Bidú pode deixar o Guarani

A bem da verdade, segundo o jornalista Luiz Felipe Longo, há uma suposta movimentação do Santos pelo lateral-esquerdo Bidú. Assim, na equipe santista, o atleta disputaria a vaga da posição com Felipe Jonatan.

A saber, o Guarani começou os trabalhos de preparação para a temporada 2022 na segunda-feira (3). Por outro lado, o lateral não havia comparecido aos treinamentos até sexta-feira (7), o que causou preocupação no clube.

Porém, o jogador Bidú compareceu nesta sexta-feira (7) aos gramados do Brinco de Ouro. Assim, na parte da tarde, o clube soltou uma nota dizendo que o lateral se reapresentou e o assunto será tratado de forma interna.

Sobre Bidú

Primeiramente, Bidu tem contrato com o Guarani até 15 de março de 2023, com multa rescisória para o mercado interno avaliada em 10 milhões de reais. Os direitos econômicos são do Bugre (60%) e Magnum (40%). Assim, aos 22 anos, o lateral já foi alvo de sondagens do Santos e do Cruzeiro em 2020.

Dessa maneira, o presidente do Bugre, Ricardo Moisés, em dezembro, admitiu ter recebido sondagens de clubes da Série A. Sendo assim, houve procuras também do exterior pelo jogador. Assim, o atleta é considerado o maior valor de mercado para fazer caixa e melhorar as finanças do clube. Enfim, foram quatro gols e cinco assistências em 45 jogos durante a última temporada.

“Guarani pode fazer negociação com o Bidu. Podemos fazer com outros também. A previsão era fechar o ano no azul com venda de atleta. Isso ainda não aconteceu. Mas temos esse objetivo sim. Bidú tem muitas sondagens. Mas nenhuma proposta oficial ainda. Vamos fazer tudo com cautela” explicou o presidente, em coletiva na quarta-feira (5).

“Maior dificuldade é na parte financeira. Temos muita dificuldade na obtenção de recursos. Precisamos fazer investimentos em academia, em fisiologia. Já sabemos o que queremos em relação a futebol, agora precisamos melhorar a estrutura. Nós fizemos reforma do ginásio, fizemos captação de água pluvial, fizemos um grande símbolo à beira do gramado. A gente vem reestruturando nossa academia. É isso que a gente quer, reformulação em todos os setores” completou.

Foto destaque: Divulgação/Thomaz Marostegan/Guarani FC

Kelvin Vendito
O amor ao esporte me direciona ao futuro. A paixão pelo grito de gol que se ouve em um estádio lotado, mostra o futuro certo que escolhi para a minha vida. O esporte sempre fez parte da minha vida. O esporte é minha vida!