Boca vence o Newell’s e pode ser bicampeão na próxima rodada

- Numa La Bombonera lotada, a equipe Xeneize superou la Lepra, por 3 a 1; os boquenses podem ser campeões com um empate diante do Gimnasia

O líder Boca Juniors voltou a ficar tranquilo na Superliga Argentina de Futebol, com o bicampeonato cada vez mais próximo. O Xeneize venceu o Newell's Old Boys, por 3 a 1, neste domingo, em La Bombonera, pela 24ª rodada. Com o resultado, os boquenses foram para 53 pontos, abrindo seis de vantagem em relação ao segundo colocado, o Godoy Cruz (47).

O Boca pode ser campeão na próxima rodada com um empate, dependendo dos resultados de Godoy Cruz e San Lorenzo. Outros quatro jogos marcaram a rodada neste domingo, com o Huracán entrando no G5, o Racing voltando a sonhar com vaga na Libertadores e com o River Plate somando a sexta vitória consecutiva. Confira os detalhes das partidas deste domingo.

24ª RODADA – SUPERLIGA ARGENTINA

22/04 – DOMINGO

Tigre 0 x 2 Huracán

Huracán  conseguiu uma vitória importante em cima do Tigre, por 2 a 0, no estádio José Dellagiovanna, na cidade de Victoria, na província de Buenos Aires. El Globo ultrapassou o Independiente e entrou no G5, sendo o quinto colocado, com 43 pontos. Reacendeu a chama do sonho de disputar a Libertadores em 2019. Vale lembrar que o Independiente é o sexto, com 42, e joga nesta segunda-feira. Já o Tigre continua na 24ª posição, com 20 pontos, e apesar de ter escapado do rebaixamento, precisa somar pontos para engrossar o promédio.

A partida começou equilibrada, com ambos os times chegando no ataque. Mas o Huracán foi mais eficiente e abriu o placar, aos 21 minutos, com Nicolás Silva. E nos acréscimos, o lateral direito Carlos Araujo fez o gol que sacramentou o triunfo do Globo. O Tigre tentou reagir, no entanto faltou qualidade na armação das jogadas e também um pouco de sorte. Próxima rodada: Huracán x Tucumán (28/04); Olimpo x Tigre (30/04).

Rosário Central 0 x 2 Racing

Certeiro! O Racing foi cirúrgico e bateu o Rosário Central, por 2 a 0, no estádio Gigante de Arroyito, na cidade de Rosário, na província de Santa Fé. Os gols saíram dos pés de duas crias da base: Brian Mansilla e o já conhecido Lautaro Martínez. O triunfo recolocou La Academia na briga por uma vaga na Libertadores de 2019. O time de Avellaneda está na sétima posição, com 39 pontos, a quatro do sexto, o Huracán (43).

O primeiro tempo não teve muita emoção, as equipes criaram pouco. Os protagonistas foram os torcedores do Central que encheram o estádio e cantaram, praticamente, o tempo todo. Na segunda etapa, o Racing voltou melhor e foi mais incisivo. Brian Mansilla estreou o placar num contra-ataque fulminante, aos 18 minutos. Após bola alçada na grande área em cobrança de falta dos rosarinos, a sobra ficou com Augusto Solari, que lançou para Mansilla. O atacante deu uma arrancada antes do meio de campo, chegando próximo da área do Rosário, deu uma finta desconcertante no zagueiro e chutou no canto superior direito do goleiro Jeremías Ledesma, sem chances.

O segundo tento veio, aos 30 minutos, com Lautaro Martínez, na raça. O camisa 10 roubou a bola no meio de campo, conduziu até a grande área, onde entrou chutando – meio caindo -, para encerrar a conta. Mais uma vez a torcida do Rosário roubou a cena: depois do apito final do árbitro, os canallas continuaram cantando e fazendo uma verdadeira festa nas arquibancadas. El Canalla está na 17ª posição, com 31, pontos. Próxima rodada: Defensa y Justicia (28/04); Racing x Arsenal (29/04).

Atlético Tucumán 0 x 0 Unión de Santa Fé

O empate sem gols não foi bom para ninguém, no confronto direto entre o Tucumán e o Unión, no estádio Monumental José Fierro, em San Miguel de Tucumán. El Decano contou com o apoio da torcida, foi melhor na partida, só que faltou acertar a pontaria. Os tucumanos estão na 15ª posição, com 34 pontos, e perderam a chance de encostar ainda na mais entre os 11 primeiros. El Tatengue permaneceu na 10ª posição, com 37 pontos, deixando de ficar numa situação mais confortável em relação à vaga na Sul-Americana. Próxima rodada: Huracán x Tucumán (28/04); Unión x Talleres (30/04).

Arsenal de Sarandí 0 x 3 River Plate

Sem dificuldades, o River Plate derrotou o rebaixado Arsenal de Sarandí, por 3 a 0 no estádio Julio Humberto Grondona, na cidade de Sarandí, na província de Buenos Aires. Essa foi a sexta vitória consecutiva do Millonario, mostrando que a má fase foi totalmente superada. O time de Monumental de Nuñez entrou na zona de classificação da Sul-Americana e passa a sonhar com vaga na Libertadores. O River está na nona posição, com 38 pontos, a cinco pontos do quinto, o Huracán (43).

