Boavista vence a primeira na Taça Rio

- Portuguesa-RJ e Madureira também venceram na rodada
Boavista derrota o Bangu com gol no fim

Abrindo a segunda rodada da Taça Rio, o Boavista bateu o Bangu, em Bacaxá, por 2 x 1, na sexta-feira (6). A saber, Douglas Pedroso e Erick Flores marcaram os gols da vitória. Ao passo que Rodrigo Yuri marcou para o Alvirrubro. Em continuação da rodada, a Portuguesa-RJ goleou a Cabofriense por 4 x 1, no Correão. Adriano, Cafu, Dilsinho e Chay marcaram os gols da vitória, enquanto Felipe Adão marcou o gol de honra dos mandantes. Inclusive, os clubes fazem parte do Grupo A. E pelo Grupo B, o Madureira bateu o Macaé por 3 x 0, em Bacaxá. Marlon e Nathan, duas vezes, anotaram os gols. As três equipes conquistaram os primeiros pontos no segundo turno do Campeonato Carioca.

TAÇA RIO – 2ª RODADA

BOAVISTA 2 X 1 BANGU

A primeira chegada foi do Boavista, aos oito minutos. Assim, Jean cobrou escanteio e o zagueiro Victor Pereira chutou. Mas mandou para fora. Em seguida, o Verdão abriu o placar, com Douglas Pedroso. Após nova cobrança de escanteio, o goleiro Matheus Inácio não conseguiu fazer a defesa e o volante aproveitou para mandar a bola para o fundo das redes. O Bangu tentou a resposta aos 11′, com Octávio. Depois que Klever não afastou bem, o jogador bateu e a bola passou perto do travessão. Os donos da casa quase ampliaram aos 31′, com Michel. Dessa forma, após Caio Dantas errar o domínio, o meia chutou e a bola passou perto.

E foi com o jogador que o Verdão assustou logo no primeiro minuto do segundo tempo. Erick Flores tocou para Michel, que, de frente para o goleiro, mandou para fora. Ao passo que, aos 17′, Jean cobrou falta. No entanto, o lateral isolou. Posteriormente, aos 24′, o Alvirrubro empatou a partida, com Rodrigo Yuri. Dessa maneira, Juan Felipe cobrou escanteio, Klever fez a defesa parcial e o volante deixou tudo igual. Entretanto, já nos acréscimos, aos 47′, o Boavista marcou o gol da vitória, com Erick Flores. Jefferson fez o cruzamento e Mosquito deixou para o meia, que estufou as redes adversárias.

CABOFRIENSE 1 X 4 PORTUGUESA-RJ

A Cabofriense chegou aos cinco minutos, com Gama. O meia cabeceou muito perto do gol e animou a torcida. No entanto, foi a Lusa que abriu o placar, aos 27’, com Cafu. Após chute de Chay, a zaga adversária falhou e a bola sobrou com o meia, que mandou para as redes. Não demorou muito e os visitantes ampliaram, aos 37’, com Chay. O atacante avançou e soltou a bomba para marcar o segundo da equipe. Nos minutos finais da primeira etapa, a equipe de Cabo Frio até tentou reagir, mas não conseguiu criar nenhuma jogada de perigo.

No segundo tempo, aos 10’, Max subiu mais que a defesa da Lusa e Milton Raphael fez ótima defesa. E conseguiram descontar aos 19’, com Felipe Adão. Assim sendo, Kaká Mendes cobrou escanteio e o atacante completou para o fundo das redes. Em contrapartida, aos 24’, a equipe ficou com um a menos. Visto que o atacante Marcus Índio recebeu o segundo amarelo após falta dura e foi para o chuveiro mais cedo. Aos 33’, a Lusa fez o terceiro, com Dilsinho. Já nos acréscimos, aos 48’, os visitantes fecharam o placar, com Adriano, em contra-ataque.

MACAÉ 0 X 3 MADUREIRA

O primeiro chute foi do Madureira, aos nove minutos, com Emerson Carioca. O atacante invadiu a área e bateu para o gol. Entretanto, a bola foi para fora. O Macaé tentou responder aos 14′, quando Abner arriscou de fora da área. Todavia, a bola foi longe do gol, sem perigo. E foi o Tricolor Suburbano que saiu na frente, aos 18′, com Marlon. Luciano Maninho cobrou escanteio e o lateral mandou para o gol. Aliás, a bola ainda bateu no travessão antes de entrar. A fim de tentar o empate, Madison avançou e cruzou. Contudo, Marcelo Alves cortou. E aos 44′, Emerson Carioca tentou o ataque, passou pelo goleiro, mas acabou ficando sem ângulo.

Logo no início da segunda etapa, o Macaé quase empatou. Após cobrança de falta, Douglas tirou de soco. O Madureira respondeu aos 16′, novamente com Emerson Carioca. Contudo, o jogador se enrolou e a defesa do adversário fez o corte. Já aos 26′, o Tricolor Suburbano ampliou, com Nathan. Em contra-ataque, o atacante recebeu o passe e bateu no alto, sem chances para o goleiro Bambu. Logo depois, aos 29′, veio o terceiro do Madureira e novamente com Nathan. O jogador recebeu o passe e mandou para o fundo das redes. Por fim, aos 40′, Emerson Carioca tentou o quarto gol, de bicicleta. Mas mandou para fora.

Foto destaque: Divulgação / Bangu.

BetWarrior


Poliesportiva


Jéssica Albuquerque
Jéssica Albuquerque
Sou formada em Letras e atualmente curso Jornalismo. Sempre gostei de ler e de escrever, o que me levou a seguir nessas áreas.

Artigos Relacionados

Topo