Bernardo Silva lembra crítica de Jorge Jesus

Um dos principais jogadores do elenco do Manchester City, Bernardo Silva, atualmente treinado por Pep Guardiola. No entanto,  foi alvo de duras críticas de Renato Paiva, antigo técnico do Benfica B. Dessa maneira, em entrevista ao Canal 11, de Portugal, o treinador falou sobre a saída do meia, vista como precoce, do Benfica

Além disso, comparou ao cenário do atacante João Félix, que também deixou o clube português rumo ao Atlético de Madrid logo no início de carreira. Todavia, Bernardo não gostou nem um pouco das declarações de Paiva e foi às redes sociais criticar o antigo comandante. Segue as falas do atleta:

“Um treinador por quem tenho bastante respeito e carinho. Mas não corresponde à realidade… a máquina de descredibilizar quem vai contra as pessoas de cima continua cada vez mais forte. Depois do ingrato, chegou o impaciente. Fico à espera da próxima”.

O meia é torcedor dos Encarnados e o meia não poupou críticas à direção do clube na época das eleições. Além disso, detonou a gestão de Luís Felipe Vieira e ainda disse que o clube poderia ter ‘manchas irreverssíveis' no futuro.

Ademais, as críticas do meia abrangem ainda as fortes declarações concedidas em entrevista coletiva pelo técnico Jorge Jesus, em outubro de 2020. Isso ocorreu, pois o técnico foi perguntado sobre as falas do próprio Bernardo Silva a respeito da situação política e econômica do Benfica.

Jesus não deixou barato e chamou o meia de ingrato. Ainda disse que foi Bernardo quem pediu para deixar o Benfica ainda no início da carreira. Então, desde que chegou ao Manchester City, ainda na temporada 2017/2018, o português conquistou oito títulos no período.

Foto Destaque: Divulgação/Instagram/Bernardo Silva

Gabriel Yudi Gati Isii
Sou aluno de Jornalismo da PUC-SP (3/8). Sou um grande fã de futebol e do Pelé. Meus sonhos são cobrir uma Copa do Mundo em loco e dar um espelho para que pessoas iguais a mim, asiáticos, tenham alguém para se inspirar.

Artigos Relacionados