano que precisa ser desvendado na sua profundeza, só assim é possível conhecer e respeitar toda sua beleza.