O técnico Marcelo Gallardo poupou alguns jogadores por causa dos jogos da fase de grupo da Libertadores. Mesmo assim, os millonarios tiveram uma atuação consistente e não deixaram os donos da casa jogar. El Arse chegou algumas vezes no ataque, mas do outro lado tinha o goleiro Franco Armani – que vem sendo muito elogiado pela imprensa argentina e pelos torcedores, sendo candidato para ir à Copa da Rússia. Os gols foram marcados todos no primeiro tempo. Aos 21 minutos, Exequiel  Palacios e Rodrigo Mora tabelaram na entrada da grande área. Palacios chutou e a bola passou em baixo das pernas de Maximiliano Velazco.

O segundo tento foi gol contra do lateral esquerdo Claudio Corvalán, aos 35 minutos, numa cobrança de escanteio. E o colombiano Juan Quintero fez o terceiro. A jogada começou no campo de defesa do River, dando início ao contra-ataque certeiro. Quintero recebeu a bola no meio de campo, carregou até próximo da grande área e tocou para Rodrigo Mora, que devolveu, e Quintero só empurrou para o gol. O Arsenal está na 27ª posição, com 14 pontos. Próxima rodada: Racing x Arsenal (29/04); River Plate x Estudiantes (10/05).

Boca Juniors 3 x 1 Newell’s Old Boys

Boca Juniors entrou em campo não tão pressionado, pois o adversário mais próximo que poderia tirar o bicampeonato xeneize havia empatado no sábado. O vice Godoy Cruz (47) ficou no 1 a 1 com o Banfield e perdeu a chance de colar ainda mais no líder. No entanto, os boquenses não tiveram vida fácil diante do Newell's Old Boys, que deu trabalho no primeiro tempo. Mesmo assim – e com alguns desfalques -, o Boca superou la Lepra, por 3 a 1, numa La Bombonera lotada, em Buenos Aires. O triunfo foi um passo importante rumo ao título da Superliga.

A equipe Azul y Oro soma 53 pontos, abrindo seis pontos de vantagem em cima do vice Godoy Cruz. Faltam apenas três jogos, com nove pontos em disputa, e o Boca já pode ser campeão na próxima rodada. Os próximos jogos são: Gimnasia (fora de casa); Unión (La Bombonera); e Huracán (fora de casa).

O início do jogo contra o Newell's foi parelho, com os visitantes marcando bem. Só que o atacante boquense Cristian Pavón estava numa noite inspirada. O camisa 7 recebeu lançamento no lado esquerdo do ataque, ganhou na dividida, arrancou, driblou o zagueiro, entrou na área e cruzou na medida para Ramón Ábila marcar o primeiro gol dos xeneizes, aos 26 minutos. Outro jogador que teve uma boa atuação foi Emanuel Reynoso. O meia que veio do Talleres no começo do ano deu um passe certeiro na linha de fundo para o lateral Lara cruzar na cabeça de Ábila, que só escorou para rede, aos 37 minutos.

O Newell's avançou a marcação e passou a jogar mais no campo de ataque. Foi então que, aos 39 minutos, o atacante leproso Víctor Figueroa deu passe milimétrico no meio da zaga do Boca para Héctor Fértoli, que fintou o goleiro Augustín Rossi e diminuiu para os visitantes. Já no segundo tempo, Pavón fez a diferença novamente para o time de La Bombonera. Emanuel Reynoso lançou na ponta esquerda para o camisa 7, que entrou na área e, com o pé calibrado, soltou uma bomba para sacramentar a vitória. Com a derrota, o Newell's estacionou na 22ª posição, com 24 pontos. Próxima rodada: Newell's x Independiente (28/04); Gimnasia x Boca Juniors (29/04).

O que o Boca precisa para ser bicampeão na próxima rodada?

O Xeneize vai à La Plata enfrentar o Gimnasia, no domingo (29/04), com a possibilidade de dar a volta olímpica. Tem dois times que ainda têm chances matemáticas de tirar o título dos boquenses: Godoy Cruz (47) e San Lorenzo (46). O Godoy Cruz vai jogar em casa, na segunda-feira (27/04), contra o San Martin. E o San Lorenzo enfrenta o Patronato, fora de casa, no domingo (29/04).

O Bicampeonato vem na próxima rodada se…

Vitória do Boca: empate ou derrota do Godoy Cruz; San Lorenzo não alcança;

Empate do Boca: derrota do Godoy Cruz; empate ou derrota do San Lorenzo.

CLASSIFICAÇÃO

[soccer-info id='12' type='table' /]

Vitor Hugo Souza

Sobre Vitor Hugo Souza

Vitor Hugo Souza já escreveu 61 posts nesse site..

Futebol é legal. Jornalismo também. Então, faz as contas ⚽��❤ Sou Vitor Hugo Souza, jornalista formado, eterno jogador do “10 minutos ou dois gols”, e em busca da onda perfeita. Chuteiras nos gramados, jogos decisivos, golaços, dribles, time do coração, bastidores, torcida, emoção, tudo isso mexe com o imaginário. Mais do que um esporte, é futebol na veia.

BetWarrior


Poliesportiva


Vitor Hugo Souza
Vitor Hugo Souza
Futebol é legal. Jornalismo também. Então, faz as contas ⚽��❤ Sou Vitor Hugo Souza, jornalista formado, eterno jogador do “10 minutos ou dois gols”, e em busca da onda perfeita. Chuteiras nos gramados, jogos decisivos, golaços, dribles, time do coração, bastidores, torcida, emoção, tudo isso mexe com o imaginário. Mais do que um esporte, é futebol na veia.

    Artigos Relacionados

    Topo