Benfica

É de conhecimento geral que o Benfica não alcançou o que pretendia na temporada 2019/20. Dessa forma, com a segunda colocação na Liga NOS, terão de passar por duas fases de qualificação, para enfim chegar à fase de grupos da Champions League. Assim, os comandados de Jorge Jesus só conhecerão o seu futuro adversário na terceira pré-eliminatória, em sorteio realizado no dia 31 de agosto.

Do mesmo modo, com o status de cabeça de série, devido ao seu coeficiente no ranking da UEFA, as Águias não irão enfrentar os ucranianos do Dínamo de Kiev, nem os belgas do Gent. Pois, ambas as equipes se encontram no mesmo status do Glorioso. Porém, já é certo que o francês Rennes, terceiro colocado na Ligue 1, é um dos quatro possíveis adversários. Ainda mais, o Krasnodar, carrasco do Porto na última temporada, pode ser um dos eventuais clubes na briga. Entretanto, tal cenário depende da eliminação do Besiktas, na segunda pré-eliminatória.

https://twitter.com/slbenfica/status/1288187469435777029?s=21

Em síntese, pode-se antecipar que, Rennes, Paok, da Grécia, Lokomotiva, da Croácia, Viktoria Plzen, da República Tcheca, AZ Alkmaar, da Holanda, Rapid Viena, da Áustria, e o Krasnodar, caso Besiktas seja eliminado na segunda pré-eliminatória, poderão vir a ser adversários Benfiquistas caso não sejam eliminados na segunda pré-eliminatória. Os confrontos irão ocorrer nos dias 25 e 26 de agosto em partida única.

Nesse ínterim, as partidas da terceira pré-eliminatória, na qual o Benfica se encontra, também serão disputadas em mão única, nos dias 15 e 16 de setembro. Já os play-offs, última etapa antes da fase de grupos, terão o formato habitual com partidas em casa e fora. Desse forma, os jogos ocorrerão em setembro nos dias 22 e 23 (ida) e 29 e 30 (volta).

https://twitter.com/championsleague/status/1273321479405527041?s=21

Foto Destaque: Divulgação / SL Benfica

Leonardo Oliveira
Sou Gaúcho, tenho 21 anos e estudo Jornalismo na Universidade Federal de Pelotas, além disso, como grande aficionado a área esportiva, não consigo imaginar nada que me deixe mais realizado do que falar sobre futebol.

Artigos Relacionados